Melhores serviços de mineração na nuvem

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A mineração na nuvem é uma alternativa à mineração tradicional.

  • Minerar criptomoedas na nuvem é mais lucrativo e seguro do que minerar criptomoedas em casa.

  • Várias empresas confiáveis oferecem o serviço de mineração na nuvem.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O processo de Cloud Mining (mineração na nuvem) é o ato de minerar Bitcoin ou outras criptomoedas por meio de um datacenter remoto, em conjunto com algumas outras ferramentas.

Neste artigo vamos te mostrar os melhores sites de mineração de criptomoedas e como você pode minerar Bitcoin na nuvem

Você já conhece a carteira da StormGain? Suas criptomoedas em segurança.
Clique aqui e acesse a StormGain agora!

Neste Artigo:

O que é Cloud Mining?

A mineração de criptomoedas (cloud mining) geralmente é um processo bem caro, e que tem como objetivo, de forma geral, gerar mais Bitcoin.

Isso acontece porque, inegavelmente, o BTC é a criptomoeda mais relevante do mundo. Assim, o Bitcoin tem a maior comunidade de mineração na nuvem.

Porém, isso também significa que a competição é intensa e grandiosa, já que ninguém consegue minerar Bitcoin sozinho, usando seu próprio computador, como era no início.

Em vez disso, são necessárias fazendas de mineração, onde os mineradores de Bitcoin usam equipamentos profissionais que valem milhares de dólares. Sem mencionar o enorme custo da eletricidade necessária para extrair o criptoativo.

Obviamente, poucas pessoas podem pagar por isso, então outra solução surgiu: mineração em nuvem ou cloud mining.

Conforme mencionado, a mineração em nuvem permite que as pessoas minerem criptomoedas sem ter que possuir o hardware necessário. Considerando o quão caro é uma mineradora Bitcoin, esta é a opção preferida para milhares de usuários em todo o mundo.

A mineração em nuvem é uma alternativa muito mais barata que qualquer pessoa pode usar, independentemente de quanto ou quão pouco eles possam contribuir. Também é muito mais seguro do que tentar lucrar com o trading de criptomoedas, pois há pouco risco de sofrer uma grande perda.

Como essa modalidade de mineração funciona?

A “computação na nuvem” é uma das coisas que mais vem ganhando espaço no mercado dentro destes últimos tempos.

Desse modo, por meio da mineração na nuvem, é possível ter acesso a diversos serviços. Banco de dados, servidores e diversos software ficam disponíveis através da nuvem.

A mineração de criptomoedas é o que mantém diversas criptos ativas no mercado, e não é surpresa nenhuma de que esse conceito de Cloud Mining ou mineração na nuvem fosse surgir logo.

De forma simples, essa mineração em nuvem permite que alguém invista dinheiro em uma empresa que tem o hardware de mineração.

A empresa então calcula quanto o investidor contribuiu através desse investimento. Depois, ela retorna o investimento com uma certa quantia de Bitcoins, referentes e proporcionais a quanto foi possível minerar Bitcoin na nuvem com o valor investido.

Esse investimento é usado pela empresa como uma forma de manter todo o aparato de mineração funcionando. Afinal, a empresa precisa pagar as custas e reparar equipamentos. Assim, a quantia que o investidor coloca depende do contrato que é feito com a empresa.

Geralmente, empresas que fazem Cloud Mining têm diversas modalidades de contrato.

Claro, os mineradores são aconselhados a ter muito cuidado ao escolher uma empresa, pois sempre há empresas fraudulentas que prometem grandes retornos sobre os investimentos. Afinal, elas tentam enganar o minerador para que lhes dê dinheiro e então desaparecem sem devolver ao investidor.

Em essência, a mineração em nuvem torna a mineração de criptomoedas acessível e disponível, o que não seria o caso se a pessoa tivesse que usar o hardware por conta própria. No entanto, antes de começarmos a compará-la com a mineração de hardware, devemos primeiro nos concentrar na questão do lucro.

Esse tipo de mineração é lucrativo?

Entenda: quando falamos que algumas empresas não são confiáveis, o que realmente estamos dizendo é que a esmagadora maioria delas não é nem um pouco confiável.

Essas firmas criminosas não fazem a mineração em nuvem (cloud mining). O que elas fazem é apenas pegar o seu dinheiro e colocar no bolso. É sempre a mesma história, quando você chega como um novo investidor, eles fazem de tudo para você enviar seu dinheiro.

Quer minerar criptomoedas na nuvem? Abra uma conta na StormGain. Clique aqui e acesse a StormGain agora!

É literalmente um esquema de pirâmide, eles vão pegar seu dinheiro, ficar com a maior parte, usar a outra para pagar os outros investidores e depois repetir o processo com outras pessoas.

A boa notícia é que existem algumas empresas que trabalham de forma legítima, e nós destacamos elas aqui para você.

Por meio delas, o Cloud Mining ou mineração na nuvem pode ser lucrativa e valer a pena. Entretanto, existem algumas condições para fazer com que de fato te dê retorno.

Supondo que o preço do Bitcoin permanecerá o mesmo, provavelmente levará de seis meses a vários anos para pagar o seu investimento inicial, dependendo da empresa, preços, contratos e muito mais. Contudo, tudo depois disso será puro lucro.

Em outras palavras, você não deve esperar resultados de cair o queixo imediatamente. A menos, é claro, que comece a minerar enquanto o Bitcoin está em seu nível mais baixo, atingindo um novo ATH (máxima histórica) logo após ter começado a minerar Bitcoin na nuvem.

Portanto, esse é um tipo de investimento a longo prazo, e é recomendado que você comece a fazer a mineração em nuvem sempre quando houver uma queda nos preços.

Mineração tradicional x Cloud Mining

Até o momento, aprendemos que a mineração na nuvem pode ser sim extremamente proveitosa, se você estiver disposto a esperar. Além disso, ela é relativamente barata, e não requer que você faça algo.

Qualquer pessoa pode fazer esse tipo de mineração, investindo o valor que for mais confortável para si. Fazendo esse investimento, você vai dar força para a empresa que escolheu. Ela então vai minerar Bitcoin e te pagar de volta proporcionamente.

Claramente isso é extremamente conveniente, muito mais do que ter um hardware para mineração em sua casa. Para colocar tudo em perspectiva, entenda que o hardware, sozinho, custa milhares de dólares.

Além disso, você vai ter que gastar com eletricidade, e o custo é altíssimo. Por isso, a maioria das empresas de mineração em nuvem operam na China, por conta da energia barata.

Imagine todo o esforço e custo necessário para manter tudo isso funcionando. Em seguida, pense no custo e esforço envolvidos em manter o sistema, resfriá-lo, consertá-lo e garantir que tudo esteja funcionando corretamente a cada segundo. Além disso, se algo estiver danificado em qualquer ponto, é você quem terá prejuízos.

Além de tudo o que já foi dito, ainda tem a competição com outras empresas, o que não pode ser descartado. Em outras palavras, se você realmente quer começar a minerar Bitcoin, é bem provável que ter um hardware seja a pior escolha para você.

Portanto, investir em uma empresa e fazer a mineração em nuvem (cloud mining) é muito fácil. Afinal, tudo o que você precisa fazer é investir em um contrato e esperar meio ano para começar a ter lucros.

Prós e contras da mineração na nuvem

Vantagens da mineração em nuvem:
  • Lucros mais altos – como os fornecedores de mineração otimizam tudo para você, isso gera retornos mais altos.
  • Menor gasto com eletricidade – minerar criptomoedas em casa demanda muita eletricidade, não só pelas mineradoras de Bitcoin, mas também pelo equipamento necessário para resfriar o ambiente.
  • Não há manutenção do equipamento – não há necessidade de vender o hardware, quando eles deixam de ser lucrativos. Sem tensão na configuração do hardware.
  • Simples e pronto para usar – inscreva-se nesses provedores e comece a minerar criptomoedas em minutos.
Contras da mineração na nuvem
  • Risco de fraude – sempre envolve o risco de ser enganado. Fique longe se alguma mineração oferecer retornos excepcionais sobre o seu investimento.
  • Custo das operações de mineração – os usuários devem pagar pelo custo de gerenciamento de hardware.
  • Lucro imprevisível – o lucro depende de vários fatores. Se o valor da moeda diminuir, ela também pode se tornar não lucrativa.

Melhores criptomoedas para minerar

Bitcoin pode até ser a criptomoeda mais valiosa, mas não é mais a criptomoeda mais fácil ou lucrativa de minerar na nuvem. Existem outras criptomoedas que te permitem obter lucros significativos com a mineração. 

Grin (GRIN)

GRIN é uma moeda de privacidade lançada em 2019. Ela é construída em torno do protocolo Mimblewimble, a moeda é considerada uma aplicação “leve” do protocolo. Tem como objetivo ser mais escalonável e menos intensivo em armazenamento em comparação com outras moedas de privacidade. Além disso, a Grin promete garantir a privacidade, livrando-se de informações residuais de transações na rede. Ademais, a Grin tem moedas ilimitadas, o que o torna atraente para os mineradores.

ZEC (ZCash)

ZCash é uma criptomoeda com foco na privacidade, que oferece mais recursos com foco na privacidade quando comparada a outras moedas. Foi lançado em 2016 e foi lançado massivamente nas principais exchanges. Além disso, ela pode ser minerada por qualquer pessoa, pois seu algoritmo permite a mineração usando placas de vídeo de mineração.

RavenCoin (RVN)

Ravencoin é uma das 100 principais criptomoedas com o nome dos pequenos melros do mundo fictício de Westeros, de George R. R. Martin.

Foi lançada em 2018, em 3 de janeiro, para coincidir com o lançamento do Bitcoin. Ela foi desenvolvido para permitir a transferência fácil e rápida de ativos fungíveis e não fungíveis entre os usuários. Ademais, ela foi bifurcada do Bitcoin e, portanto, contém muitos dos mesmos recursos, incluindo o protocolo de consenso POW.

Além disso, ela tem um suprimento máximo de 21 bilhões e atualmente tem uma capitalização de mercado de pouco menos de US $ 1,1 bilhão.

Monero (XMR)

A Monero é uma das principais moedas de privacidade, classificada em 43º lugar no mercado de criptomoedas. Esta gigante das criptomoedas foi lançada em 2014 como uma criptomoeda privada, segura e não rastreável. Além disso, ela dá a seus usuários controle total sobre seus fundos e privacidade, evitando que outros vejam seus saldos e transações.

Ethereum Classic (ETC)

Ethereum Classic é uma continuação da blockchain original do Ethereum, que foi bifurcada em 2016 depois que um hacker explorou uma brecha que resultou no roubo de milhões de Ether. A partir desta bifurcação, Ethereum (ETH) e Ethereum Classic (ETC) foram formados. A ETC está classificada em 36º lugar entre as criptomoedas no Coinmarketcap e tem uma capitalização de mercado de pouco menos de 6 bilhões de dólares.

As melhores companhias de mineração em nuvem

Não podemos deixar de enfatizar o quanto é importante trabalhar apenas com empresas de mineração em nuvem de boa reputação.

Se você estiver interessado em uma empresa específica, faça sua pesquisa e verifique seus antecedentes, pois o número de golpes na indústria de criptomoedas está aumentando e é muito fácil perder seu dinheiro. Para te ajudar na sua pesquisa, vamos te mostrar os pontos principais que você deve prestar atenção antes de escolher a plataforma para minerar Bitcoin na nuvem.

Primeiro, informe-se sobre a data de registro da empresa e procure os detalhes de contato da empresa. Um serviço confiável sempre fornece todas as informações sobre si mesmo, principalmente as quais os clientes possam estar interessados. Ou seja, isso inclui uma foto do equipamento do data center, os canais para o suporte técnico e a localização das instalações.

Em segundo lugar, um provedor de mineração na nuvem deve ter uma base de clientes considerável e muito feedback positivo. Normalmente, em muitos sites, você pode encontrar análises independentes de portais populares de mineração em nuvem. Portanto, você deve analisá-los, leia todas as avaliações e entenda os prós e contras. Afinal, isso o salvará de golpistas que querem lucrar com o hype em torno da mineração de criptomoedas.

Por fim, guie sua decisão pelo preço do aluguel do equipamento ou dos contratos de mineração. A maioria dos provedores informa honestamente que seu investimento terá retorno com o tempo. Além disso, não confie em promessas de lucros rápidos.

Felizmente, ainda existem muitas empresas de mineração na nuvem reais e respeitáveis, como:

1. StormGain

  • O serviço de mineração em nuvem da StormGain executa todas as operações de hardware de mineração Bitcoin sem usar a bateria do seu celular ou computador.
  • A velocidade da mineração depende dos servidores em nuvem da StormGain. A velocidade é limitada pelo número de usuários que participam do processo de mineração.
  • A cada 30-40 minutos (dependendo do tempo de produção dos blocos de Bitcoin), a recompensa da mineração é distribuído igualmente entre todos os usuários que participam do processo de mineração.
  • Depois de minerar o equivalente a pelo menos 10 USDT em BTC, clique no botão ‘Retirar’. Tudo o que você minerou será creditado em sua conta pela StormGain em 72 horas.
  • O pagamento pode ser limitado ou bloqueado com base no julgamento da empresa, que tem seu próprio mecanismo antifraude.
  • O lucro da mineração em nuvem será creditado em sua conta de trading USDT. Lembre-se de que isso só pode ser usado para operar na StormGain.
  • No entanto, qualquer lucro que você fizer com esses tradings na StormGain será seu para sacar ou trocar como desejar.
  • Porém, o melhor de tudo é: para minerar Bitcoin na nuvem na StormGain, você não paga nada. Portanto, acesse este link e saiba mais sobre mineração de Bitcoin na nuvem na StormGain.

Prós da StormGain

  • Um serviço confiável para mineração em nuvem
  • Usa equipamentos confiáveis
  • Possui mecanismo anti-fraude
  • Oferece bom atendimento ao cliente
  • Pagamentos estáveis
  • Oferece 25 USDT no primeiro depósito

Contras da StormGain

  • É uma mineradora de Bitcoin. Ou seja, só o Bitcoin pode ser minerado
  • É difícil calcular o valor que você recebe ao sacar

Portanto, não perca tempo, acesse este link para minerar Bitcoin na StormGain.

2. Genesis

  • A Genesis oferece o serviço de mineração na nuvem, e é uma das primeiras na nossa lista. Existem apenas algumas outras empresas que são tão confiáveis como ela.
  • Ela é o exemplo de uma empresa mineradora Bitcoin que legitimamente oferece excelentes produtos para seus investidores. Ela vem atuando desde que toda essa história de mineração começou, sendo uma das primeiras empresas a prover a alternativa do Cloud Mining. Isso aconteceu lá em 2013, o que faz dela um dos sites de mineração de criptomoedas mais antigos do mercado.
  • Desde então, a Genesis vem liderando o mercado, e em termos de criptos, ela oferece algumas opções: Bitcoin, Ethereum, Zcash, Monero, Litecoin, Dash. Muitas delas são moedas de privacidade, pois são muito populares para fazer pagamentos. O Bitcoin está lá, assim como seu fork mais antigo, o Litecoin. E, claro, o Ethereum ainda é uma opção, pois ainda não foi alterado para o PoS.
  • Além disso, a Genesis Mining também oferece vários contratos que você pode adquirir.

Prós da Genesis

  • Serviço confiável
  • Excelente equipamento
  • Bom serviço de atendimento ao cliente
  • Pagamento estável

Contras da Genesis

  • Não possui uma exchange acoplada

3. Nicehash

  • Na Nicehash, você é que escolhe os termos do contrato. Isso pode envolver o tempo, quantia investida e muitos outros detalhes que podem fazer uma grande diferença para você. No entanto, é a Nicehash que decide se vai ou não aceitar o seu contrato.
  • De forma geral, tudo funciona através do Bitcoin aqui. Você vai fazer uso do BTC para investir e também vai receber BTC na hora do retorno. Não importa como você escolha, você sempre vai receber em Bitcoin.
  • O lado legal é a Nicehash tem servidores localizados ao redor do mundo inteiro. EUA, China, Japão, Índia e até mesmo aqui no Brasil, o que pode tornar as coisas bem mais atrativas para investidores brasileiros.

Prós da Nicehash

  • Simples de usar
  • Paga em BTC
  • Softwares excelentes
  • Pode pagar mais do que o esperado

Contras da Nicehash

  • Taxas são mais altas do que outras empresas
  • Paga de forma lenta
  • Não é muito amigável com investidores pequenos
Quer minerar criptomoedas na nuvem? Abra uma conta na StormGain.
Clique aqui e acesse a StormGain agora!

4. HashFlare

  • Este serviço de mineração de Bitcoin estoniano é bem popular. Ele não opera de forma diferente dos outros, mas entretanto a principal diferença é que eles mesmo desenvolveram o hardware que eles usam.
  • A HashFlare oferece uma boa diversidade de moedas, como Bitcoin, Litecoin. Ethereum, Zcash e a DASH. Entretanto, ela sempre paga seus investidores na criptomoeda em que eles escolheram minerar. Se você optar por Ethereum, vai receber em Ethereum, por exemplo. A única exceção é o LTC, que é pago sempre em Bitcoins.
  • Se você prefere Ethereum, é importante que saiba que os contratos para essa moeda são bem limitados.
  • A HashFlare é um bom site de mineração de criptomoedas, mas ela já enfrentou alguns problemas que acabaram queimando ela no mercado.
  • Os problemas que a mineradora Bitcoin enfrentou giravam em torno da introdução de procedimentos KYC e AML. 
  • O que acabou levando ao fechamento da mineração de Bitcoin e até mesmo começou a cancelar contratos sem qualquer motivo em um ponto. Portanto, aqueles que optam por dar uma chance devem ser muito cautelosos.

Quanto ao preço, é bastante simples – você escolhe quantos MH / s deseja comprar e o preço depende disso.

Existem diferentes preços por moeda que você opta por minerar, então você pagará:

  • US $ 1,80 por 1 MH / s para Litecoin
  • 0,60 dólar por 10 GH / s para Bitcoin
  • US $ 1,40 por 100 KH / s para Ethereum
  • 1,40 dólar por 1 H / s para Zcash
  • $ 3,20 por 1 MH / s para DASH

Prós da HashFlare

  • Bem equipada e com um excelente data center
  • Pagamentos estáveis
  • Bom suporte ao cliente

Contras da HashFlare

  • Passado complicado
  • Já cancelou contratos sem aviso

5. Hashnest

  • Essa é uma excelente escolha para quem quer minerar Bitcoin na nuvem. A Hashnet tem como apoiador a desenvolvedora de hardwares Bitmain. Essa empresa atua na China principalmente, mas tem escritórios ao redor do mundo inteiro.
  • Ela vem atuando desde 2014, e já teve tempo o suficiente para provar que é extremamente confiável de diversas formas. Claro, algumas pessoas já tiveram problemas com ela, o que é de se esperar.
  • Entretanto, a grande maioria das reviews são positivas, o que torna a Hashnet uma mineradora de Bitcoin bem confiável aos olhos dos investidores. Segundo a empresa, eles são donos da maior mineradora de Bitcoins do mundo inteiro.
  • Todo o processo de mineração de Bitcoin por aqui é bem simples. Tudo que você precisa fazer é baixar o aplicativo e usá-lo sempre que quiser. O registro também é simples, e eles ainda te dão um carteira digital onde você pode fazer os depósitos dos seus BTCS.

Você quer saber mais sobre carteiras de Bitcoin? Clique neste link e confira o nosso artigo com as melhores opções do mercado

Prós da Hashnest

  • Sem taxas de saque
  • Mercado aberto
  • Grande tempo de mercado

Contras da Hashnest

  • Dificil de se usar
  • Aplicativo e site extremamente lentos

6. Eobot

  • Perto do fim da lista, temos o Eobot, que é mais uma plataforma de mineração em nuvem com uma longa história. Eobot existe desde 2013, o que o torna um dos serviços de mineração em nuvem (cloud mining) mais antigos, e o coloca no mesmo nível da Genesis. O Eobot é um serviço com sede na Califórnia, cujos proprietários decidiram permanecer anônimos.
  • Depois de concluir o registro o serviço é realmente muito bom. Além disso, o Eobot ativa 2FA e alertas de logins de navegadores desconhecidos por padrão, então a segurança é excelente.
  • No entanto, quando se trata de seus contratos de mineração, você realmente não tem uma grande seleção. Você pode comprar um por 24 horas ou 10 anos. Mas, o site em si é bastante limpo e fácil de navegar, com tudo devidamente organizado e apresentável.
  • Além disso, essa mineradora de Bitcoin apresenta um estimador de taxas, que permite calcular quanto você pode ganhar a julgar pela quantidade de hashpower que você comprou. No entanto, o Eobot avisa que leva até 52 meses para atingir o equilíbrio. Em outras palavras, o Eobot é um serviço para quem pode investir muito de uma vez e ter paciência por muitos anos.
  • Quanto às criptomoedas disponíveis, existem muitos delas, incluindo Bitcoin, Ethereum, XRP, Bitcoin Cash, Litecoin, EOS, USDC, TRON, DASH, Dogecoin, Cardano, CureCoin, Monero, NEM, Zcash, Bytecoin, Tezos, Stellar, Lisk , STEEM, Grin e Ethereum Classic.

Prós do Eobot

  • Suporte para iOS e Android
  • Pagamentos imediatos
  • Tem projetos laterais bem interessantes

Contras do Eobot

  • Taxas altas para manutenção
  • Website extremamente básico
  • Sem um CEO conhecido

7. Hashing24

  • Este serviço opera ao redor do mundo inteiro, e já tem certa história no mercado. Entretanto, essa é uma escolha ruim para quem quer minerar outras moedas que não o Bitcoin.
  • Atualmente, apenas o Bitcoin tem suporte, e a Hashing24 oferece contratos extremamente longos nos quais você precisa pagar apenas uma vez. Portanto, se você quer ganhar Bitcoin pro resto da vida, talvez esse seja o serviço que você está procurando.
  • O problema é que ele é bem caro, disso ninguém tem dúvida. Entretanto, é uma empresa bem competente e confiável, com um bom serviço de atendimento ao cliente. Além disso, o aplicativo também é bem fácil de navegar e a interface é amigável.

Prós da Hashing24

  • Simples de se usar
  • Contratos longos
  • Pode funcionar como uma carteira de BTC
  • Saques rápidos

Contras da Hashing24

  • Sem contratos pequenos
  • Tem apenas um algorítimo

8. CCG Mining

  • Temos também a CCG Mining, uma empresa de mineração em nuvem (cloud mining) que foi lançada em 2016. A empresa surgiu assim que a “criptomania” cresceu e passou a oferecer soluções mais abrangentes.
  • Essa empresa de mineração na nuvem tem sede na Europa e está espalhada em cinco países diferentes – Rússia, Áustria, Polônia, Letônia e Reino Unido. Em 2020, já conta com 850 clientes empresariais, bem como 45.000 clientes privados.
  • O objetivo da empresa é oferecer serviços profissionais e satisfazer seus clientes, bem como criar o maior poder de hashing de computação da Europa. Para garantir isso, a CCG Mining facilita a utilização do serviço pelos clientes e mantém uma equipe qualificada e competente em suas mineradoras.
  • A empresa também criou vários produtos inovadores B2B (business-to-business) e B2C (business-to-consumer), que giram em torno da simplificação do processo de mineração para os clientes.
  • Oferece serviços também para várias criptomoedas, incluindo: Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC), Monero (XMR) e Zcash (ZEC).

Prós da CCG Mining

  • Excelentes plataformas de mineração
  • Bons sistemas de suporte
  • Excelente programa de fidelidade
  • Preços muito bons

Contras da CCG Mining

  • Fornecimento de informações inadequadas
  • A empresa depende muito da comunicação ao vivo para obter detalhes técnicos

9. Shamining

  • Shamining, é uma empresa de cloud mining com sede no Reino Unido. Ela oferece mineração em nuvem sob vários tipos de contratos.
  • Lançada em 2018, hoje pode ser considerada como uma das melhores e mais confiáveis plataformas de mineração em nuvem (especialmente para iniciantes).
  • Atualmente, a empresa oferece atendimento global ao cliente, compartilhando com sucesso sua capacidade hospedada em três Data Centers (na África do Sul, Inglaterra e Califórnia, EUA).
  • A Shamining oferece contratos para usuários com CPU, GPU e ASICS.
  • Você pode fazer a assinatura do seu contrato de mineração em nuvem por meio de transferência bancária, cartão de crédito ou Bitcoin.

Prós da Shamining

  • Suporta diversos métodos de pagamentos e depósitos (transferência, cartão de crédito e criptomoeda)
  • Acesso a estatística 24 horas
  • Interface amigável
  • Regulado e seguro (opera de acordo com FCA, CySEC e ASIC)
  • Possui diversos contratos

Contras da Shamining

  • Só suporta a mineração de Bitcoin
  • KYC (conheça o seu cliente) burocrático

Evitando os golpes de mineração na nuvem

A razão de haver tantos golpes de mineração em nuvem é porque é muito fácil para qualquer pessoa no mundo criar um site e fingir ser uma empresa de mineração. Uma vez criado o site, pode-se afirmar qualquer coisa sobre essa suposta empresa. Infelizmente informações são fáceis de serem forjadas.

Essa suposta empresa pode afirmar que possui uma grande instalação de mineração de criptomoedas. Além de, pelo menos momentaneamente, agir de forma legítima. Ou seja, enviando pagamentos iniciais a seus clientes. Mas depois disso, ela pode apenas manter os pagamentos já recebidos pelo poder hash e não fazer mais pagamentos.

Duas das empresas de mineração em nuvem mais famosas já foram expostas como golpes: HashOcean e Bitcoin Cloud Services.

Portanto, se você acredita que encontrou uma empresa de mineração na nuvem legítima, pode realmente ter certeza, colocando-a à prova. Existem alguns sinais, ou bandeiras vermelhas, que poderão te dizer se você está prestes a cair em um golpe ou não.

Logo, se alguma “bandeira vermelha” estiver presente, recomendamos proceder com cautela. Veja abaixo alguns sinais.

Você pode direcionar o poder de hash para qualquer pool?

Se você comprou opções para ter o direito a alguma quantidade de poder de hashing, não há razão para que você não possa direcionar essa poder de hashing para qualquer pool que desejar.

Se isso não for uma opção, é muito provável que o poder de hashing não exista.

O site de mineração tem um programa de afiliados?

As operações de mineração na nuvem que oferecem bônus de afiliados são muito suspeitas, especialmente quando oferecem números de até 10%. A mineração de Bitcoin é muito competitiva e tem margens incrivelmente estreitas. Não haveria maneira de minerar Bitcoin na nuvem lucrativamente se eles estivessem pagando não só você, mas também a pessoa que o indicou.

Cuidado com os proprietários

Se não há como saber a identidade do dono da mineradora de Bitcoin na nuvem, não há como responsabilizá-los se sumirem com o dinheiro. Isso também torna mais difícil pegar a pessoa que roubou seu dinheiro.

Portanto, se uma pessoa influente ou famosa, como o Jorge Paulo Lemann, fosse um investidor / fundador de uma operação de mineração em nuvem (e se ele falasse sobre isso, de uma forma verificável), isso diria muito sobre a legitimidade da operação. Já que por ele ser muito rico e bem-sucedido, ele teria muito a perder enganando alguns milhares de pessoas com alguns bitcoins.

Só porque uma mineradora Bitcoin na nuvem apresenta uma pessoa famosa como investidor ou consultor, não significa que essa pessoa esteja realmente investindo ou aconselhando.

Qualquer pessoa pode colocar uma foto de Elon Musk ou Lemann em seu site. A prova real é se o próprio Jorge Paulo Lemann disser em um noticiário que ele é o fundador.

Você pode vender suas ações?

Os investimentos nunca devem ser uma transação unilateral. Se você puder dar dinheiro facilmente à mineradora de Bitcoin na nuvem, mas não houver uma maneira óbvia de vender sua posição e recuperá-la, então essa é uma boa indicação de que você nunca receberá seu dinheiro de volta.

Lucro garantido na mineração na nuvem?

Qualquer investimento que garanta lucros é uma farsa. Se a mineradora na nuvem até agora cumpriu sua promessa de entregar suas garantias, é porque está usando fundos de novos investidores para pagar os antigos e parecer solvente. Os esquemas Ponzi funcionam dessa maneira.

O outro ponto a considerar é: se uma mineradora pudesse garantir lucros, por que venderia esse direito para você? Por que eles não pegariam os lucros garantidos para si próprios?

Quais métodos de pagamento as empresas de mineração na nuvem aceitam?

A maioria das empresas de mineração em nuvem aceita Bitcoin, PayPal e cartões de crédito. Se uma empresa de mineração em nuvem aceita somente Bitcoins, há uma boa chance de que seja uma farsa.

Isso ocorre porque os pagamentos de Bitcoin não podem ser revertidos. Depois que a empresa fraudulenta recebe seu pagamento em Bitcoin, você não tem como recuperar suas moedas.

Existem free trial ou testes gratuitos de mineração na nuvem?

Nenhuma empresa ofereceria mineração na nuvem gratuita. Já que isso é basicamente dar dinheiro de graça.

Qualquer empresa que ofereça avaliações gratuitas, especialmente se exigirem informações de pagamento, é provavelmente uma fraude.

Conclusão

Bom, você já deve ter entendido bem como as coisas funcionam de verdade no universo da mineração na nuvem. Mas vamos lembrar sempre, tudo é sua responsabilidade, desde a escolha até a forma como você protege o seu capital e suas informações.

Escolha sempre empresas que são realmente confiáveis, e pesquise a fundo sobre elas. Nada é 100% a prova de falhas, mas você pode sempre optar por uma escolha que é mais segura do que as outras.

Lembramos a você que todas essa informações estão aqui a título de conhecimento, e nada mais. Qualquer escolha feita por você é de sua responsabilidade! Nós te encorajamos sempre a fazer sua própria pesquisa e entender as melhores formas de se proteger online.

Crie sua conta na StormGain e aproveite o bônus de 25 USDT para novos usuários.
Clique aqui e acesse a StormGain agora!

Se você quiser saber mais sobre mineração de criptomoedas na nuvem, confira os nossos artigos educacionais. Afinal, aqui você pode encontrar todas as informações de que precisa para começar!

Além disso, junte-se à nossa comunidade do Telegram para conversar com usuários reais sobre mineração na nuvem.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade. Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores. Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora