Bitcoin (BTC) volta a cair e próximas horas são cruciais; TRON sobe 16%

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin volta a cair após não conseguir chegar novamente aos US$ 35.000.

  • TRON é uma das moedas que vão bem nas últimas 24 horas.

  • Próximas horas são determinantes para o BTC; veja o que esperar

  • promo

    Lançamento de BIT: Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A direção do preço do Bitcoin segue indefinida após a criptomoeda tentar romper o patamar de US$ 35.000 em sucesso na última quarta-feira (23), quando atingiu um máximo local de US$ 34.881.

Patrocinados



Patrocinados

Embora seja negociado em alta de cerca de 1% na última hora, o BTC cai 1,6% nas últimas 24 horas após se recuperar de uma importante queda até a faixa dos US$ 28.800.

Por outro lado, o valor total do mercado de criptomoedas permaneceu praticamente estável nos últimos dois dias, atualmente em US$ 1,38 trilhão.

Patrocinados



Patrocinados

Nas altcoins, o maior destaque vai para a Klaytn (KLAY), que disparou 32% no dia e assumiu a posição 33 do ranking global de moedas por valor de mercado. Já TRON (TRX) e Quant (QNT) também passam por um bom momento, com ganhos de 16% cada nas últimas 24 horas.

Entre as piores está a Livepeer (LPT), que é por ora a criptomoeda que mais cai na lista das 100 maiores do mundo. O token LPT caiu mais de 12% no dia e passa a acumular recuo de 7% na semana. Além disso, várias criptomoedas de finanças descentralizadas (DeFi), como Aave, Maker e Compound, também caem quase 10% no dia.

O que esperar do Bitcoin a partir de agora

A análise técnica do Bitcoin aponta que a direção do preço segue indefinida no momento. De acordo com o analista de criptomoedas Valdrin Tahiri, o BTC superou uma importante linha de resistência, que funcionava como uma barreira de preço desde a queda acima dos US$ 40.000. No entanto, ainda não é possível ficar otimista.

Bitcoin superou nível importante na quarta-feira (23). Fonte: TradingView

Alguns indicadores técnicos como, como o RSI e o MACD, mostram sinais negativos. Em meio à dúvida, o analista aponta que, dada a queda abaixo do importante nível de US$ 33.367, é mais provável que o movimento na sequência continue sendo de baixa.

A cotação das próximas horas é crucial para determinar se o Bitcoin continuará caindo ou se pretende se recuperar. O alvo a se observar é o de US$ 33.869.

Um movimento sustentado acima desse patamar indicaria um cenário de alta em que o BTC voltaria a ser negociado acima de US$ 40.000 antes do final do mês.

Cenário positivo levaria BTC acima de US$ 40.000 ainda em junho. Fonte: TradingView

Já se o preço permanecer abaixo desse nível, é provável que a queda ainda não tenha terminado, e o preço da criptomoeda possa revisitar os US$ 28.000 nos próximos dias.

Cotação das próximas horas será determinante para saber se BTC voltará aos US$ 28.000. Fonte: TradingView

No fechamento da matéria, o Bitcoin era negociado por US$ 33.372 no exterior e, no Brasil, rondava os R$ 167.600, de acordo com o Cointrader Monitor.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

A opinião da equipe BeInCrypto em uma única voz.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

A ICO da Bit2Me ACABA DE COMEÇAR! Compre o token B2M agora.

Comprar agora!

Lançamento de BIT. Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde

Entrar agora