• Usuários especulam sobre potencial de valorização do Bitcoin
  • BTC não tem bull run há três anos apesar da adoção maior
  • Número relevante não acredita mais em rentabilidade exorbitante

Quase a metade das pessoas ainda acredita que o Bitcoin voltará à sua melhor fase e entregará mais de 1.000% de lucro. Ao menos é o que acreditam alguns dos milhares de seguidores do famoso analista PlanB no Twitter.

A questão surge sempre que o Bitcoin aparenta não seguir os valores previstos em projeções ambiciosas. Apesar de ser o melhor investimento de 2020, nada chega perto do que se viu, por exemplo, em 2013 e 2017. Naqueles anos, o Bitcoin saltou de dois dígitos para US$ 1.000 e, depois, para quase US$ 20.000.

Desde então, no entanto, o ativo nunca mais viu algo parecido. Atualmente, alguns modelos projetam um crescimento exponencial que levaria a moeda a US$ 115.000 segundo algumas estimativas. De fato, o preço atual pode acompanhar essa projeção. Mas, muitos acreditam que é cedo para saber.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

43,8% creem em
Bitcoin com lucro de 1.000%

PlanB questionou, em sua conta no Twitter, se esses lucros não teriam ocorrido devido ao crescimento inicial da criptomoeda. Agora, portanto, teriam apenas se normalizado.

Ele realizou uma enquete no último domingo (5) perguntando quem ainda acreditava em uma nova onda de altíssima rentabilidade para o Bitcoin.

Dessas, 4.246 pessoas (43,8%) responderam que sim, creem que os tempos de lucros exorbitantes vão voltar. No entanto, outros 3.286 (33,9%) disseram que esse patamar de lucratividade ficou no passado.

Um número grande de pessoas, entretanto, ficou na dúvida. 2.152 (22,2%) responderam que não fazem ideia do que vai acontecer no futuro da criptomoeda.

O universo de seguidores de PlanB não representa o total de investidores em Bitcoin. No entanto, o resultado da enquete não destoa tanto de uma pesquisa recente que mostra que a metade das pessoas quem compram BTC tratam a criptomoeda como um jogo de aposta.

Paulo Alves Jornalista

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

Seguir o Autor

Quer saber mais?

Entre para o nosso Canal do Telegram e receba sinais de trade, um curso gratuito de trade e comunicação diária com entusiastas de cripto!

Esse site usa cookies.
Clique aqui para aceitar o uso desses cookies. Veja nossa Política de Cookies

Estamos discutindo isso em nosso Canal de Telegramas

Junte-se a

Sinais diários, análises Bitcoin e chat de traders. Junte-se ao nosso Telegram hoje!

Vamos lá

We are discussing it in our Telegram Channel

Join

We are discussing it in our Telegram Channel

Join