Blockchain: guia para iniciantes

Compartilhar Artigo

O que é blockchain?

As pessoas associam os termos ‘blockchain’ e ‘criptomoeda’ e presumem que são sinônimos. Blockchain é muito mais do que apenas a tecnologia por trás do bitcoin e outras criptomoedas.



A tecnologia Blockchain é um sistema de dados distribuído que permite uma lista online de transações. Por meio de processos criptográficos, essa lista é copiada simultaneamente em milhares de computadores no que chamamos de sistema de contabilidade distribuído.

Como isso funciona?

O blockchain é feito de “blocos”, que são continuamente adicionados à corrente. Esses blocos podem ser considerados páginas permanentes em um arquivo onde os dados sobre a rede são armazenados.



Uma vez que a informação é escrita, ou o bloco é adicionado, ela não pode ser alterada sem o consenso dos nós rodando naquela rede.

Cada bloco possui um carimbo de data / hora e um link para o bloco anterior. Qualquer um pode ler esta lista de transações, mas para atualizar quaisquer dados, o usuário deve ter uma chave privada específica desconhecida para qualquer outra pessoa.

Uma vez que uma chave privada e uma chave pública coincidam com um determinado conjunto de dados, a modificação é adicionada e registrada no bloco subsequente.

Você quer trabalhar na área de blockchain e criptomoedas? Confira o nosso artigo sobre os melhores trabalhos criptos.

Problemas que a tecnologia blockchain resolve

  • Elimina o “intermediário” – ou necessidade de um mediador, que geralmente é representado por um banco. Mesmo os métodos de pagamento online, como o Paypal, requerem uma integração com uma conta bancária para funcionar. A tecnologia Blockchain significa que podemos confirmar transações, confirmar identidades e verificar contratos, tudo sem a necessidade de terceiros.
  • Problemas de confiança – a rede constrói a confiança para nós por meio de uma combinação do complexo problema matemático que deve ser resolvido, comprovado e, em seguida, verificado pelo resto da rede antes que qualquer nova informação possa ser adicionada. Compare isso a fazer um pagamento online; há vários elementos envolvidos nos quais todos precisam ser individualmente confiáveis, por exemplo, bancos, sites e sistemas de pagamento.
  • Transparência – em blockchains públicas, todas as transações estão disponíveis para visualização; isso permite um nível de integridade e responsabilidade, que não existia nos sistemas financeiros anteriores.
  • Controle – o Blockchain é um sistema descentralizado, ninguém pode controlar o que acontece, e as coisas só podem mudar por consenso.

Como a tecnologia é usada?

O conceito de blockchain foi criado em 2008 e implementado em 2009 por Satoshi Nakamoto como parte integrante do Bitcoin.

Foi a primeira moeda digital que resolveu o problema do duplo gasto (duplicação de arquivos) sem a necessidade de um servidor central.

As chaves são utilizadas para transferir blocos contendo informações sobre o valor financeiro. Ou seja, isso registra a transferência e elimina a necessidade de terceiros, como um banco.

Ademais, ele também garante a segurança visto que você deve ter a chave correspondente para editar quaisquer dados armazenados no razão.

Funções de bancos, como verificar identidades e gravar transações, podem ser feita de forma mais rápida e precisa por meio do blockchain. O Blockchain começou com o Bitcoin, mas as aplicações são vastas em muitos setores. Inclusive, a tecnologia pode trazer melhoria para diversos setores da sociedade.

Melhorias

  • Contratos inteligentes – além de armazenar uma unidade de valor, alguns blockchains podem ser usados para armazenar diferentes tipos de informações digitais. Ou seja, o código pode ser programado para disparar quando inserirmos as chaves ou quando as condições forem atendidas a partir de feeds de dados externos (por exemplo, preços de ações, uso de energia). Os contratos inteligentes têm o potencial de transformar tantos setores.
  • Internet das Coisas – Este termo descreve o número crescente de objetos do cotidiano que podem se conectar a uma rede mais ampla através da Internet. A tecnologia Blockchain oferece a oportunidade de maior escalabilidade e integração.
  • Captação de recursos – A indústria de caridade pode se beneficiar da transparência oferecida pelas transações de blockchain. Frequentemente, as instituições de caridade podem enfrentar desafios para garantir que o público tenha confiança nos fundos que chegam ao destino pretendido. Blockchain significa que as informações sobre a alocação de fundos ficam visíveis para os financiadores.
  • Saúde – Como a tecnologia blockchain é tão segura e confiável, é o método perfeito para registrar e armazenar informações confidenciais, como dados de saúde.
  • Gerenciamento da cadeia de suprimentos – a capacidade de rastrear processos com precisão e total transparência é útil tanto do ponto de vista da produção quanto do consumidor. Os clientes podem saber a origem e o conteúdo exatos de seus produtos, ajudando a reduzir o escândalo e a manter a integridade das empresas.

O que vem por aí para o blockchain?

À medida que mais e mais empresas estão utilizando a tecnologia blockchain para criar maior confiabilidade e transparência em suas plataformas digitais, os usos potenciais da tecnologia blockchain estão se tornando aparentes.

Conforme aumenta a conscientização, parece que a tecnologia blockchain resolverá problemas e transformará processos para muitas indústrias. Dê uma olhada em nossa lista dos negócios baseados em blockchain mais revolucionários para ter uma ideia da enorme escala de aplicações potenciais.

Você está interessado em conversar e trocar ideias sobre blockchain e criptomoedas com usuários reais? Junte-se à nossa comunidade do Telegram agora!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Mercadóloga, mestra em estratégia e estudiosa do mercado financeiro. Entusiasta do Bitcoin, começou a escrever sobre criptomoedas em 2017 e nunca mais parou. Atualmente é colaboradora do portal BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá