10 criptomoedas mais promissoras para o mês de junho

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A ETH lançará três novas testnets.

  • A Stellar realizará uma votação pública sobre a atualização da rede.

  • A ICON lançará uma plataforma de negociação gamificada.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Este artigo analisará dez criptomoedas com novidades interessantes previstas para o mês de junho e que podem gerar efeitos positivos nos preços.

Patrocinados



Patrocinados

Stellar (XLM)

  • Preço atual: US$ 0,419
  • Valor de mercado: US$ 9,641 bilhões
  • Ranking por valor de mercado: 16º

XLM é o token nativo da fundação Stellar. Originalmente baseado no protocolo Ripple, o ativo foi criado em junho de 2016 por Jed McCaleb, que acabava de deixar o projeto da XRP.

Seu objetivo é expandir a inclusão financeira em territórios desbancarizados e ajuda as empresas a se conectar umas às outras por meio do uso de sua tecnologia. A rede também é conhecida por suas taxas mínimas, que são fixadas em 0,0001 XLM.

Patrocinados



Patrocinados

A rede Stellar será atualizada em breve para o Protocolo17. Nesta terça-feira (1), haverá uma votação para a atualização da rede pública. Acontecerão inúmeras atualizações, como o Stellar Core v.17.0 e a Horizon v.2.3.0.

A XLM vem caindo consideravelmente desde 16 de maio, quando chegou a US$ 0,798, e é negociada atualmente 46% abaixo desta marca. No entanto, voltou a subir após atingir o suporte de US$ 0,35, criando dois longos pavios inferiores, que são um sinal de força compradora.

Gráfico no TradingView

ICO (ICX)

  • Preço atual: US$ 1,11
  • Valor de mercado: US$ 700,258 milhões
  • Ranking por valor de mercado: 98º

O ICON é um protocolo blockchain para aplicativos descentralizados. Ele se concentra na interoperabilidade, o que significa que ajuda as blockchains independentes a operar umas com as outras. A criptomoeda nativa da rede é a ICX.

Uma das novidades mais interessantes na ICON é a EPICX, que é uma plataforma de negociação descentralizada com gamificação. A versão beta será lançada em nesta terça-feira.

Além disso, os antigos tokens baseados em ERC serão trocados por novos tokens na rede principal ICX nativa no aplicativo ICONFi, no dia 8 de junho.

A ICX está em uma tendência de baixa desde 8 de maio, caindo 74,59% em 15 dias. Isso culminou com uma mínima de  US$ 0,79, em 23 de maio, logo acima do nível de suporte de retração de 0,78 de Fibonacci.

Gráfico no TradingView

Ethereum (ETH)

  • Preço atual: US$ 2.571
  • Valor de mercado: US$ 299,787 bilhões
  • Ranking por valor de mercado: 2º

A Ethereum é uma blockchain descentralizada de código aberto. Sua moeda nativa é o Ether (ETH), que foi lançada oficialmente em julho de 2015 por Vitalik Buterin.

A plataforma Ethereum também permite a criação e gestão de aplicações descentralizadas (dApps). Até agora, mais de mil já foram desenvolvidos na plataforma.

Além disso, conforme observado com a ICX, outras criptomoedas podem usar sua compatibilidade com o padrão ERC-20 para se hospedarem na blockchain.

A ETH ativou o hard fork Berlim no dia 15 de abril, o que levou um passo mais perto da ETH 2.0. Na preparação para o hard fork Londres previsto para julho, três redes principais serão testadas neste mês:

  • Ropsten: 9 de junho.
  • Goerli: 16 de junho.
  • Rinkeby: 23 de junho.

A ETH vem caindo após atingir sua máxima histórica em 12 de maio. No entanto, ela voltou a subir após atingir o suporte de US$ 2.050, em 23 de maio, criando um engolfo de alta no dia seguinte.

Os níveis de resistência mais próximos são encontrados em US$ 2.750 e US$ 3.050, respectivamente.

Gráfico no TradingView

BitTorrent (BTT)

  • Preço atual: US$ 0.00397
  • Valor de mercado: US$ 2,632 bilhões
  • Ranking por valor de mercado: 43º

A BitTorrent é uma plataforma de torrent e rede de compartilhamento de arquivos ponto-a-ponto. Em julho de 2018, ela foi adquirida pela plataforma blockchain TRON. O BTT é o seu token nativo, que usa o padrão TRC.

Vários dApps são alimentados pelo BTT, incluindo a BitTorrent Speed e a BitTorrent File System.

A BTT fará um airdrop em junho. O snapshot está previsto para o dia 10 de junho, no qual todos os endereços que possuam BTT receberão um airdrop de tokens não-fungíveis (NFT).

O BTT está caindo, sendo negociado dentro de uma enorme cunha de baixa desde que atingiu sua máxima histórica em 5 de abril. A cunha é considerada um padrão de reversão para alta. Além disso, o ativo voltou a subir após atingir o suporte de US$ 0,0035.

Gráfico no TradingView

Coti Network (COTI)

  • Preço atual: US$ 0,2081
  • Valor de mercado: US$ 140,199 milhões
  • Ranking por valor de mercado: 200º

A COTI é uma plataforma que se concentra em ajudar organizações a construir seus próprios sistemas de pagamentos. Ela se autodenomina como “a melhor rede de abastecimento para pagamentos”.

No centro de sua infraestrutura está a Trustchain. Trata-se de um algoritmo de consenso baseado em machine learning que processa mais de 100.000 transações por segundo. A COTI oferece os sete elementos considerados necessários para uma infraestrutura de pagamentos:

  • Escalabilidade
  • Simplicidade
  • Proteções para compradores e vendedores
  • Custo-efetividade
  • Estabilidade de preços
  • Instantaneidade
  • Segurança

O projeto prepara novidades interessantes para o final de junho, de acordo com o seu roteiro para 2021.

Eles incluem, por exemplo, o lançamento da Paywize, uma solução de processamento de cartão de crédito, a estreia de negociações de margem para a plataforma e ainda a integração com a sua parceira, a Celsius.

A COTI tem sido negociada dentro de um extenso canal de baixa desde 1º de março. Em 23 de maio, ela voltou a subir após atingir o suporte do canal e o nível de retração 0,786 de Fibonacci. Isso criou um engolfo de alta no dia seguinte e seu preço tem subido desde então.

Gráfico no TradingView

Zcash (ZEC)

  • Preço atual: US$ 139,45.
  • Valor de mercado: US$ 1,653 bilhões
  • Ranking por valor de mercado: 56°

A Zcash é uma criptomoeda descentralizada cujo foco principal é o anonimato e a privacidade. Ao contrário da maioria das outras criptomoedas, que são pseudônimas, a ZEC é totalmente anônima, o que significa que ela não revela a identidade e o endereço público de seus usuários.

Para isso, ela utiliza a tecnologia zk-SNARK de prova de conhecimento-zero . A ZEC foi lançada em outubro de 2016.

O evento Zcon2 Lite será realizado nos dias 8 a 9 de junho. Trata-se de uma conferência anual que focará no ecossistema Zcash e, mais amplamente, em temas de privacidade. Além disso, a rede de testes (testnet) NU5 será ativada em 30 de junho.

A ZEC começou a cair em 12 de maio, e manteve sua tendência de baixa por 11 dias. Ao longo desse período, o ativo caiu 76,30%, culminando com uma mínima de US$ 87,38, em 23 de maio.

Ela tem subido desde então e é negociada atualmente entre US$ 100 e US$ 200.

Gráfico no TradingView

Dusk Network (DUSK)

  • Preço atual: US$ 0,13
  • Valor de mercado: US$ 78,333 milhões
  • Ranking por valor de mercado: 473º

A DUSK é uma blockchain de privacidade usada principalmente para aplicações financeiras. As empresas a usam para tokenizar instrumentos financeiros. Ela utiliza uma prova de lance cego para proteger a privacidade de sua rede. Seus principais casos de uso são:

  • Contratos inteligentes confidenciais
  • Tokens de segurança confidenciais
  • Tokens utilitários de conhecimento-zero
  • Tokens de segurança para exchanges

A Dusk Network é líder em tecnologia de privacidade e continua tendo esse objetivo. Portanto, ela anunciou um programa de subsídios de US$ 5 milhões para atrair os melhores talentos da área. A primeira rodada de inscrições começa nesta terça-feira (1).

A DUSK vem caindo desde 9 de abril, quando atingiu uma máxima local de US$ 0,46. A tendência de baixa continuou por 44 dias, nos quais o token perdeu 81% de seu valor. O movimento culminou com uma mínima de US$ 0,0842 em 23 de maio.

Depois disso, o ativo voltou a recuperar a área de US$ 0,11. A mesma área tinha atuado como resistência por todo o ano de 2020, antes que o token finalmente conseguisse voltar a subir em fevereiro de 2021.

Gráfico no TradingView

Beam (BEAM)

  • Preço atual: US$ 0,666
  • Valor de mercado: US$ 79,057 milhões
  • Ranking por valor de mercado: 417º

A BEAM é uma plataforma de finanças descentralizadas (DeFi) que é executada usando uma combinação de dois protocolos blockchain, sendo um deles o protocolo Mimblewimble. Ela usa um algoritmo de prova de trabalho.

Seu objetivo é permitir às contrapartes financeiras transações confiáveis e seguras. Ela oferece suporte a diferentes métodos de transação personalizados, como swaps bloqueados por tempo, swaps atômicos e escrows. O hard fork 6.0 da BEAM será lançado em 5 de junho. Novas atualizações incluirão shaders e ativos confidenciais.

O token está em tendência de queda desde 11 de abril, quando atingiu a máxima histórica de US$ 2,10. O movimento de queda continuou por 42 dias, levando a uma mínima de US$ 0,256, em 24 de maio.

O movimento representou uma queda de 78% em seu preço. Seus principais níveis de suporte e resistência são encontrados em US$ 0,52 e US$ 0,96, respectivamente.

Gráfico no TradingView

Orion Protocol (ORN)

  • Preço atual: US$ 7,38
  • Valor de mercado: US$ 191,974 milhões
  • Ranking por valor de mercado: 245º

O Orion é um protocolo que visa criar uma plataforma descentralizada única, que inclui todas as exchanges centralizadas e descentralizadas. A plataforma é chamada de Terminal Orion e também adicionará pools de swap.

O pool de liquidez da Orion será lançado em junho, permitindo aos usuários monetizar seus ativos ociosos. Além disso, a fase piloto da Orion Liquidity Boost Plugin também iniciará neste mês.

A ORN tem seguido uma linha de tendência de baixa desde 22 de março. Enquanto isso, seu preço desvalorizou 73%.

Nos dias 19 e 23 de maio, ela voltou a subir após atingir o suporte de US$ 6,50. No entanto, ainda não atingiu a a resistência da linha de tendência de baixa mencionada anteriormente.

Gráfico no TradingView

Argon (ARGON)

  • Preço atual: US$ 0,1022
  • Valor de mercado: US$ 8 milhões
  • Ranking por valor de mercado: 1138º

A Argon será a primeira plataforma freelancer baseada em blockchain, lançada na Binance Chain. O objetivo é eliminar problemas decorrentes da confiança entre duas entidades. Além disso, ela não cobrará comissões. Isso é possível devido à moeda nativa da plataforma, a ArgonToken (ARGON). A plataforma será lançada nesta terça-feira.

O ARGON está em uma tendência de baixa desde o dia 1º de abril, quando atingiu a máxima histórica  de US$ 0,449. Além disso, ela perdeu a área de suporte de US$ 0,135. A próxima área de suporte encontra-se nas mínimas históricos de US$ 0,07.

Gráfico no TradingView

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Valdrin é um entusiasta de criptomoedas e um operador financeiro. Depois de obter um mestrado em Mercados Financeiros na Barcelona Graduate School of Economics, começou a trabalhar no Ministério do Desenvolvimento Econômico em seu país natal, Kosovo. Em 2019, ele decidiu se concentrar em tempo integral em criptomoedas e negociação.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora