Alerta: Preço do Bitcoin em US$ 4.500 em Breve, Segundo Previsão de Analistas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Vídeo mostra previsão de queda de 50%, com movimento semelhante a grande desvalorização de dezembro de 2018.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O preço do Bitcoin deverá experimentar valores próximos de US$ 4.500 em breve. De acordo com o analista Willy Woo, a criptomoeda cairá drasticamente até o halving em 2020. O especialista prevê uma queda abrupta para o Bitcoin de 50%.



O norte-americano fez uma previsão para o Bitcoin em um vídeo no Youtube com o comerciante de criptomoedas Tony Vays.

Em seis meses o halving do Bitcoin marcará uma uma nova fase para a criptomoeda, sobretudo na mineração. O evento deverá desencadear uma onda de valorização, mas antes do Bitcoin subir, o ativo digital será cotado em US$ 4.500, segundo a previsão publicada pelo analista no Youtube.



Bitcoin está preparado para reduzir preço

Nos últimos dias o preço do Bitcoin deu sinais de desgaste no mercado e enfrenta uma acentuada desvalorização. Esse movimento pode servir para antecipar um baque ainda maior em 2020.

Segundo Willy, o preço do Bitcoin cairá para uma cotação que não é vista desde abril de 2019. O vídeo com a previsão aterradora para o preço do Bitcoin foi publicado na internet nesta quarta-feira (20).

O analista que faz trading de criptomoedas no mercado revela que em seis meses a moeda digital terá uma desvalorização acentuada, que pode chegar em até 50%. Sendo assim, um movimento forte de queda deverá acelerar a chegada do valor do Bitcoin em US$ 4.500.

Queda vai acontecer antes do Halving

Em breve um evento importante marcará para sempre a mineração do Bitcoin. Estimado para acontecer no dia 20 de maio de 2020, o Halving do Bitcoin registra a redução da recompensa para a mineração da criptomoeda.

A cada quatro anos esse evento diminui a recompensa em criptomoedas oferecida pelos blocos minerados do Bitcoin. 

Historicamente, após as duas últimas reduções que aconteceram no mercado, o preço do Bitcoin quebrou recordes de valorização. Porém, antes de subir para romper valores nunca vistos, a moeda digital retrocedeu e experimentou cotações inimagináveis.

Cotação entre US$ 7.500 e US$ 9 mil

O trader de criptomoedas analisa que o Bitcoin pode ser cotado entre US$ 7.500 e US$ 9 mil entre janeiro e fevereiro de 2019. Para o especialista, este intervalo de preço sinaliza que uma desvalorização maior virá em 2020.

Desse modo, o suporte em até US$ 7.500 será o “trampolim” para o Bitcoin mergulhar seu preço em uma desvalorização de 50%. Os especialistas em criptomoedas sugerem que a sensação de baque repetirá o mesmo sentimento de dezembro de 2018.

Para o analista e o trader, o efeito pré-halving deverá derrubar a cotação da criptomoeda nos próximos meses. O alerta dos norte-americanos sobre o que acontecerá no mercado reflete uma semelhança com o que já sucedeu com o Bitcoin no passado.

Preço do Bitcoin vai cair para depois subir em US$ 10 mil

Em 2019 o preço do Bitcoin acumulou uma alta surpreendente no primeiro semestre. Ao ultrapassar US$ 14 mil, entusiastas do mercado esperavam por uma valorização ainda maior. Contudo, desde o fim daquele semestre a criptomoeda está em declínio.

Segundo a previsão publicada no Youtube, o Bitcoin está até abaixo do nível de suporte apresentado pelo norte-americano no vídeo. 

Atualmente o ativo digital está sendo cotado em US$ 7.189, ou ainda, cerca de R$ 30 mil no Brasil. Willy Woo menciou que o ativo digital estará entre us$ 7.500 e US$ 9 mil no início de 2020.

Contudo, depois de cair para US$ 4.500 o preço do Bitcoin finalmente deverá voltar a ascender no mercado. O analista atribui à previsão uma alta depois da temerosa queda. Neste caso, os valores alcançados pela moeda digital serão de algo como US$ 9 mil e US$ 10 mil.

Gráfico mostra cotação do Bitcoin na semana

Recentemente a desvalorização chega a ser preocupante para o Bitcoin. O nível de alerta mostra que nos últimos sete dias a cotação da moeda digital já acumula um declínio de 16,19% desde então.

O que você acha que acontecerá com o preço do Bitcoin nos próximos meses? Comente sobre a notícia e não deixe de compartilhar no Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá