O Banco Popular da China (PBOC) revelou que um novo programa piloto regulatório será implementado em três províncias, buscando limitar o tamanho das transações em dinheiro não registradas permitidas no país. Isso ocorre quando o governo chinês está se preparando para lançar uma moeda nacional totalmente digital.

A história foi originalmente relatada pela Agência de Notícias Xinhua, mas se espalhou rapidamente pelo Twitter graças à personalidade proeminente de criptomoeda, Dovey Wan ( @DoveyWan ) :

Novos regulamentos do PBOC são implementados por dois anos

Parece que o programa de teste será lançado nas províncias de Hebei, Zhejiang e Shenzhen e durará dois anos. Durante esse período, haverá limites para quanto dinheiro pode ser depositado ou sacado sem que a transação seja “registrada”. Para contas comerciais, esse limite será de 500.000 RMB (cerca de US $ 71.000) e, para contas pessoais, aparentemente estará entre 100.000 a 300.000 RMB (US $ 15.000 – US $ 60.000).

Tudo isso ocorre após o recente anúncio de que o PBOC em breve estará emitindo uma moeda digital nacional , como o BeInCrypto havia relatado anteriormente. Diante disso, é perfeitamente possível que esse seja um passo inicial para remover todas as transações em dinheiro no futuro. Obviamente, o programa regulatório está realmente sendo vendido sob o pretexto de deter o crime:

A China não é a primeira a limitar o dinheiro

Esses regulamentos não são particularmente chocantes, uma vez que a China nem é a primeira nação a tomar essas medidas. Já países como a Austrália e a Argentina começaram a limitar ou regular as transações em dinheiro acima de um certo montante. Como ainda é apontado no que disse Wan no Twitter, a UE já impõe uma restrição aos movimentos de caixa acima de € 10.000.

Não é incomum que os defensores da privacidade lamentem movimentos como esses, pois costuma ser visto como um passo para longe da liberdade individual e para o controle total do governo. Apesar disso, o PBOC prometeu que sua próxima moeda digital permitirá um grau de anonimato , embora isso tenha sido pouco creditado.

Por fim, o tempo dirá como as restrições em dinheiro afetarão os cidadãos chineses, sem mencionar o que acontecerá após os próximos dois anos. Se não houver problemas, é plausível que o programa continue a se expandir e outras nações possam tentar adotar políticas semelhantes. Se as criptomoedas não regulamentadas prosperarão em um ambiente mais rigoroso ou serão eliminadas por ela, também resta saber.

Você acredita que a chegada da moeda digital chinesa trará mais liberdade ou maior controle ao povo chinês? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!


Imagens cortesia do Twitter, Shutterstock.


Caio Nascimento

Caio é um grande entusiasta de criptomoedas e day trader em tempo integral. A paixão pelo mercado financeiro e pela escrita permitiu que começasse a fazer parte do projeto BeInCrypto em ser o principal portal de notícias de criptomoedas e blockchain.

Seguir o Autor

Quer saber mais?

Entre para o nosso Canal do Telegram e receba sinais de trade, um curso gratuito de trade e comunicação diária com entusiastas de cripto!

Esse site usa cookies.
Clique aqui para aceitar o uso desses cookies. Veja nossa Política de Cookies

We are discussing it in our Telegram Channel

Join

We are discussing it in our Telegram Channel

Join