Antigo ‘golpe do Elon Musk’ atinge R$ 3 milhões em Bitcoin roubados por semana

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Em apenas uma semana, golpistas faturaram R$ 3 milhões com fraude de bitcoin.

  • Os cibercriminosos usam a imagem de Elon Musk para promover giveaway falso de criptomoedas.

  • Tudo começa no Twitter, onde os hackers se apossam de contas verificadas para passar legitimidade ao esquema.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Golpes de criptomoedas que usam imagens de figuras influentes sempre existiram no meio cripto. Analistas, no entanto, perceberam aumento expressivo de ataques do tipo na última semana.



O “golpe do Elon Musk” começa no Twitter, onde os hackers se apossam de contas verificadas para passar legitimidade ao esquema.

Nas propagandas, eles tentam influenciar pessoas a enviar Bitcoin para determinados endereços. A promessa é que a vítima receberá de volta o dobro do valor enviado.



Os golpistas fingem que as campanhas são promovidas por bilionários como Elon Musk, que recentemente se tornou o homem mais rico do mundo.

O problema ocorre pelo menos desde 2018, ano em que golpistas chegaram a faturar até R$ 900 mil em um único dia com esse tipo de fraude.

No entanto, uma pesquisa do MalwareHunterTeam, uma organização de segurança cibernética, revelou que esse tipo de golpe continua sendo lucrativo aos golpistas. 

A análise, divulgada pelo BleepingComputer, mostra que as doações falsas de criptomoedas que utilizam a imagem de Elon Musk como isca conseguiram faturar cerca de R$ 3 milhões só em uma semana.

Como o “golpe do Elon Musk” acontece

Os hackers geralmente interagem com tweets de grande repercussão de personalidades famosas, como o próprio Elon Musk. Nas respostas, o golpista tenta levar a pessoa a clicar no link que a redireciona para um artigo no Medium onde estará a oferta falsa na íntegra.

Fonte: BleepingComputer

Nessas páginas, os golpistas pedem que as vítimas enviem criptomoedas para um dos endereços bitcoin listados. Dessa forma, eles prometem que a pessoa receberá de volta o dobro do valor enviado inicialmente. 

O BleepingComputer e a organização MetaMask analisaram as últimas transações desses endereços registradas em blockchain. Como resultado, foi possível notar que um número grande pessoas continua sendo vítima.

Dos sete endereços usados no golpe, os investigadores viram a entrada de US$ 587,000 em Bitcoin no período de uma semana. Ou seja, um total de R$ 3,09 milhões roubados com sucesso.

Fonte: BleepingComputer

Outros quatro endereços de Ethereum também foram analisados. No entanto, o valor foi bem menor, gerando um lucro de cerca de R$ 14 mil aos golpistas.

Além disso, as fraudes que usam imagens de famosos não se limitam ao ambiente do Twitter. Conforme noticiou o BeInCrypto no inicio da semana, o canal do YouTube do jornalista Mauro Cezar Pereira, passou por um golpe idêntico. Os hackers invadiram seu canal para transmitir uma palestra falsa do Elon Musk, com o intuito de promover um giveaway falso de bitcoin do empresário.

Aliás, não é só o Elon Musk que é garoto propaganda dessas fraudes de bitcoin. Os golpistas também utilizam com frequência a imagem de Tyler Winklevoss, da exchange Gemini, para atrair vítimas ao golpe.

Fonte: BleepingComputer

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá