• Investidores acessam novo site de forma antecipada e revelam detalhes de projeto da empresa.

Investir em Bitcoin não deveria ser sinônimo de “perder dinheiro”. Pelo contrário, somente em 2020 a criptomoeda teve uma valorização de 50%, até então. Porém, para os investidores do Atlas Quantum esse lucro não pode ser comemorado.

São milhares de pessoas que esperam para sacar suas economias na plataforma que opera com a arbitragem em Bitcoin no Brasil. Com saques em atraso há meio ano, essa empresa inovou e decidiu criar novas criptomoedas.

Os clientes seguem sem maiores informações sobre como funcionará a plataforma do Atlas Quantum. A empresa prepara o lançamento do negócio onde alguns usuários já conseguiram acesso.

O site não está pronto, mas é possível observar que o Bitcoin foi abandonado. No lugar da criptomoeda aparecem outros projetos que parecem existir apenas no “Novo Quantum”.

Atlas Quantum abandona Bitcoin

São meses de espera pelos clientes que ainda aguardam por respostas sobre os saques pendentes de criptomoedas. Acontece que a plataforma retém o dinheiro dos investidores desde que recebeu um comunicado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Desde que essa comunicação aconteceu os clientes não conseguem mais concluir saques de Bitcoin. Ou seja, o dinheiro está completamente preso e não há previsão para a reversão desta situação.

Mesmo sem pagar esses saques, o Atlas Quantum decidiu lançar um novo site. Na plataforma, os clientes deveriam ter acesso aos seus bitcoins novamente. No entanto, o que aparece são outras criptomoedas, que não existem em nenhum outro lugar.

Novas criptomoedas são criadas

Sem pagamento de Bitcoin a vista, o Atlas Quantum apresenta novas quatro criptomoedas no mercado. Ou seja, são projetos criados pela própria empresa.

Essas criptomoedas existem, inclusive, somente no “Novo Quantum”. Uma delas é o Bitcoin, no entanto, com a sigla XBT, algo bem diferente do que os clientes estão acostumados, que é (BTC).

A estranheza não é limitada somente a esse esquema. Outras criptomoedas que aparecem na nova plataforma são o Real Quantum (BRQ), o Bitcoin Quantum (BTQ) e o Dólar Quantum (USQ).

Tudo indica que Rodrigo Marques dos Santos, CEO e criador do Atlas Quantum, aposta em duas stablecoins e dois “tipos de bitcoin”. Embora não sejam um hard fork da verdadeira criptomoeda, o negócio leva o nome dela, mas com uma sigla diferente.

Por outro lado, as stablecoins devem servir para representar moedas fiduciárias, como o real brasileiro e o dólar norte-americano.

Site em manutenção eterna

No dia 20 de janeiro de 2019 a “Parada Programada” do Atlas Quantum teve início. O que era para durar apenas alguns dias está prestes a completar um mês.

Os clientes não sabem quais serão os próximos passos da empresa, que ainda não lançou oficialmente seu novo site. Em uma publicação nesta quinta-feira (13), o negócio de arbitragem em Bitcoin explica que a plataforma ainda está sem acesso.

A manutenção do esquema foi adiada por inúmeras vezes e parece não ter data para voltar. O acesso antecipado de alguns usuários mostra o que o Atlas Quantum está preparando uma surpresa nada agradável para os seus clientes.

Deságio e preço fora da realidade

Nos últimos seis meses o Atlas Quantum apresentou poucas tentativas no que diz respeito a retomar os saques de Bitcoin em atraso.

Uma dessas tentativas foi a “Recompra Bitcoin”. Somente na plataforma, a criptomoeda era oferecida por um preço absurdo.

A título de comparação, por exemplo, atualmente o Bitcoin está sendo cotado em cerca de R$ 44 mil. No Atlas Quantum, onde a criptomoeda não pode ser sacada, esse preço é de por volta de R$ 1,5 mil.

O deságio atinge mais de 90% do preço real do Bitcoin, e mesmo assim os investidores não conseguem sacar nenhum saldo.

Um desses usuários publicou nas redes sociais sobre a novidade vazada do Atlas Quantum. Ele faz uma brincadeira com o lançamento, comparando com o deságio do Bitcoin que existe atualmente só na plataforma.

Para ele, a criptomoeda USD Quantum (USQ) valerá apenas US$ 0,50. Ele brinca ao comparar o deságio da Recompra no Atlas Quantum com a stablecoin também com “desconto”, já que ela que deveria ter seu preço pareado a 1:1 com o dólar norte-americano.

Sem o lançamento oficial, os investidores esperam para ver o saldo de Bitcoin de volta, mesmo sem poder sacá-lo. Muitos ainda temem que esse dinheiro seja trocado por essas novas criptomoedas.

Faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter. Assim ficará por dentro das últimas notícias sobre criptomoedas e blockchain acontecendo no Brasil e no mundo.

Paulo José

Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos mais tarde. Já trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas, sendo que atualmente é um dos colaboradores do BeInCrypto.

Seguir o Autor

Quer saber mais?

Entre para o nosso Canal do Telegram e receba sinais de trade, um curso gratuito de trade e comunicação diária com entusiastas de cripto!

Esse site usa cookies.
Clique aqui para aceitar o uso desses cookies. Veja nossa Política de Cookies

We are discussing it in our Telegram Channel

Join

We are discussing it in our Telegram Channel

Join