Bitcoin (BTC) se segura em US$ 44.000, XDC e CHZ sobem e Safemoon cai 20%

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin é negociado perto de US$ 44.000 após recorde de três meses no domingo (8).

  • XDC, CHZ e ICP são as melhores altcoins do dia até agora.

  • Bitcoin pode recuar para faixa de US$ 41.000 antes de desafiar zona de US$ 50.000.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin (BTC) abre esta segunda-feira (9) com preço rondando a zona de US$ 44.000 após um fim de semana de alta.

Patrocinados



Patrocinados

No domingo (8), o BTC chegou a ultrapassar momentaneamente a barreira dos US$ 45.000, valor que não alcançava há três meses. O rali ocorre em meio à discussão sobre a possível taxação e regulação de criptomoedas nos EUA.

Nas últimas 24 horas, a criptomoeda chegou a recuar para US$ 43.000, mas voltou a subir e é negociado em alta no momento. No fechamento da matéria, o preço do Bitcoin é cotado a US$ 44.153.

Patrocinados



Patrocinados

Movimento de altcoins

As principais criptomoedas do mercado, como ETH, BNB, ADA e XRP operam todas no verde, com pequenas altas no dia. Já DOGE e SHIB, as que mais subiram ontem, são negociadas em queda entre 5% e 7%.

Por ora, o criptoativo que se dá melhor é a XDC Network (XDC), que salta 23% nas últimas 24 horas, para US$ 0,097287, segundo dados do Coingecko. Na sequência vem a Chiliz (CHZ), que avança 12%, para US$ 0,323845, na sequência de um rali do fan token PSG após rumores da ida de Lionel Messi para o clube francês.

ICP, EGLD, DCR e HNT também se destacam positivamente no dia, com altas entre 5% e 10%.

Já entre as piores desta segunda-feira estão, além da DOGE e da SHIB, a Safemoon, que cai quase 20%, eliminando os ganhos da última semana. O token acusado de pump & dump é negociado a US$ 0,00000209, mais de 80% abaixo da máxima registrada em 11 de maio.

Com isso, a capitalização de mercado total das criptomoedas volta ao nível de US $ 1,83 trilhão após ter atingido uma máxima local de US$ 1,91 trilhão no domingo. O valor de ontem foi o mais alto desde a queda para menos de US$ 2 trilhões em 20 de maio.

O que esperar do Bitcoin

Bitcoin (BTC) fechou a terceira semana consecutiva no verde, logo abaixo do nível de US$ 44.000. Este é o fechamento mais alto para o BTC desde que caiu inicialmente para menos de US$ 46.000 em 17 de maio. O BTC conseguiu cruzar brevemente os US$ 45.000, mas caiu ligeiramente para US$ 43.730.

Apesar de registrar fechamentos diários acima das máximas da faixa de negociação atual ao longo de maio e junho, o BTC está enfrentando alguma resistência na média móvel de 200 dias. Se conseguir fazer alguns fechamentos diários acima do MA de 200 dias, pode sinalizar um teste do próximo nível de resistência, encontrado em US$ 50.000.

Gráfico do BTC no TradingView

O BTC, no entanto, pode primeiro cair para a zona de US$ 41.000 para criar uma mínima mais alta e validar uma reversão de resistência para suporte antes de voltar desafiar níveis de resistência mais altos.

Para o experiente trader e professor de trading brasileiro André Machado, o Ogro de Wall Street, o preço do Bitcoin pode recuar um pouco mais, para US$ 40.872, antes de engatar uma nova alta.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora