Acesso ao Bitcoin no Irã Dificultado Pelo Desligamento da Internet

Compartilhar Artigo

Após uma decisão de aumentar os preços dos combustíveis em 50% no Irã, surgiram distúrbios civis com uma agência do banco central do país sendo incendiada . Agora, o governo está revidando e pode até estar fazendo o suficiente para prejudicar o acesso ao Bitcoin.



Está sendo relatado que o país agora impôs um apagão da Internet quase completo em âmbito nacional , na tentativa de separar os civis uns dos outros e do resto do mundo neste período de instabilidade antigovernamental.

Em todo o mundo, houve uma série de crises, à medida que os manifestantes se chocam com governos e agências governamentais; Hong Kong é outro exemplo excelente. No entanto, em lugares como Hong Kong, os civis conseguiram reagir com o fortalecimento financeiro do Bitcoin .



No entanto, esse movimento do governo iraniano draconiano tem um pouco de picada extra, já que a moeda do povo, o Bitcoin, pode ser um pouco prejudicada sem acesso à internet.

Cultura criptográfica iraniana

O Irã tem uma relação bastante enigmática com criptomoedas, mas sua posição no Bitcoin é bastante clara. Há boatos de que o país está criando sua própria criptomoeda mas também baniu o Bitcoin . O que torna isso ainda mais confuso é que o país também é um dos primeiros a legalizar a mineração de criptomoedas como uma indústria.

O Irã é um país de controles rigorosos sobre seus cidadãos. Esse fato é expresso na maneira como o governo administra o estado e em sua atitude com as criptomoedas. Aprecia que o poder da criptomoeda pode ajudá-lo a evitar sanções e que a legalização da mineração de criptomoeda pode gerar receita tributária, mas não está disposto a permitir que os cidadãos tenham acesso a ela.

Portanto, é uma atitude astuta do governo para aprovar uma proibição da Internet. É um jogo de poder forte e, sem dúvida, um que contraria certos direitos humanos no que diz respeito ao acesso à informação. Além disso, também prejudica o acesso ao Bitcoin e os sistemas financeiros descentralizados que as pessoas podem usar em uma crise.

O Bitcoin Bank do Irã está fechado?

A discussão sobre o poder do Bitcoin para ajudar a população em tempos de crise sempre se baseou no fato de que o Bitcoin pode ser acessado sempre e por quem quer que seja. No entanto, o sistema digital é totalmente on-line – o que significa que há um calcanhar de Aquiles evidente em relação a uma batalha com o governo.

O Irã pode ter acabado de mostrar aos governos do mundo que a opressão precisa ser feita em uma escala bastante mais ampla para restringir o acesso ao sistema financeiro descentralizado que é o Bitcoin.

Você acredita que essa medida irá impactar diretamente no desenvolvimento da moeda digital do país? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!


Imagens cortesia do Twitter.


Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Caio é um grande entusiasta de criptomoedas e day trader em tempo integral. A paixão pelo mercado financeiro e pela escrita permitiu que começasse a fazer parte do projeto BeInCrypto em ser o principal portal de notícias de criptomoedas e blockchain. Caio é também estudante de Ciências Econômicas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá