Binance Smart Chain alega que hacks são ‘organizados e direcionados’

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Binance Smart Chain tem chamdo os ataques DeFi em seus projetos de 'bem organizados'.

  • O CEO da exchange aconselhou que sejam feitas auditorias, verificações de código e contingências.

  • A Belt Finance sofreu um ataque de US$ 6,2 milhões.

  • promo

    Lançamento de BIT: Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A comunidade da Binance Smart Chain (BSC) está pedindo providências contra os crescentes números de hacks e ataques aos protocolos da rede.

Patrocinados



Patrocinados

A Binance Smart Chain se tornou o epicentro de crimes relacionados a DeFi recentemente, com protocolo após protocolo sendo vítima de hackers que exploram falhas de sistema e bugs de código usando empréstimos instantâneos.

A comunidade BSC sugeriu que esses ataques sejam organizados e conectados. Em um tuíte feito nesta segunda-feira (31), ela pediu aos projetos em execução na rede que ficassem mais vigilantes e aplicassem as medidas de controle de risco necessárias.

Patrocinados



Patrocinados

“Houve mais de oito hacks de empréstimo instantâneo recentemente, e nós acreditamos que hackers bem organizados estão visando a BSC agora. É um momento muito desafiador para a comunidade BSC. Estamos pedindo providências a todos os dApps. ”

Não seria surpreendente se esses ataques fossem coordenados. Muitos dos protocolos em execução na BSC são clones de outros, o que significa que as falhas de design e código seriam replicadas por meio deles.

Maior verificação de código na BSC

A BSC sugeriu que os projetos trabalhassem com suas empresas de auditoria para fazer outra verificação de rede. Ela também disse que, se forem projetos originados de fork, deveriam verificar duas ou três vezes as alterações da versão original.

Também foi recomendado fazer um plano de contingência para os piores cenários e definir um programa de recompensas. Vários protocolos DeFi criaram planos de compensação para seus usuários após um ataque. Alocar uma parte de seus tokens para esses fins seria uma boa ideia nas circunstâncias atuais.

Neste ano, a lista cada vez maior de ataques na BSC inclui a PancakeBunny, Cream Finance, bEarn, Bogged Finance, Uranium Finance, Meerkat Finance, SafeMoon, Spartan Protocol e BurgerSwap.

A Binance agora recorreu à CipherTrace, empresa de inteligência de blockchain, para obter suporte analítico a fim de mitigar novas incursões.

Belt Finance sofre ataque de US$ 6 milhões

O protocolo BSC DeFi mais recente a ser atacado foi a Belt Finance, que perdeu US$ 6,3 milhões em um exploit de empréstimo instantâneo no último fim de semana.

No sábado (29), um invasor criou um contrato inteligente que usou a PancakeSwap para empréstimos flash e explorou a pool da beltBUSD e seus protocolos de estratégia subjacentes. O criminoso executou oito transações em várias estratégias para obter um lucro total de 6,2 milhões em BUSD de acordo com um post em blog sobre o incidente.

Seu token nativo, BELT, desabou mais de 50% neste fim de semana, caindo para US$ 27,65 no fechamento deste artigo. Este provavelmente não será o último protocolo BSC a ser atacado dessa maneira.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Martin tem abordado os últimos desenvolvimentos em segurança cibernética e infotech por duas décadas. Ele tem experiência em trade e tem coberto ativamente a indústria de blockchain e criptomoedas desde 2017.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

A ICO da Bit2Me ACABA DE COMEÇAR! Compre o token B2M agora.

Comprar agora!

Lançamento de BIT. Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde

Entrar agora