190 Bancos Invadidos por Repressão à Fraudes – o Bitcoin Pode Ser Uma Alternativa?

Compartilhar Artigo

O Escritório Central de Investigação da Índia (CBI) realizou um direcionado a ataques em cerca de 170 dos bancos do país na tentativa de reprimir a fraude, que é declaradamente abundante no setor bancário. Isso mais uma vez nos leva a pensar em como o Bitcoin poderia ser uma alternativa financeira que evita isso – especialmente em um país que é anticriptomoeda.



É relatado que os casos de fraude, dos quais 42 estão em andamento, totalizam quase US $ 1 bilhão. Cerca de 1.000 policiais do CBI bateram nas portas dos acusados ​​para coletar evidências e interrogá-las em 16 estados e em 15 bancos nacionalizados.

Com a fraude bancária predominante no país, uma maneira pela qual uma população poderia reagir seria procurar criptomoedas descentralizadas, como o Bitcoin. No entanto, a Índia é um país que adotou uma postura bastante rígida em relação à integração de criptomoedas, deixando aos cidadãos opções e alternativas mínimas.



Batendo forte nos bancos

A operação do CBI foi classificada como uma das maiores pesquisas coordenadas na Índia este ano, descrevendo a magnitude do problema.

“Desses 42 casos, existem 4 casos de mais de R $ 1.000 milhões (US $ 140 milhões) e 11 casos de fraude que variam de R $ 100 milhões a R $ 1.000 milhões (US $ 1,4 – 140 milhões)”, dizia em uma declaração emitida pelo CBI. “Durante as pesquisas, documentos incriminadores foram recuperados.”

É explicado ainda que a maioria dos casos de fraude de empréstimos foi detectada em 15 bancos, o que também inclui o maior credor do governo da Índia.

Além disso, esse ataque ocorre menos de um mês depois que o ex-diretor gerente do Banco Cooperativo Punjab e Maharashtra (PMC), Joy Thomas, foi preso em um suposto golpe de 43,55 bilhões de rúpias (US $ 610 milhões).

Uma alternativa impossível de obter no Bitcoin

À medida que a incerteza financeira global continua a permear o mundo, com questões geopolíticas que afetam Hong Kong; colapso econômico que atinge Venezuela e até ameaças de uma recessão aparecendo no primeiro mundo, os olhos estão voltando para Bitcoin, como o BeInCrypto já tocou anteriormente.

O sistema financeiro descentralizado oferece uma estrutura monetária livre de interferências políticas, não ligada aos mercados e preocupações tradicionais – e especialmente comovente para a Índia – não afetada por fraudes.

A questão é que o governo indiano, logo atrás da China, tem sido uma das mais duras em criptomoedas, tentando impedir o acesso ao Bitcoin e outros. A Índia tem sido ambígua em seus regulamentos de criptomoeda, mas mais de uma vez, os rumores de uma proibição nacional de Bitcoin circulou nas mídias.

Essa negação de uma alternativa financeira fundamental diante de um sistema bancário corrupto e com mau funcionamento começa a parecer muito com os cidadãos indianos enfrentando muitos conflitos no que diz respeito ao uso e gerenciamento de seus fundos no país.

Você acredita que o Bitcoin pode marcar o fim da corrupção por bancos? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar com a gente no Twitter!


Imagens cortesia da Shutterstock.


Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá