Como analisar gráficos de Bitcoin e outras criptomoedas?

Compartilhar Artigo

O trading é, sem dúvida alguma, uma das formas mais populares atualmente de lucrar no mercado de criptomoedas.



Entretanto, é preciso ter certo conhecimento técnico, que é adquirido antes de começar a atuar dessa forma.

Os valores das criptomoedas são voláteis. Por isso, agir como trader requer bastante conhecimento. Entender como é a leitura de um gráfico de bitcoin, por exemplo, é essencial. Dessa maneira, a leitura gráfica dá uma ideia melhor de como as coisas vão funcionar, o que aumenta o potencial de lucro.



Assim, este guia é introdutório no assunto. Nele, será tratado sobre as técnicas mais populares de leitura de gráficos de Bitcoin e outros ativos digitais.

Quando você for analisar o mercado financeiro, existem dois métodos principais a serem utilizados: a análise técnica e a análise fundamental. Esse guia vai focar, principalmente, na análise técnica dos gráficos de criptomoedas.

As análises fundamentais envolvem aspectos do mercado que incluem notícias, eventos e muitas outras coisas que podem impactar a economia. Por outro lado, a análise técnica lida primariamente com os gráficos.

Além disso, se você quer saber como comprar Bitcoins, acesse o guia completo preparado pela BeInCrypto!

Neste Artigo:

  1. O que é uma análise técnica?
  2. Mercado Cripto: Bull vs Bear
  3. Médias móveis
  4. Suporte e Resistência
  5. Fibonacci
  6. Outros Indicadores técnicos
  7. Gráficos de Candle
  8. Períodos de tempo
  9. Padrões gráficos do mercado
  10. Conclusão

O que é a análise técnica?

Em essência, a análise técnica (AT) é o processo de analisar as condições presentes do mercado para prever movimentos futuros. Ela se concentra no uso de um gráfico de preços para identificar a tendência, suporte e resistência e momento para ajudar os traders a entrar e sair de operações com maior probabilidade de ganho ou menores prejuízos.

Ela funciona com a premissa de que os preços se movem em tendências, e esses movimentos geralmente seguem padrões estabelecidos que podem ser parcialmente atribuídos à psicologia do mercado. Essa suposição comportamental é baseada na crença de que os traders reagem de maneira semelhante quando confrontados com situações semelhantes.

A análise técnica não tenta medir o valor de um ativo de criptomoeda. Ela emprega indicadores matemáticos e padrões gráficos conhecidos, a fim de prever a probabilidade de um movimento futuro.

Sentimento do mercado de criptomoeda: touros x ursos

Os mercados de Bitcoin e criptomoedas no geral se movem em três direções; para cima, para baixo e para os lados. Um mercado que está subindo é considerado altista, enquanto um mercado que está caindo é baixista. Um mercado lateral é chamado de limitado ou consolidado. O ditado mais pertinente quando se trata da análise de gráficos de cripto é:

“A tendência é sua amiga”

É muito mais provável que a direção do preço siga a tendência atual do que a inverta. O sentimento do mercado também segue isso, pois as tendências de longo prazo não mudam com muita frequência. Os mercados bull e bear de Bitcoin podem durar alguns anos antes de finalmente reverterem.

Dentro de uma tendência, pode haver vários picos de altas, correções ou pullbacks onde parece que a tendência irá reverter, apenas para retomar a tendência original após um certo período de tempo. Afinal, os preços não se movem em linha reta. O uso de análises de preços das criptomoedas e de padrões gráficos pode revelar essas possíveis mudanças em uma tendência em diferentes períodos de tempo.

Médias móveis

As médias móveis são um dos indicadores técnicos mais usados nos gráficos de preços de criptomoedas. Elas trabalham filtrando o “ruído” de flutuações aleatórias de preços no curto prazo e fornecendo uma ótima indicação para o rastreamento de tendências.

Existem dois tipos de médias móveis usadas nos gráficos de cripto: simples e exponenciais.

  • SMA – A Média Móvel Simples (Simple Moving Average) usa a média aritmética de um determinado conjunto de preços em um número definido de semanas/dias/horas.
  • EMA – A média móvel exponencial (Exponential Moving Average) usa uma média ponderada, dando maior importância aos dias mais recentes, tornando-o mais sensível a novas oscilações no preço.

As médias móveis são frequentemente usadas juntas para fornecer uma melhor indicação de quando uma tendência será revertida. O número de semanas, dias ou horas usado para calcular a média móvel também difere.

Duas das médias móveis mais comumente usadas para gráficos de criptomoedas são as de 50 e de 200 dias para identificar padrões de tendências de longo prazo e áreas de suporte e resistência.

Adicionar esses dois indicadores a um gráfico de preços do Bitcoin pode ajudar a identificar quando os preços estão nos limites superior ou inferior de seus movimentos em potencial e quando uma grande reversão de tendência está para acontecer.

Quando essas duas linhas de média móvel se cruzam é um sinal importante para futuros movimentos de preços e mudanças de tendência, e elas foram apropriadamente nomeadas da seguinte maneira:

  • Cruz de Ouro (Golden Cross) – ocorre quando a média móvel de 50 dias (que possui movimento mais rápido) cruza acima da média móvel de 200 dias (que é mais lenda). Esse é considerado um padrão de reversão de tendência de alta.
  • Cruz da Morte (Death Cross)- ocorre quando a média mais rápida de 50 dias passa abaixo dos 200 dias mais lentos. Padrão de reversão de tendência de baixa.
Médias Móveis no gráfico do Bitcoin

O gráfico de preços do Bitcoin acima mostra dois momentos ao longo do ano passado, quando esses padrões foram observados, e os preços subiram ou caíram nos meses seguintes. Observe como as indicações dadas pelas médias estão atrasadas na parte inferior e no topo da tendência, pois esses padrões de confirmação geralmente ocorrem após a reversão real.

As médias móveis também servem para oferecer zonas de suporte e resistência, indicando o momento futuro e a direção do gráfico em momentos futuros. Que tal aprender mais sobre suporte e resistência?

Suporte e Resistência

Suporte e resistências são conceitos essenciais ao lidar com gráficos de Bitcoin e outras criptos. Estes são os indicadores mais utilizados ao redor do globo.

Os mercados oscilam com o tempo. Dessa forma, a área em que os preços decaem é chamada de resistência. Por outro lado, as subidas são conhecidas como níveis de suporte.

Suportes e Resistências no gráfico do BTC

Quando os preços repetidamente retorna para o mesmo nivelamento, sem ter um pico acima dele, a resistência está forte. O reverso se aplica para o suporte, quando os preços caem rapidamente para um mesmo nível, mas não caem além dele.

O “rompimento” acontece quando a linha sai destas zonas. A partir dai, o preço vai encontrar um novo nível de resistência e um novo nível de suporte. Saber identificar as áreas é importante para te ajudar a manter-se bem informado, criando oportunidades de decisão incríveis dentro do mercado.

Fibonacci

Os níveis de Fibonacci também são ferramentas importantes para analisar os gráficos de Bitcoin e outras criptos.

O Fibonacci, em forma matemática, significa uma sequência de números que justificam as proporções da natureza.

Essa série pode ser aplicada nos gráficos de criptomoedas para identificar níveis de retroatividade. Esses níveis então podem ser usadas para identificar resistências e suportes.

Essa é uma forma mais complicada de fazer a análise, mas é bem válida, de forma geral. Entretanto, requer que você entenda bastante de matemática e saiba identificar a série numérica.

Outros Indicadores técnicos

Além destes que já foram citados, existem também outros níveis indicadores que podem ser de grande ajuda para os traders. Alguns deles são:

  • RSI: O RSI é uma medida que demonstra se um ativo esta sendo vendidos demais ou comprado demais. Ele é utilizado para ajudar os traders a ver qual a força atual do mercado. Esse indicador geralmente vai de 1 até 100, sendo que quando ele está abaixo de 30 indica que a venda está alta demais, e quando está acima de 70 as compras estão altas.
  • MACD: Esse indicador combina as médias móveis para conseguir números mais aproximados, facilitando a identificação de movimentos no mercado.

Existem também outros diversos indicadores dentro do mercado, como o IKH, o ADC e mais alguns que são um pouco menos utilizados. Eles são mais detalhados, mas fogem do escopo deste texto.

Há também indicadores que são específicos para os gráficos de Bitcoin, como liquidez, hash ribbons, volume de exchanges e vários outros. Entretanto, eles não fazem parte de gráficos básicos e entram em outra categoria de análise.

Gráficos de Candle

Entender o básico de como esse tipo de gráfico japonês funciona é uma grande vantagem para o trader.

Cada uma das “velas” é usada para descrever o preço do ativo durante certo período de tempo. Eles são utilizados usando preços abertos, fechados, altos e baixos.

Existem diversos padrões e sinais que podem ser identificados nestes gráficos, então é bem importante para qualquer trader que queira ter uma vantagem dentro do mercado entenda como elas funcionam.

Períodos de tempo

Os períodos são extremamente importantes na hora de se ler um gráfico. Assim, um gráfico pode mostrar como o mercado está em diferentes períodos de tempo, o que muda completamente a previsão que está sendo feita.

É por isso que é tão importante fazer sempre o uso de várias leituras em diversos períodos de tempo.

Existem alguns softwares no mercado que podem te ajudar nessa tarefa, entretanto. O período de tempo que você vai usar depende também da forma como você atua. Quem gosta de vendas rapidas devem sempre usar períodos de tempo curtos, enquanto holders e traders de longo período devem sempre ver os gráficos maiores.

Padrões gráficos do mercado

Os padrões que geralmente surgem em gráficos de criptomoedas levam a movimentos de preços futuros mais previsíveis. Essas formações no gráfico podem ser usadas para identificar reversão de tendência, continuação de tendência e momento de alta ou de baixa.

Alguns dos padrões gráficos mais comumente reconhecidos para Bitcoin e criptomoedas são os seguintes:

  1. Padrões de reversão: ombro cabeça e ombro (OCO), ombro cabeça e ombro invertidos (OCOI); S, Cup and Handle, Topo / Fundo duplo, cunha em subida ou descida.
  2. Padrões de Continuação: Flâmulas, Retângulos, Bandeiras, Cunha em Ascensão e Queda.
  3. Padrões bilaterais: triângulos simétricos, triângulo ascendente ou descendente.

Um padrão de gráfico bilateral é aquele que pode resultar em um rompimento do preço em qualquer direção.

Muitos dos padrões de gráficos usados ​​para negociar Forex também são aplicáveis ​​à criptomoedas.

Padrões comuns de gráficos – Tradingspine.com

Existem outras maneiras de identificar se uma tendência está prestes a reverter ou continuará.

  • Topo mais alto, fundo mais alto: Um padrão de alta que indica que os preços ainda estão subindo e a tendência de alta está intacta. Os preços continuam superando as máximas anteriores e as retrações não são tão baixas quanto as anteriores.
  • Topo mais baixo, fundo mais baixo: Um padrão de baixa que indica que os preços estão caindo e a tendência de baixa está intacta. Os preços não podem superar as máximas anteriores, e novas mínimas são formadas a cada retração.

Isso é muito importante para observar ao negociar Bitcoin e criptomoedas, pois fornecem uma imagem maior em relação à tendência geral.

Divergências podem ser observadas quando há um desacordo entre indicadores e preços ou padrões gráficos. Em uma tendência de alta, isso ocorre quando o preço faz um topo mais alto, mas o indicador não, e em uma tendência de baixa, a divergência ocorre quando o preço cai, mas o indicador não. Quando a divergência é detectada, há uma maior probabilidade de uma retração de preço.

Existem outros padrões de gráficos cripto, como Ondas de Elliot, que trabalham no ritmo natural da psicologia das multidões no mercado, manifestando-se em ondas. Também existem fractais , que são padrões de repetição natural que são observados com frequência nos gráficos de Bitcoin; no entanto, eles estão além do escopo deste artigo.

Leitura adicional:

  1. Aprenda uma técnica para negociar criptomoedas usando ondas de Elliot e Fibonacci clicando aqui.
  2. Quer aprender mais? Participe do nosso Grupo Telegram e receba sinais de negociação, um curso de negociação gratuito e comunicação diária com os fãs de criptomoedas!
  3. Veja abaixo como ter acesso aos sinais gratuitos de negociação de criptomoedas com um trader profissional do BeInCrypto.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá