Bitcoin bate recorde após Grayscale comprar mais 7300 BTC: “Estamos apenas começando”

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Grayscale controla os maiores fundos de criptomoedas do mundo.

  • Em uma semana, empresa comprou 7,3 mil BTC.

  • Aquisição foi logo antes de recorde histórico de preço.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Grayscale controla os maiores fundos de criptomoedas do mundo comprou 7,3 mil BTC em uma semana, logo antes de recorde histórico de preço.



A Grayscale, gestora dos maiores fundos de criptomoedas do mundo, comprou 7,3 mil BTC em apenas uma semana. A nova rodada de aquisição ocorreu dias antes de o preço do bitcoin atingir recorde de preço em dólares.

Nos últimos sete dias, a Grayscale comprou exatamente 7.351,238 BTC a preço “promocional”. Após o bitcoin atingir a máxima histórica na tarde desta segunda-feira, o valor se tornou, assim, o equivalente a cerca de US$ 145,5 milhões.



Urgente! Apenas na última semana, a Grayscale comprou 7.300 bitcoins.

Com a aquisição, o total de ativos geridos pela empresa já chega a US$ 10,8 bilhões. O número foi confirmado pela própria Grayscale na sexta-feira (27).

ATUALIZAÇÃO DE 27/11/20: Ativos líquidos sob gestão, participações por ação e preço de mercado por ação para nossos produtos de investimento. Total: US$ 10,8 bilhões.

A empresa não especifica as datas e preços utilizados na aquisição. Após bater recorde em diversas exchanges, a criptomoeda recuou novamente e é negociada por cerca de US$ 19.100, segundo dados do Coingecko.

Vale lembrar que grandes gestoras costumam utilizar algoritmos para decidir a melhor hora de comprar. Além disso, é provável que os bitcoins tenham sido adquiridos em várias transações distribuídas por mais de uma exchange.

“Estamos apenas começando”, diz diretor da Grayscale antes de recorde de preço

Analistas acreditam que o movimento do bitcoin está ligado à adoção da criptomoeda por parte de investidores profissionais. Grandes gestoras como Fidelity e BlackRock , por exemplo, já entraram de vez ou consideram entrar no mercado de criptomoedas. O mesmo acontece com alguns investidores de peso, como Paul Tudor Jones.

O diretor da Grayscale, Michael Sonnenshein, no entanto, considera que esse é apenas o começo da alta. Em entrevista ao canal de TV americano CNBC, Sonnenshein disse que o volume de entrada de novos investidores da empresa impressiona. Segundo ele, o perfil e o tamanho dos aportes indicam que esse seria apenas o começo.

É muito difícil prever para onde o preço do bitcoin está indo. Mas, se a entrada de investimento na Grayscale é algum indicativo, e os tipos de investidores que estão interessados nessa classe de ativos, ou os tamanhos dos aportes que estão sendo feitos, realmente acho que estamos apenas começando.

Bitcoin não é a única criptomoeda que atrai interesse

O bitcoin é a criptomoeda mais famosa e naturalmente chama atenção por repetir o recorde de dezembro de 2017. No entanto, o executivo da Grayscale explica que o BTC não o único ativo que vem atraindo interesse.

Sonnenshein pareceu animado sobre uma possível temporada de altcoins (altseason). Perguntado sobre o assunto, ele disse que, hoje, um terço dos investidores já não aposta apenas no bitcoin.

Nós estamos vendo entrada de investimentos em todos os 10 produtos da família Grayscale. Acredito que um terço de nossa base de investidores já possui mais de um produto da Grayscale, ou seja, mais de uma moeda digital. 

Além de bitcoin, a Grayscale oferece fundos de bitcoin cash (BCH), ethereum (ETH), ethereum classic (ETC), horizen (ZEN), litecoin (LTC), stellar lumens (XLM), XRP e zcash (ZEC). No entanto, o executivo confessa que a busca por esses fundos alternativos, no entanto, só teria apresentado crescimento acelerado a partir deste ano. 

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá