A Conta Weibo do Polêmico Justin Sun Foi Oficialmente Encerrada

Compartilhar Artigo

Justin Sun, fundador do TRON, teve sua conta pessoal do Weibo encerrada pelas autoridades chinesas. Isso acontece cerca de um mês após a conta oficial do TRON ter sido banida, como o BeInCrypto relatou anteriormente. Parece que a China continuará a promover blockchain, mas reprimirá as criptomoedas reais.



A notícia chegou ao Twitter via Dovey Wan ( @DoveyWan), que anunciou que a conta estava offline e acrescentou que “não ficou surpresa”, pois Sun tem sido muito sincero sobre sua empresa e o recente almoço que ele deveria ter com Warren Buffet, embora a reunião nunca tenha ocorrido.

Não é a primeira vez que Weibo censura TRON

No mês passado, a conta oficial do TRON havia foi retirada do ar pela Weibo, e no mesmo dia a Binance viu sua conta comercial no Weibo também banida. Tudo isso acontece quando a China continua reprimindo as exchanges de criptomoedas e plataformas afins , apesar de divulgar a blockchain como uma tecnologia revolucionária. No segmento, Wan observou que, a partir de agora, a nova conta Weibo da Binance e a de seu CEO, Changpeng Zhao, ainda estão ativas.

O próprio Justin Sun foi rápido em responder, incentivando as pessoas a segui-lo pelo Twitter e alegando que isso será “resolvido o mais rápido possível”. Não está claro se há realmente algum recurso para a Sun neste momento.

Notícias a favor e contra Justin Sun

Obviamente, a comunidade do Twitter não ficou entusiasmada com esta notícia. Várias vozes surgiram em apoio à Sun, alegando que isso era apenas mais uma evidência da relevância do projeto. Outros foram rápidos em considerar a criptomoeda uma farsa, aparentemente imperturbados com a questão maior sobre a censura. Quanto ao mercado em si, o preço do TRON caiu um pouco nas notícias, mas desde então se recuperou parcialmente.

Independentemente de usar ou não o TRON, muitos estão preocupados com o que isso pode significar para toda a comunidade monetária descentralizada. Se a China pode censurar as mídias sociais simplesmente porque não gosta do que alguém está promovendo, certamente qualquer governo pode. É preocupante pensar que outras nações importantes como a Rússia ou os EUA possam seguir o exemplo. Felizmente, o poder dessa tecnologia vencerá no final, mas, por enquanto, provavelmente continuaremos vendo histórias como essa até que os governos adotem a criptomoeda ou a eliminem completamente.


Imagens cortesia do Twitter, TradingView, Shutterstock.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá