• Ethereum dispara para máxima anual rapidamente e passa de US$ 340
  • Alta de 10 dias já chega a 45%
  • Veja o que pode estar por trás desse movimento

O Ethereum experimentou uma subida repentina nas últimas 24 horas. Logo após o aniversário de 5 anos, a criptomoeda alcança US$ 340, máxima de um ano. Às 12h24, a criptomoeda já chega a US$ 345. A alta acumulada em 10 dias já chega a 45%.

Três motivos diferentes parecem estar por trás desse movimento. O primeiro deles tem a ver com a sustentabilidade no longo prazo.

Nos últimos dias, a grande movimentação na rede Ethereum fez disparar o valor das taxas.  Embora a mudança gere alto custo para quem movimenta contratos na plataforma, os mineradores, que garantem a confiabilidade da rede, ficaram alegres.

As recompensas provenientes de taxas vêm aumentando há três meses. No entanto, chegaram à alta histórica em julho. Nesta sexta-feira (31), a Glassnode revelou que a proporção já alcança 22,2%. Ou seja, a cada US$ 5 recebidos por mineradores, aproximadamente US$ 1 vem de usuários.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

DeFi e recorde de derivativos

A alta no mercado de derivativos também vem registrando recorde. A exchange Deribit, por exemplo, especializada em futuros e opções, teve pico

nos contratos em Ethereum.

Foram US$ 49 milhões globalmente em apenas em 24 horas, levando o total a US$ 241 milhões. Desses US$ 225 milhões, ou cerca de 93%, são geridos pela Deribit.

Além disso, a montanha de investimentos em finanças descentralizadas (DeFi) pode estar estendendo o otimismo ao ETH. Embora a maioria dos tokens DeFi rodem na rede Ethereum, a moeda principal ainda não vinha aproveitando a valorização desse mercado.

Ethereum 2.0

Por fim, investidores já podem estar se preparando para uma alta provocada pela chegada da Ethereum 2.0. Segundo alguns analistas, a nova rede tem o potencial de valorizar o ETH fortemente.

Ainda em desenvolvimento, a plataforma vem sendo alvo de críticas pela demora. Desenvolvedores chegaram a dizer que a novidade deveria ser adiada para 2021.

Entretanto, Vitalik Buterin vem pressionando pelo lançamento ainda este ano. Especula-se que a fase 0 entre no ar em novembro.

Paulo Alves Jornalista

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

Seguir o Autor

Quer saber mais?

Entre para o nosso Canal do Telegram e receba sinais de trade, um curso gratuito de trade e comunicação diária com entusiastas de cripto!

Esse site usa cookies.
Clique aqui para aceitar o uso desses cookies. Veja nossa Política de Cookies

Estamos discutindo isso em nosso Canal de Telegramas

Junte-se a

Sinais diários, análises Bitcoin e chat de traders. Junte-se ao nosso Telegram hoje!

Vamos lá

We are discussing it in our Telegram Channel

Join

We are discussing it in our Telegram Channel

Join