Binance lança novo tipo de opções para apostar em qualquer preço do Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Traders pela primeira poderão emitir seus próprios contratos.

  • Até então só era possível aderir a contratos da Binance.

  • Contratos de Bitcoin poderão ter qualquer tamanho, desde que emissor tenha garantias suficientes.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Lançamento da Binance permite criar contratos de Bitcoin com tamanho ilimitado emitido pelo próprio trader.



A exchange Binance anunciou nesta segunda-feira (28) uma nova modalidade de opções de Bitcoin. Os novos contratos “Estilo Europeu” podem ser emitidos pelos próprios usuários e negociados no mercado por outras criptomoedas.

É a primeira vez que a corretora permite que traders emitam seus próprios contratos na plataforma. Com a novidade, portanto, será possível criar contratos de Bitcoin a qualquer preço em uma data de vencimento pré-fixada e negociar com outras pessoas. No fim do prazo, o contrato é liquidado em Tether (USDT).



Ao Decrypt, a Binance explicou afirma que esses contratos são úteis como proteção contra a volatilidade do Bitcoin. Isso porque, segundo a exchange, os investidores podem vender os contratos a um preço especificado dentro de um prazo acordado.

Ao contrário do contrato de opções emitido pela Binance, a nova modalidade não impõe limite de tamanho, desde que o emissor tenha garantias suficientes. Para emitir um contrato, o usuário deve oferecer um valor equivalente em USDT. Assim como na alavancagem do mercado de futuros, é preciso ter os ativos na carteira de opções para o caso de risco de liquidação.

Se o preço do Bitcoin ultrapassar o valor previsto em um contrato de compra (call) na data de vencimento, dessa forma, os valores disponíveis na carteira são liquidados. O risco é grande, mas se o inverso acontece, o emissor obtém um lucro igualmente vantajoso.

Lançamento da Binance mira em investidores institucionais

O novo tipo de contrato de opções de Bitcoin é voltado para investidores institucionais. O produto, dessa maneira, busca atrair para a Binance uma parcela dos investidores que, segundo analistas, são responsáveis pelo rali do Bitcoin em 2020.

O Bitcoin rompeu a marca histórica de US$ 20.000 em dezembro, bateu US$ 24.500 no dia do Natal e alcançou US$ 28.700 no último domingo (28). Os números, dessa forma, fizeram o BTC ultrapassar o valor de mercado de US$ 500 bilhões, à frente de todas as empresas de finanças do mundo. A criptomoeda está agora à frente do valor de mercado da Visa (US$ 460 bilhões), JPMorgan Chase (US$ 380 bilhões), MasterCard (US$ 335 bilhões) e PayPal (US$ 259 bilhões).

Além disso, o lançamento da Binance deve contribuir para aumentar o tamanho do mercado de opções de Bitcoin. O ano que passou viu um crescimento importante do derivativo, que ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão pela primeira vez, segundo a firma de análise Skew.

O mercado deve aumentar exponencialmente em 2021, com projeção de US$ 10 bilhões. A exchange líder do segmento, por enquanto, continua sendo a Deribit, que recentemente anunciou novos contratos de Bitcoin com preço de referência de US$ 100.000, US$ 120.000 e US$ 140.000.

Os contratos de opções de Bitcoin cresceram rapidamente este ano com o total de contratos em aberto pronto para ultrapassar US$ 10 bilhões em 2021.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá