Binance restringe serviços em Cingapura por compliance

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Binance restringiu alguns de seus serviços para clientes em Cingapura para cumprir as regulamentações locais.

  • Esses serviços incluem depósitos fiduciários e negociação à vista de criptomoedas.

  • As restrições foram impostas por compliance.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Binance, maior exchange de criptomoedas do mundo em volume, está restringindo alguns de seus serviços para clientes de Cingapura, visando cumprir os regulamentos locais.

Patrocinados



Patrocinados

A partir de segunda-feira (26), os usuários da Binance em Cingapura não poderão mais acessar certas funções da exchange. Esses serviços incluem depósitos fiduciários, negociação à vista de criptomoedas e a compra de criptomoedas por meio de canais fiduciários e swap líquido. Para evitar disputas, a exchange advertiu seus usuários a fechar negócios, retirar ativos fiduciários e resgatar tokens até a data limite.

Governo de Cingapura emite avisos

De acordo com o comunicado da Binance, as restrições foram impostas por questões de compliance. A exchange já havia dito que restringiria suas ofertas em Cingapura depois que o banco central do país alertou que ela poderia estar violando as regras locais de pagamento. No início de setembro, o órgão regulador local MAS alertou a empresa, sugerindo que ela parasse de fornecer serviços de pagamento aos residentes locais.

Patrocinados



Patrocinados

De acordo com o MAS, a “Binance pode violar a Lei de Serviços de Pagamentos por fornecer serviços de pagamento e solicitar negócios de residentes de Cingapura sem uma licença apropriada”.

Quase imediatamente após o aviso, a Binance parou de oferecer pares de negociação e opções de pagamento na moeda local. Ela também removeu seu app das lojas de aplicativos do Google Play e iOS do país. A Binance P2P removeu pares de negociação SGD em Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e sua própria criptomoeda nativa, Binance Coin (BNB) no dia 10 de setembro.

A exchange também aconselhou todos os usuários P2P a concluir todas as negociações relacionadas e remover seus anúncios relacionados a negociações até o dia 9 de setembro para evitar potenciais disputas comerciais.

Enquanto isso, a Binance também opera uma plataforma local separada que solicitou uma licença ao MAS. De acordo com o regulador, esses candidatos estão autorizados a operar em Cingapura enquanto a MAS processa suas solicitações. A Autoridade de Conduta Financeira (FCA) no Reino Unido opera um regime semelhante para empresas de criptomoedas que se candidataram a ela.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Nick é professor de habilidades de comunicação oral e especialista em ciência de dados em Budapeste, Hungria, com mestrado em Business Analytics. Ele entrou relativamente tarde no campo da tecnologia de criptomoedas e blockchain, mas está intrigado com seu potencial de uso econômico e político. Ele pode ser descrito como um cético otimista de centro-esquerda.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora