Baidu Lança Primeira Rede Beta de Blockchain Entre Gigantes Chineses da Tecnologia

Compartilhar Artigo

Todas as principais empresas de tecnologia da China estão trabalhando ativamente na tecnologia blockchain. No entanto, o Baidu acabou de se tornar o primeiro entre eles a emitir uma versão beta pública.



O progresso da China na tecnologia blockchain está acelerando quando o Baidu anunciou que lançou sua rede pública de blockchain beta. A gigante multinacional de tecnologia apresentou seus serviços para empresas, chamados de ‘Xuperchain’.  Seu objetivo é permitir que empresas de pequeno a médio porte emitam seus próprios dApps.



O sonho da Blockchain da China toma forma

O Xuperchain é apenas uma das centenas de projetos de blockchain atualmente em andamento na China. Isso ocorre apenas alguns meses depois que o presidente Xi anunciou que a China deve liderar o mundo no desenvolvimento de blockchain. A China, desde então, tem investido dinheiro nesses setores, com empresas de Internet e AI passando pelos maiores booms.

O Baidu está liderando através da Xuperchain, que permitirá que as empresas compartilhem informações confidenciais sem precisar confiar na outra parte. Também permitirá contratos inteligentes junto com transações. Os planos para o projeto blockchain do Baidu foram realmente revelados pela primeira vez em setembro de 2018  com um documento técnico que afirmava ser muito superior ao Bitcoin. Foi aberto em maio passado. O objetivo final é tornar o Xuperchain tão simples que as empresas não precisem de conhecimentos técnicos para usá-lo.

Embora o Baidu defenda que sua rede será totalmente transparente, é difícil acreditar que o governo chinês não queira sua própria porta dos fundos.

Um pouco centralizado

Muitos criticaram a entrada da China no blockchain por derrotar os objetivos descentralizados inerentes à tecnologia. No entanto, não se pode negar que o estado chinês deu um impulso ao blockchain, como nunca antes. Atualmente, existem 500 entidades registradas trabalhando em projetos relacionados a blockchain a partir de outubro, e esse número deverá continuar crescendo. Isso aconteceu às custas de criptomoedas no país, que a China continua proibindo. ‘Blockchain, não criptomoedas‘ parece ser seu princípio organizador.

No geral, os desenvolvimentos do Baidu provavelmente terão um impacto em todo o setor se o beta for um sucesso. Por enquanto, todo e qualquer investimento é bom para todo o setor de criptomoedas, no entanto, em breve haverá uma luta inevitável por trás de projetos reais de descentralização e blockchain liderados pelo estado. Por enquanto, ainda é muito cedo para dizer qual será o resultado.

Será que a China permitirá que suas empresas emitam serviços completamente transparentes? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá