Americanos usam o auxílio emergencial para comprar Bitcoin. Será que a moda pega no Brasil?

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Nos EUA, o stimulus check (coronavoucher) é de U$ 1.200,00

  • Segundo Coinbase, americanos estão usando o auxílio emergencial para comprar BTC

  • No Brasil, Bolsonaro planeja estender o auxílio emergencial. Será que as pessoas vão investir o dinheiro em BTC?

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Segundo dados divulgados pela Coinbase, Exchange americana de criptomoedas, muitos americanos utilizaram o coronavoucher de U$ 1.200 reais para comprar BTC. No Brasil, o presidente Bolsonaro planeja aumentar o prazo de pagamento do auxílio. Assim, será que a moda pega por aqui?



A pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19) está causando um impacto profundo na economia de diversos países.

Os EUA não são uma exceção; apesar do poderio econômico, o país norte-americano implementou uma medida semelhante ao Brasil.



Desse modo, o governo americano está pagando um coronavoucher de U$ 1.200,00 aos cidadãos mais vulneráveis.

Porém, muitos desses cidadãos estão utilizando o dinheiro para comprar Bitcoin e outras criptomoedas! Ao menos, é o que indica a Coinbase.

Lembre-se: através do canal gratuito de trade do BeInCrypto, você tem acesso aos melhores sinais de trade! Clique aqui para entrar!

Americanos usam coronavoucher para comprar BTC

Parece exagero, mas não é: milhares de americanos estão utilizando o benefício do governo para investir em criptomoedas.

Quem divulgou a informação foi Brian Armstrong, CEO da Coinbase:

Americanos usam o coronavoucher para comprar BTC

No gráfico, está discriminado o percentual de pessoas que depositaram exatamente U$ 1.200,00 na Exchange nos últimos meses.

Claro, chama a atenção o aumento súbito no número de depósitos efetuados após o mês de abril de 2020, quando o stimulus check de U$ 1.200,00 começou a ser pago pelo governo americano.

Dessa maneira, a única justificativa razoável para os depósitos realizados com este valor é a utilização do auxílio para comprar Bitcoin.

Vale ressaltar que o stimulus check, como o nome diz, serve para estimular a economia americana durante os tempos de crise. Assim, na crise de 2008 e em outros momentos, o governo americano providenciou o benefício aos seus cidadãos.

Bolsonaro planeja estender o auxílio emergencial

No Brasil, o auxílio emergencial é bem mais modesto: paga R$ 600,00 aos beneficiários.

Contudo, para as pessoas que estão conseguindo se manter economicamente de forma mais viável, esse dinheiro pode ser aplicado de forma interessante em Bitcoin.

Na terça-feira, 02 de junho, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que está estudando aumentar o número de parcelas do auxílio emergencial.

Dessa maneira e, considerando que muitas pessoas conseguirão voltar ao trabalho nas próximas semanas e meses, é possível que diversos beneficiários passem a investir o auxílio em BTC.

Essa possibilidade parte de algumas premissas:

  • Em casa, muitos brasileiros estão tendo o primeiro contato com as criptomoedas
  • Reabertura pode aliviar a situação econômica dos beneficiários do coronavoucher
  • Parcelas futuras do auxílio  poderão ser investidas em BTC

Naturalmente, ainda é cedo para dizer o que vai ocorrer no Brasil. Tudo depende do sucesso da reabertura da economia. Porém, é certo que alguns brasileiros vão seguir o passo dos americanos!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá