Estratégia de negociação de criptomoedas: análise de triângulo da teoria das Ondas de Elliot

Compartilhar Artigo

Os movimentos do mercado nos trazem infinitas oportunidades todos os dias. Assim, se você deseja aproveitar a maioria das oportunidades de negociação, precisa de uma poderosa estratégia capaz de se adaptar durante diferentes movimentos de preços de diferentes pares de negociação de criptomoedas: essa é a análise de triângulo da teoria das Ondas de Elliot.



Com o BeInCrypto, já aprendemos os princípios da teoria de ondas de Elliott , num extenso estudo de análise técnica baseado em impulsos e estágios corretivos nos movimentos de preços. Essa técnica forte e moldável abre as portas para uma quantidade infinita de estratégias eficazes, aplicáveis ​​a qualquer mercado.

Desta vez, aprenderemos uma estratégia baseada em estágios corretivos combinados com padrões de gráficos triangulares para pegarmos o próximo movimento.



Neste artigo:

Princípio da teoria das Ondas de Elliot

Antes de tudo, temos que ser claros com a base e as regras da Teoria das Ondas de Elliott:

  • As Ondas de Elliott dizem que o movimento do mercado é dividido em dois estágios fundamentais: estágio impulsivo e estágio corretivo .
  • O estágio impulsivo consiste em 5 ondas nomeadas por números e o estágio corretivo em 3 ondas nomeadas por letras.
  • Para o estágio impulsivo: as ondas 1, 3 e 5 são a favor da tendência (alta ou baixa), estas são micro-impulsivas . Por outro lado, as ondas 2 e 4 são micro-corretivas , porque sua direção é contrária à tendência.
  • Para o estágio corretivo: as ondas A e C são micro-impulsivas e B é micro-corretiva.
  • Cada onda tem microondas em sua própria estrutura. É por isso que as ondas 1, 3, 5, A e B são impulsivas e têm em sua formação 5 microondas. Da mesma forma, as ondas 2, 4 e B têm uma estrutura de três ondas.
  • Onda 2 nunca recupera mais de 100% da onda 1 .
  • A onda 3 é geralmente a mais longa e nunca a mais curta entre as três ondas impulsivas do estágio impulsivo (1, 3 e 5).
  • A onda 4 não retrocede além do ponto final da onda 1 .

Estrutura dos estágios corretivos da teoria das Ondas de Elliot

Aprendemos que a segunda e a quarta onda são corretivas e sua estrutura básica tem três ondas (nomeadas pelas letras A, B e C). Mas, essa não é uma estrutura definitiva e rigorosa ; A teoria de Elliott também diz que as ondas corretivas podem aparecer com diferentes configurações evolutivas .

Começando com a estrutura de microondas (com padrão A-B-C), elas podem aparecer em uma microestrutura 3-3-5 ou 5-3-5:

Exemplo de estruturas corretivas 5-3-5 e 3-3-5

Como os padrões gráficos triangulares estão relacionados aos estágios corretivos

Em ambas as estruturas, a onda C pode ser formada em um movimento triangular, especificamente em uma cunha descendente para um cenário de alta e na cunha ascendente para um cenário de baixa. Se isso acontecer, as regras das cinco ondas podem ser ignoradas para permitir essa formação . Esse padrão triangular é chamado de “Final Diagonal”.

Exemplo diagonal final

Como podemos ver, a formação “Diagonal final” contém a palavra “final” porque o padrão anuncia o fim da correção e o início de um novo movimento impulsivo . Essa é uma característica especial de todo o triângulo de Elliott.

Essa é uma maneira eficaz de visualizar um movimento importante de preços. No entanto, o padrão corretivo mais interessante ocorre quando um triângulo aparece formando uma estrutura de quarta onda inteira.

Essa peculiaridade é exclusiva das quarta ondas e é dividida em um ‘padrão de 5 ondas’ (nomeado pelas letras A-B-C-D-E). Da mesma forma, a quebra de um triângulo significa o final da quarta onda e o início da quinta onda. Comparado com o ‘padrão diagonal final’, esse novo triângulo A-B-C-D-E ocorre com mais frequência.

Teoria das Ondas de Elliot: quarta onda inteira com exemplo de estrutura de triângulo
  • Todos os padrões explicados aqui funcionam em um cenário de baixa. Vamos ver um padrão de baixa da quarta onda A-B-D-C-E com um gráfico real:
Fourth wave with triangle structure on bearish chart example

Antes de continuar, podemos ler o seguinte resumo da relação das ondas corretivas de Elliott e do padrão de triângulo:

  • A ‘Onda diagonal final’ ocorre na microonda ‘C’ dentro de todas as ondas corretivas . Essas ondas triangulares são nomeadas pelos números 1-2-3-4-5.
  • Um padrão de correção do triângulo de onda completo ocorre apenas na quarta onda e inclui todas as formações de onda. Temos uma onda 4 com estrutura A-B-C-D-E.
  • Os rompimentos em triângulo podem anunciar o fim do estágio corretivo e o início do próximo impulso (onda 3 ou 5).

Estratégia de negociação de criptomoeda usando a teoria das Ondas de Elliott com estudo do triângulo corretivo

1. Antes de tudo, precisamos identificar a tendência atual para ajudar a decidir a direção do nosso trade, de alta ou baixa, comprado ou vendido.

Exemplo de tendência de alta

2. O exemplo atual mostra uma tendência de alta, faremos uma negociação comprada (long) . Agora, precisamos aguardar um estágio corretivo claro para identificar A-B-C com estrutura diagonal final ou A-B-C-D-E com uma estrutura triangular corretiva completa.

Identificando a estrutura Diagonal Final no gráfico

3. Agora, nossa missão é ter paciência para aguardar o rompimento do padrão. Esse rompimento precisa ser claro e forte, de preferência mostrando um candle completo com sombra pequena ou nula .

Finalizando o rompimento

4. Chegou a hora de entrar comprado no trade. Entraremos com uma posição de compra, o stop loss estará abaixo da mínimo da quarta onda e o alvo no ponto máximo da terceira onda.

Trade de compra no setup de fim da correção diagonal

5. Aproveite o trade e aguarde o resultado:

Exemplo de resultado de trade

E se tivermos uma configuração completa do triângulo da quarta onda?

  • As três etapas anteriores são as mesmas neste caso.
  • Para a estrutura de negociação, a mudança ocorre nas condições de “obter lucro”.
  • Para obter lucro, levaremos a ferramenta de extensão Fibonacci com um comprimento desde o início da primeira onda até o final da terceira , e então teremos que ajustar sua posição ao final do quarta onda.

  • Como podemos ver no desenho acima, temos um triângulo completo de ‘cunha ascendente’ na quarta onda com o padrão A-B-C-D-E, em um cenário de baixa.

Os padrões corretivos do triângulo de onda Elliott não acontecem com muita frequência, mas se podemos ver qualquer um deles, tem um alto potencial para ser um trade vencedor.

Leitura adicional:

  1. Aprenda o básico sobre o estudo de gráficos de criptomoedas clicando aqui.
  2. Estratégia de negociação de criptomoedas utilizando a teoria das Ondas de Elliott
  3. Quer aprender mais? Participe do nosso Grupo Telegram e receba sinais de negociação, um curso de negociação gratuito e comunicação diária com os fãs de criptomoedas!
  4. Veja abaixo como ter acesso aos sinais gratuitos de negociação de criptomoedas com um trader profissional do BeInCrypto.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Caio é um grande entusiasta de criptomoedas e day trader em tempo integral. A paixão pelo mercado financeiro e pela escrita permitiu que começasse a fazer parte do projeto BeInCrypto em ser o principal portal de notícias de criptomoedas e blockchain. Caio é também estudante de Ciências Econômicas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá