A Rússia diz que moedas digitais podem ultrapassar o SWIFT

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O banco central da Rússia disse que as moedas digitais podem competir com o SWIFT.

  • As transferências internacionais podem ser totalmente digitais no futuro.

  • A chave é garantir que os CBDCs de cada país sejam seguros para troca internacional.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A tecnologia das moedas digitais pode desafiar os pagamentos internacionais SWIFT e pode até ultrapassá-la, diz o Banco Central da Rússia.

Patrocinados



Patrocinados

 

Patrocinados



Patrocinados

Moedas internacionais

O órgão de notícias estatal russo RT relatou que o Banco Central da Rússia afirma que as moedas digitais desafiarão os sistemas bancários internacionais atuais.

Existem mais de 30 bancos centrais ou outros reguladores pesquisando Moedas Digitais de Bancos Centrais (CBDCs). A Rússia já havia dito que deseja fazer um rublo digital dentro de alguns anos , mas não é uma prioridade.

De acordo com a governadora do Banco Central da Rússia, Olga Skorobogatova, alguns países irão lançar novas formas de suas moedas dentro de alguns anos

Em uma reunião online no início desta semana, Skorobogatova disse que a integração entre as nações pode ser adiada por enquanto. Assim que as moedas digitais estiverem seguras, o mundo precisará de uma nova rede de transações globais.

SWIFT: nem tão rápido

O sistema SWIFT atual é o padrão para pagamentos internacionais. Mais de 11.000 instituições financeiras em mais de 200 países em todo o mundo o utilizam. No entanto, é lento e caro.

Além do mais, a RT relatou que alguns políticos “ocidentais” sugeriram cortar os bancos russos da SWIFT como parte das sanções financeiras. A Rússia tem trabalhado em uma rede financeira desenvolvida internamente chamada SPFS desde então. No entanto, a Rússia busca tecnologia que tornaria essas sanções ineficazes.

O BeinCrypto relatou anteriormente como um rublo russo digital poderia resolver esses problemas para o maior país do mundo. As autoridades financeiras da Rússia estão de fato desenvolvendo um rublo digital. Esta nova forma de moeda deve existir em paralelo com dinheiro e outros pagamentos digitais. As autoridades dizem que podem lançá-lo já no próximo ano no disputado território da Crimeia.

Transações entre CBDCs

O Banco Central disse que os rublos digitais podem ser usados ​​para transferências internacionais de dinheiro. No entanto, isso só poderia ocorrer quando outros países tivessem adotado seus próprios CBDCs soberanos.

Existem pelo menos 36 bancos centrais que estudaram os CBDCs. Um deles é um programa piloto na Suíça que foi coordenado com o Bank for International Settlements . A China testou com sucesso seu yuan digital, que foi lançado em certas regiões. Seu programa agora inclui Transferências P2P. Enquanto isso, a União Europeia está lentamente trabalhando em um Euro digital.

Um funcionário do banco central da Rússia enfatizou que as transações internacionais são muito mais caras do que as domésticas. Embora a transferência digital de dinheiro internacional seja um tanto simples, é um risco.

O vice-presidente Aleksey Zabotkin disse à RT que os bancos centrais devem garantir que as transferências de dinheiro sejam realmente seguras com a nova tecnologia. Ele observou que tudo isso depende da demanda pela moeda. Algumas moedas digitais, como Bitcoin, são seguras e internacionais por sua natureza. Talvez parte desse mercado internacional não ocorra entre bancos digitais, mas entre blockchains.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Harry Leeds é um escritor, editor e jornalista que passou muito tempo na ex-URSS cobrindo comida, criptomoedas e saúde. Ele também traduz poesia e edita a revista literária mumbermag.me.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora