O processo de Cloud Mining é o ato de minerar criptomoedas, por meio de um datacenter remoto, em conjunto com algumas outras ferramentas.

Assim, o Cloud Mining permite que qualquer pessoa consiga minerar bitcoin ou qualquer outra criptomoeda na nuvem. Para isso, não é necessário ter em mãos todo o hardware de mineração, o que torna tudo muito mais prático e rápido.

Essa é uma das formas que existem dentro do mercado atualmente para conseguir criptomoedas, e pode ser interessante para você. Assim, como funciona a mineração na nuvem?

Neste Artigo:

  1. O que é Cloud Mining?
  2. Como essa modalidade de mineração funciona?
  3. Como entrar de cabeça no Cloud Mining
  4. Esse tipo de mineração é lucrativo?
  5. Mineração tradicional x Cloud Mining: Quais são as diferenças principais?
  6. As melhores companhias de mineração em nuvem
  7. StormGain
  8. Genesis
  9. Nicehash
  10. HashFlare
  11. Hashnest
  12. Eobot
  13. Hashing24
  14. CCG Mining
  15. Menção honrosa: Hashfox
  16. Conclusão

O que é Cloud Mining?

A mineração de criptomoedas geralmente é um processo bem caro, e que tem como objetivo, de forma geral, o Bitcoin.

Isso acontece porque, inegavelmente, o BTC é a criptomoeda mais relevante do mundo. Assim,  o Bitcoin tem a maior comunidade de mineração na nuvem.

Porém, isso também significa que a competição é intensa e grandiosa, já que ninguém consegue minerar a criptomoeda sozinho, usando seu próprio computador.

Aliás, para saber mais sobre o Bitcoin, consulte o Guia Completo preparado pela BeInCrypto!

Para as pessoas que possuem planos de mineração in loco, é preciso saber que a demanda de hardware é pesada. O processo inteiro é extremamente caro, sem levar em consideração o custo absurdo de eletricidade que é requerido para fazer a mineração.

Obviamente, nem todo mundo consegue arcar com isso. Foram essas pessoas que acabaram criando uma forma de circular esse obstáculo por meio do cloud mining.

O cloud mining descentraliza o processo de mineração de Bitcoin e outras criptomoedas. Dessa maneira, o poder de minerar aumenta, através de uma rede de computadores.

Aliás, é por isso que existe o pool de mineração: isso ocorre quando os mineradores unem o seu poder computacional e dividem as recompensas do trabalho.

Assim, esse tipo de mineração de bitcoin na nuvem geralmente permite que qualquer um faça a mineração sem ter que ter todo o aparato em casa. Afinal de contas, nem todos têm milhares de dólares na mão para investir nisso.

Essa modalidade é bem mais prática, barata e acessível.

Além de tudo isso, ela também é mais segura do que tentar conseguir lucro atuando como trader, já que você quase não corre risco de perdas muito grandes.

Como essa modalidade de mineração funciona?

O “Cloud Computing” é uma das coisas que mais vem ganhando espaço no mercado dentro destes ultimos tempos.

Desse modo, por meio da mineração na nuvem, é possível ter acesso a diversos serviços. Banco de dados, servidores e diversos software ficam disponíveis através da nuvem.

A mineração de moedas é o que mantém diversas criptos ativas no mercado, e não é surpresa nenhuma de que esse conceito de Cloud Mining fosse surgir logo.

De forma simples, essa mineração permite que alguém invista dinheiro em uma empresa que tem o hardware de mineração.

A empresa então calcula quanto o investidor contribuiu através desse investimento. Depois, ela retorna o investimento com uma certa quantia de BTCs, referentes e proporcionais a quanto foi possível minerar com o valor investido.

Esse investimento é usado pela empresa como uma forma de manter todo o aparato de mineração funcionando. A empresa usa o dinheiro para pagar as custas e reparar equipamentos. Assim, a quantia que o investidor coloca depende do contrato que é feito com a empresa.

Geralmente, empresas que fazem Cloud Mining têm diversas modalidades de contrato. Isso acontece para tentar atender às necessidades do investidor, seja ele quem for.

Como entrar de cabeça no Cloud Mining?

Começar é bem simples, na verdade. Tudo o que você precisa é abrir uma conta em uma destas empresas.

Depois disso, escolha o contrato que mais se adequa as necessidades que você tem. Agora é só fazer o investimento e pronto!

Claro, mineradores de todos os tipos devem sempre ter bastante cautela quando forem escolher sua empresa. Existem bastante firmas que são fraudulentas, prometendo retornos enormes em cima de seus investimentos.

Elas geralmente vão tentar te passar a perna, pedindo dinheiro para depois simplesmente desaparecer da face da terra, sem nunca pagar seus investidores nem um tostão.

Essencialmente, toda essa história de Cloud Mining serve para deixar a mineração de criptomoedas muito mais acessível e prática.

Acredite, a aparelhagem para fazer a mineração é extremamente cara. Assim, a menos que você queira abrir uma empresa de mineração, vale a pena investir no Cloud Mining.

Vale lembrar: não existe mineração de bitcoin na nuvem gratis.

Esse tipo de mineração é lucrativo?

Entenda: quando falamos que algumas empresas não são confiáveis, o que realmente estamos dizendo é que a esmagadora maioria delas não é nem um pouco confiável.

Essas firmas não fazem a mineração, geralmente. O que eles fazem é apenas pegar o seu dinheiro e colocar no bolso deles. É sempre a mesma história, quando você chega como um novo investidor, eles fazem de tudo para você enviar seu dinheiro.

É literalmente um esquema de pirâmide, eles vão pegar seu dinheiro, ficar com a maior parte, usar a outra para pagar os outros investidores e depois repetir o processo com outras pessoas.

Mas nem tudo é o fim do mundo, felizmente. Assim, existem algumas empresas que trabalham de forma legítima.

Por meio delas, o Cloud Mining pode ser lucrativo e valer a pena.

Entretanto, você precisa alcançar certas condições para fazer com que ele seja.

Vamos assumir que o BTC se mantenha estável, o que é bem difícil. De forma geral, usando o cloud Mining, você vai levar de seis até um ano para reaver seu investimento.

Contudo, o BTC está sempre variando, então a verdade é que você pode levar um bom tempo até estabilizar.

Esse é um tipo de investimento a longo prazo, e é recomendado que você comece a fazer a mineração sempre quando houver uma baixa histórica nos preços.

Mineração tradicional x Cloud Mining: Quais são as diferenças principais?

Até o momento, aprendemos que a mineração na nuvem pode ser sim extremamente proveitosa, se você estiver disposto a esperar.

Além disso, ela é relativamente barata, e não requer que você faça algo.

Qualquer pessoa pode fazer esse tipo de mineração, investindo o valor que for mais confortável para si.

Fazendo esse investimento, você vai dar força para a empresa que escolheu. Ela então vai minerar a moeda e te pagar de volta proporcionamento.

Claramente isso é extremamente conveniente, muito mais do que ter um hardware para mineração em sua casa. Para colocar tudo em perspectiva, entenda que o hardware, sozinho, custa milhares de dólares.

Além disso, você vai ter que gastar com eletricidade, e o custo é altíssimo. Por isso, a maioria das empresas de mineração operam na China, por conta da energia barata.

Imagine todo o esforço e custo necessário para manter tudo isso funcionando.

Claro, nem mencionamos custos de concertos e tudo o mais. Se você colocar na ponta do lápis tudo isso, vai ver que geralmente não é algo vantajoso, a menos que você queira abrir uma empresa de mineração.

Além de tudo o que já foi dito, ainda tem a competição com outras empresas, o que não pode ser descartado. Em outras palavras, se você realmente quer começar a minerar Bitcoins, é bem provável que ter um hardware seja a pior escolha para você.

Investir em uma empresa e fazer a mineração em nuvem é simples, prático e você não tem que se preocupar com nada, apenas esperar até que o investimento comece a ser lucrativo. Você tem que ter apenas paciência!

As melhores companhias de mineração em nuvem

De novo, existem muitas fraudes nesse mercado, e é extremamente importante que você esteja ciente disso. Trabalhe apenas com empresas de grande reputação, e não abra mão disso.

Se você está interessado em alguma firma ou empresa específica, faça o dever de casa.

Pesquise, estude, veja o background da empresa e se certifique de que ela realmente é confiável.

Se você não fizer isso, vai perder dinheiro com toda a certeza.

Mas para te ajudar, preparamos uma lista com diversas empresas confiáveis e que já atuam no ramo há bastante tempo. Qual a melhor mineração na nuvem? Descubra agora!

1. StormGain

  • O serviço de mineração em nuvem da StormGain executa todas as operações de hardware de mineração BTC sem usar a bateria do seu celular ou computador.
  • A velocidade da mineração depende dos servidores em nuvem da StormGain. A velocidade é limitada pelo número de usuários que participam do processo de mineração.
  • A cada 30-40 minutos (dependendo do tempo de produção dos blocos de Bitcoin), o benefício da mineração é distribuído igualmente entre todos os usuários que participam do processo de mineração.
  • Depois de extrair o equivalente a pelo menos 10 USDT em BTC, clique no botão ‘Retirar’. Tudo o que você extraiu será creditado em sua conta pela StormGain em 72 horas.
  • O pagamento pode ser limitado ou bloqueado com base no julgamento da empresa, que tem seu próprio mecanismo antifraude.
  • O lucro da mineração em nuvem será creditado em sua conta de negociação USDT. Lembre-se de que isso só pode ser usado para operar na StormGain.
  • No entanto, qualquer lucro que você fizer com essas negociações na StormGain será seu para sacar ou trocar como desejar.

Prós da StormGain

  • Um serviço confiável para mineração em nuvem
  • Use equipamentos confiáveis
  • Possui mecanismo anti-fraude
  • Oferece bom atendimento ao cliente
  • Pagamentos estáveis

Contras da StormGain

  • Só pode minerar BTC
  • É difícil calcular o valor que você recebe ao sacar

2. Genesis

A Gênesis Bitcoin oferece o serviço de mineração por nuvem, e é uma das primeiras na nossa lista. Existem apenas algumas outras que são tão confiáveis como ela.

Ela é o exemplo de uma empresa que legitimamente oferece excelentes produtos para seus investidores. Ela vem atuando desde que toda essa história de mineração começou, sendo uma das primeiras empresas a prover a alternativa do Cloud Mining.

Isso aconteceu lá em 2013, o que faz dela uma das líderes mais antigas do mercado. Desde então, a Gênesis vem liderando o mercado, e em termos de criptos, ela oferece algumas opções:

  • Bitcoin
  • Ethereum
  • Zcash
  • Monero
  • Litecoin
  • Dash

Muitas destas moedas são privadas, já que são popularmente usadas para fazer pagamentos. Bitcoin e Litecoin também aparecem na lista, como opções práticas para quem quer entrar no mercado. A Genesis oferece diversas opções de contrato, com diferentes preços e tempos contratuais. O menor é de 6 meses, enquanto o maior é de 2 anos.

Prós

  • Serviço confiável
  • Excelente equipamento
  • Bom serviço de atendimento ao cliente
  • Pagamento estável

Contras

  • Não possui uma exchange acoplada

3. Nicehash

Nessa empresa, você é que escolhe os termos do contrato. Isso pode envolver o tempo, quantia investida e muitos outros detalhes que podem fazer uma grande diferença para você. Mas é a empresa que decide se vai ou não aceitar seu contrato.

De forma geral, tudo funciona através do Bitcoin aqui. Você vai fazer uso do BTC para investir e também vai receber BTC na hora do retorno. Não importa como você escolha, você sempre vai receber em BTC.

O lado legal é que essa empresa tem servidores localizados ao redor do mundo inteiro. EUA, China, Japão, Índia e até mesmo aqui no Brasil, o que pode tornar as coisas bem mais atrativas para investidores brasileiros.

Prós

  • Simples de usar
  • Paga em BTC
  • Softwares excelentes
  • Pode pagar mais do que o esperado

Contras

  • Taxas são mais altas do que outras empresas
  • Paga de forma lenta
  • Não é muito amigável com investidores pequenos

4. HashFlare

Este serviço de mineração estoniano é bem popular. Ele não opera de forma diferente dos outros, mas entretanto a principal diferença é que eles mesmo desenvolveram o hardware que eles usam.

Esta empresa oferece uma boa diversidade de moedas, como Bitcoin, Litecoin. Ethereum, Zcash e a DASH. Entretanto, ela sempre paga seus investidores na criptomoeda que ele escolheram minerar. Se você optar por Ethereum, vai receber em Ethereum, por exemplo. A única exceção é o LTC, que é pago sempre em Bitcoins.

Se você prefere Ethereum, é importante que saiba que os contratos para essa moeda são bem limitados. A HashFlare é uma boa companhia, mas ela já enfrentou alguns problemas que acabaram queimando ela no mercado, então é bom pensar bem se for escolher ela.

Prós

  • Bem equipada e com um excelente data center
  • Pagamentos estáveis
  • Bom suporte ao cliente

Contras

  • Passado complicado
  • Já cancelou contratos sem aviso

5. Hashnest

Essa é uma excelente escolha. A Hashnet tem como apoiador a desenvolvedora de hardwares Bitmain. Essa empresa atua na China principalmente, mas tem escritórios ao redor do mundo inteiro.

Ela vem atuando desde 2014, e já teve tempo o suficiente para provar que é extremamente confiável de diversas formas. Claro, algumas pessoas já tiveram problemas com ela, o que é de se esperar.

Entretanto, a grande maioria das reviews são positivas, o que torna a Hashnet uma mineradora de criptomoedas bem confiável aos olhos dos investidores. Segundo a empresa, eles são donos da maior mineradora de Bitcoins do mundo inteiro.

Todo o processo de mineração por aqui é bem simples. Tudo que você precisa fazer é baixar o aplicativo e usá-lo sempre que quiser. O registro também é simples, e eles ainda te dão um carteira digital onde você pode fazer os depósitos dos seus BTCS.

Prós

  • Sem taxas de saque
  • Mercado aberto
  • Grande tempo de mercado

Contras

  • Dificil de se usar
  • Aplicativo e site extremamente lentos

6. Eobot

Outra mineradora que oferece o serviço de Cloud Mining de forma bem tranquila. Assim como algumas outras dessa lista, ela já tem vários anos de mercado, o que a torna extremamente confiável. A grande diferença é que ela não oferece contratos muito variados. O lado variável é que tudo é tranquilo de se fazer. O site é amigável e você pode conseguir o que quer com facilidade.

As moedas oferecidas para mineração atualmente são o Ethereum, Bitcoin, Bitcoin Cash,XRP, Litecoin, Tron, DASH, Dogecoin, Curecoin, Monero, Cardano, EOS e algumas outras menos utilizadas.

Prós

  • Suporte para iOS e Android
  • Pagamentos imediatos
  • Tem projetos laterais bem interessantes

Contras

  • Taxas altas para manutenção
  • Website extremamente básico
  • Sem um CEO conhecido

7. Hashing24

Este serviço opera ao redor do mundo inteiro, e já tem certa história no mercado. Entretanto, essa é uma escolha ruim para quem quer minerar outras moedas que não o Bitcoin. Atualmente, apenas o Bitcoin tem suporte, e a Hashing24 oferece contratos extremamente longos nos quais você precisa pagar apenas uma vez. Se você quer ganhar BTC pro resto da vida, talvez esse seja o serviço que você está procurando.

O problema é que ele é bem caro, disso ninguém tem dúvida. Mas entretanto, é uma empresa bem competente e confiável, com um bom serviço de atendimento ao cliente. O aplicativo também é bem fácil de navegar e a interface é amigável.

Prós

  • Simples de se usar
  • Contratos longos
  • Pode funcionar como uma carteira de BTC
  • Saques rápidos

Contras

  • Sem contratos pequenos
  • Tem apenas um algorítimo

8. CCG Mining

Por fim, temos a CCG Mining, uma empresa de mineração em nuvem que foi lançada em 2016. A empresa surgiu assim que a “criptomania” cresceu e passou a oferecer soluções mais abrangentes.

Essa empresa de mineração tem sede na Europa e está espalhada em cinco países diferentes – Rússia, Áustria, Polônia, Letônia e Reino Unido. Em 2020, já conta com 850 clientes empresariais, bem como 45.000 clientes privados.

O objetivo da empresa é oferecer serviços profissionais e satisfazer seus clientes, bem como criar o maior poder de hashing de computação da Europa. Para garantir isso, a CCG Mining facilita a utilização do serviço pelos clientes e mantém uma equipe qualificada e competente em suas mineradoras.

A empresa também criou vários produtos inovadores B2B (business-to-business) e B2C (business-to-consumer), que giram em torno da simplificação do processo de mineração para os clientes.

Além disso, a CCG Mining oferece três serviços: contratos de mineração em nuvem, plataformas de mineração e programa de afiliados.

Oferece serviços também para várias criptomoedas, incluindo: Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC), Monero (XMR) e Zcash (ZEC).

Quanto aos seus contratos de cloud mining, existem três padronizados, além de um personalizado, que o cliente cria em acordo com a empresa. Os três contratos padronizados incluem: Mini, Starter e Pro.

O preço de cada contrato, assim como sua duração, dependem da moeda que o cliente tem interesse em minerar.

Prós

  • Excelentes plataformas de mineração
  • Bons sistemas de suporte
  • Excelente programa de fidelidade
  • Preços muito bons

Contras

  • Fornecimento de informações inadequadas
  • A empresa depende muito da comunicação ao vivo para obter detalhes técnicos

Menção honrosa: Hashfox

Uma empresa mais recente, mas que aparenta ter bons diretores. A diferença dela para as outras é que ea te permite comprar alguns rigs de mineração, se for isso que você quiser.

Funciona assim: Você compra o software, o hardware, mas tudo continua no sitio de mineração da Hashfox, recebendo manutenção o tempo todo. Basicamente, você só tem que pagar e deixar minerando para você!

Conclusão

Bom, você já deve ter entendido bem como as coisas funcionam de verdade. Mas vamos lembrar sempre, tudo é sua responsabilidade, desde a escolha até a forma como você protege o seu capital e suas informações.

Escolha sempre empresas que são realmente confiáveis, e pesquise a fundo sobre elas. Nada é 100% a prova de falhas, mas você pode sempre optar por uma escolha que é mais segura do que as outras.

Lembramos a você que todas essa informações estão aqui a título de conhecimento, e nada mais. Qualquer escolha feita por você é de sua responsabilidade! Nós te encorajamos sempre a fazer sua própria pesquisa e entender as melhores formas de se proteger online.