As perdas da Coinbase podem significar novos ganhos para a comunidade cripto

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A comunidade cripto adotou uma abordagem de que a "maré alta eleva todos os barcos" após a situação com a Coinbase.

  • Os líderes de mercado estão se preparando para colocar os ex-funcionários da Coinbase em novas posições.

  • Tyrone Ross, da Onramp Invest, disse ao BeInCrypto que está procurando contratar um CTO e gerente de produto.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

 



O êxodo começou na Coinbase, com dezenas de funcionários aceitando o CEO Brian Armstrong em sua oferta de um pacote de indenização. E embora separar nunca seja fácil, o pool de talentos foi recebido de braços abertos pela comunidade de criptomoedas.

Tyrone Ross está por trás da plataforma de investimento digital Onramp Invest . Depois de ouvir sobre Clem Freeman, um engenheiro de software da Coinbase cujo último dia de trabalho foi no dia 9 de outubro, ele viu uma oportunidade. Ross entrou em contato com Freeman no Twitter, oferecendo uma entrevista com a startup. Enquanto Freeman ainda não respondeu a Ross, Onramp está contratando para alguns cargos e os ex-integrantes da Coinbase parecem estar no topo de sua lista. Ross disse ao BeinCrypto,



“Atualmente estou construindo @Onrampinvest, que será uma plataforma para consultores para integrar clientes em bitcoin. Eu adoraria contratar um candidato de nível CTO da Coinbase e talvez um gerente de produto.”

Fonte: Twitter

A polêmica da Coinbase

O chefe da Coinbase, Brian Armstrong, abriu uma caixa de Pandora quando em setembro anunciou que a exchange de criptomoedas é uma “empresa voltada para a missão” e, portanto, qualquer discussão sobre política era mal vista. De acordo com relatos , a decisão foi motivada por uma saída de funcionário que foi uma resposta à postura da empresa sobre o movimento Black Lives Matter.

As reações à declaração de missão da Coinbase foram uma mistura de aplausos e críticas, e Armstrong seguiu oferecendo a todos os funcionários que quisessem se separar um “generoso pacote de despedida” como bis. Até agora, 60 funcionários ou 5 % da força de trabalho da empresa aceitou a oferta de Armstrong.

Ross compartilhou seus pensamentos sobre a situação, dizendo:

“Acho que o BA tem o direito de liderar a CB nessa direção, se assim o desejar, e acho que os funcionários deveriam ter o direito de optar e sair como muitos estão fazendo. Eu não posso (como um homem negro) e não vou liderar dessa forma, mas essa é a beleza da liderança e da América. Podemos fazer como quisermos! “

Novos protocolos a caminho?

As saídas da Coinbase também podem ter pavimentado o caminho para novos protocolos entrarem no ecossistema de criptomoedas. Tony Sheng, cofundador da Cozy Finance, que desenvolve software de gerenciamento de risco para DeFi, também deixou uma mensagem para ex-funcionários da Coinbase. Ele prevê que o generoso pacote de indenizações de Armstrong irá alimentar a criação de múltiplos protocolos “importantes” que ele sugere que “poderiam não ter existido de outra forma”. Ele agradeceu à Coinbase pela oportunidade fortuita, convidando os ex-integrates da Coinbase a contatá-lo para conversar sobre novas ideias e projetos.

Fonte: Twitter

O espaço das criptomoedas demonstrou certa resiliência durante a pandemia. Não é incomum ouvir falar de empresas e projetos que estão contratando enquanto grande parte da economia global ainda está sofrendo com o desemprego em massa. Com base na resposta até agora, os ex-funcionários da Coinbase não devem ter problemas para encontrar um lugar para voltar ao trabalho.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Gerelyn soube do Bitcoin em meados de 2017 e, depois de se apaixonar pela natureza ponto a ponto da cripto, nunca mais olhou para trás. Ela tem coberto o espaço desde então. Anteriormente, ela escreveu sobre serviços financeiros tradicionais, Wall Street e investimentos institucionais durante grande parte de sua carreira. Gerelyn mora em Verona, N.J., apenas um pulo, pulo e um salto da cidade de Nova York.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá