Acusado de roubar bitcoin usando Ransomware, terá julgamento iniciado na França

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O cidadão russo Alexander Vinnik começou o julgamento na França pelo ransomware “Locky” que roubou mais de $ 157 milhões em bitcoin.

  • Vinnik enfrenta acusações nos Estados Unidos e na Rússia, onde também enfrentará julgamento.

  • O advogado de Vinnik afirma que seu cliente era apenas um consultor e não fazia parte da administração da BTC-e.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Alexander Vinnik, acusado de ser o mentor do roubo de US $ 157 milhões em bitcoin, começou seu julgamento na França na segunda-feira.



Os promotores franceses dizem que o cidadão russo criou o ransomware “Locky”, que forçou as empresas a pagar (geralmente em bitcoin) ou perder seus dados.

Com o tempo, para muitas cidades diferentes

No caso, o réu é Alexander Vinnik, de 41 anos. Roubos de Locky deixaram empresas US $ 157 milhões mais pobres, de acordo com a Associated Press.



Embora as acusações já sejam severas, Vinnik também é procurado nos Estados Unidos e na Rússia. Depois de estar nos radares de aplicação da lei por anos, o julgamento parisiense pode levá-lo a receber até dez anos de prisão por extorsão, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Alexander Vinnik preso pelas autoridades na Grécia em 2017 | Associated Press

O acusado já fora chefe da extinta exchange de criptomoedas BTC-e. Em 2019, essa exchange era acusada em uma ação civil no valor de $ 88 milhões do governo dos EUA por violar a Lei de Sigilo Bancário. As autoridades dos EUA também colocaram Vinnik em risco pedindo US $ 12 milhões.

Ransomware não é coisa do passado. No dia 27 de agosto de 2020, o governo da Argentina sofreu um ataque massivo de ransomware que fechou suas fronteiras.

Bitcoin bloqueado e carregado

Vinnik operou em todo o mundo, mas a acusação atual limita as acusações apenas à França. Entre 2016 e 2018, as autoridades francesas dizem que o ransomware Locky teve como alvo escritórios jurídicos e conselhos locais. Vinte vítimas pagaram o resgate por meio do BTC-e.

Embora Vinnik enfrente acusações em vários países, ele afirma que foi apenas um consultor para a exchange. O advogado de Vinnik, Frederick Belo, diz que seu cliente poderá provar que foi acusado injustamente.

Se BTC-e realmente cometeu esses roubos, então Vinnik não deve ser culpado, já que ele não fazia parte da “administração”, Belo disse à agência de notícias estatal russa TASS.

Apesar de se mudar para uma prisão com localização mais conveniente, Belo diz que a saúde de Vinnik sofrerá um golpe por causa do estresse do processo judicial.

Chegando lá

A pena de prisão tornou-se a norma para Vinnik, que foi preso em 2017 enquanto estava de férias no norte da Grécia a pedido das autoridades dos EUA. Os EUA o acusaram de lavagem de bilhões de dólares além de seu ransomware. Isso inclui dinheiro lavado por meio do mercado Silk Road da darkweb pela BTC-e.

Após uma batalha de dois anos para extraditar o réu, as autoridades internacionais concordaram em enviar Vinnik primeiro para a França. Assim que seu julgamento for concluído lá, ele irá para os EUA para mais litígios e, finalmente, para a Rússia.

Em janeiro, Vinnik iniciou uma greve de fome de 35 dias. Ele disse que queria ser extraditado primeiro para a Rússia. Lá, ele enfrenta menos acusações.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Harry Leeds é um escritor, editor e jornalista que passou muito tempo na ex-URSS cobrindo comida, criptomoedas e saúde. Ele também traduz poesia e edita a revista literária mumbermag.me.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá