“Baleia Bitcoin” Foi Quem Fez Preço Chegar em US$ 20 Mil, Segundo Pesquisadores

Compartilhar Artigo

Um único investidor pode ser o responsável por elevar o preço do Bitcoin em US$ 20 mil em 2017. Este seria o recorde de cotação alcançado pela criptomoeda no mercado, até então. O estudo mostra que uma “baleia Bitcoin” foi a causadora da elevação do preço da criptomoeda há dois anos atrás.



“Baleia Bitcoin” são investidores que possuem uma quantidade absurda de criptomoedas armazenadas. O número de Bitcoins guardados é tão grande que sua movimentação abala diretamente a oferta no mercado. Sendo assim, uma “baleia Bitcoin” pode desencadear uma manipulação no preço da criptomoeda.

Pesquisadores analisaram dados do Bitcoin de 2017

De acordo com John Griffin, uma “baleia bitcoin” é a responsável pelo recorde de preço de dois anos atrás. O professor da Universidade do Texas fez uma pesquisa sobre as movimentações do Bitcoin na Bitfinex. Além de Griffin, Amin Shams também participa do estudo relacionado a alta do Bitcoin. Shams faz parte da Universidade Estadual de Ohio.



A Bitfinex é apontada como sendo a criadora do Tether (USDT). Neste sentido, a stablecoin foi associada a manipulação da valorização do Bitcoin em 2017. Para analistas do mercado, a emissão de Tether (USDT) induziu o aumento do Bitcoin em quase US$ 20 mil.

Até 2018 o Tether (USDT) era apontado como o verdadeiro “vilão” neste caso. Porém, os pesquisadores contestaram essa informação. O estudo analisou transações envolvendo a criptomoeda em março de 2017, no qual a “baleia bitcoin” parece ter influenciado a cotação.

A pesquisa sugere que apenas um investidor está por trás do aumento do preço do Bitcoin. Ao contrário do que era esperado, não foram milhares de usuários os responsáveis pela suposta manipulação, e sim um único investidor.

A “baleia bitcoin” teria aproveitado de momentos de queda da criptomoeda para provocar um movimento contrário. Ou seja, o usuário enviava uma ordem com um valor acima do mercado para induzir outras operações naquele preço elevado.

Único investidor por trás do recorde de US$ 20 mil

Um único investidor pode ser o responsável pelo recorde vivenciado pelo Bitcoin em 2017. Naquele ano, a criptomoeda alcançou uma valorização que foi acumulada em mais de 1.300%. Com esse desempenho inquestionável, o Bitcoin foi assunto no mundo todo, que voltou sua atenção para a criação de Satoshi Nakamoto.

O recorde do preço do Bitcoin ainda não foi alcançado novamente pela criptomoeda, onde valores de quase US$ 20 mil não são registrados pelo mercado desde aquele ano.

Por outro lado, a Bitfinex e o Tether (USDT) são acusados de manipularem o preço do Bitcoin e contestam tal afirmação. As empresas alegam que os dados da pesquisa são insuficientes e que o conteúdo pode ser classificado como “falso”.

Você acha que o preço do Bitcoin foi manipulado em 2017? Comente sobre o estudo e não se esqueça de compartilhar a notícia no Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Lucas é formado em administração com foco em empresas. Iniciou sua carreira como analista de investimentos para bancos focados no segmento. Após adquirir experiência, em 2015 fundou sua própria startup, focada em gerar tecnologias de segurança para transações financeiras. Concomitantemente, desenvolve seu trabalho e conhecimento financeiro atuando no BeInCrypto, através de análises do setor financeiro de criptomoedas e novas avaliações de novas tecnologias Blockchain pelo mundo.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá