Como o Bitcoin se Sairá em Uma Recessão?

Compartilhar Artigo

Está sendo previsto que a chance de uma recessão global seja tão alta agora quanto em julho de 2007 – pouco antes da crise imobiliária de 2008 ter desencadeado uma forte retração na economia. No entanto, mesmo que seja uma “bolha de tudo” se aproximando, provavelmente será uma recessão do crescimento econômico. Isso pode ser uma boa notícia para o Bitcoin.



A recessão do crescimento é diferente da crise econômica observada em 2008. Ela é definida como “quando a economia cresce abaixo da tendência e desacelera”. O crescimento da tendência é a taxa média de crescimento que sustenta o desemprego e a inflação em um nível estável. Assim, a economia vai gaguejar e desacelerar – mas não é exatamente o colapso – quando os bancos centrais e o Federal Reserve promovem políticas para tentar manter as coisas funcionando.

A última recessão que vimos (2008) foi o catalisador da criação do Bitcoin (BTC). No entanto, uma potencial ‘recessão de crescimento’ iminente pode ser um acontecimento que leve o Bitcoin a ser uma oposição genuína aos sistemas centralizados tradicionais que estamos acostumados a ver hoje.



Bitcoin já está sendo usado como um hedge

Embora ainda seja discutível se o Bitcoin pode operar como um verdadeiro hedge diante da incerteza financeira, isso certamente foi sugerido nos meses anteriores.

Os temores de uma guerra comercial entre EUA e China – e as políticas monetárias do Banco Central Europeu – sugeriam que o Bitcoin era a resposta para proteção de capital. A Grayscale Investments chegou a publicar um relatório inteiro, intitulado “Protegendo o Risco Global de Liquidez com o Bitcoin”, em junho deste ano.

Mais ainda, fala-se em taxas de juros negativas em breve – com o presidente dos EUA, Donald Trump, quase implorando ao Federal Reserve que reduza as taxas de juros para menos de zero.

Introduzindo uma nova era

Se o Bitcoin se caracterizar como uma alternativa bem-sucedida às economias, ações e títulos institucionais, poderia ser o começo de uma nova era para a moeda digital – que há muito se chama “Ouro Digital”.

O Bitcoin ainda permanece relativamente indeterminado em sua designação. Originalmente concebido como um sistema de caixa, ele se inclinava para ser um ativo investível ou reserva de valor. Se uma recessão do crescimento atingisse a economia global em breve, esse argumento pode ser expandido.

Uma recessão do crescimento, em vez de um colapso econômico, poderia levar a uma melhor compreensão e apreciação do potencial e correlação negativa do Bitcoin com os sistemas financeiros centrais. Com a economia ainda em crescimento lento, não teremos um pânico na busca por oportunidades e as alternativas serão estudadas para melhor proteção.

Quanto impacto uma recessão de crescimento teria no interesse das pessoas em Bitcoin? Deixe-nos saber a sua opinião!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá