Bitcoin consegue se segurar acima do suporte de $32.000

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O Bitcoin está seguindo uma linha de suporte ascendente.

  • Os indicadores diários são de baixa, mas os sinais de curto prazo são de alta.

  • O BTC está na porção C de uma estrutura corretiva A-B-C.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Bitcoin (BTC) se manteve acima da área de suporte de $ 32.100 pelo terceiro dia consecutivo.



Espera-se que o Bitcoin suba no curto prazo pelo menos até atingir o nível de resistência em $ 37.550.

Suporte para Holds de Bitcoin

Pelo terceiro dia consecutivo, o BTC manteve-se acima da área de suporte de $ 32.100, que é a retração de Fibo de 0,382 de todo o movimento ascendente. O BTC criou outra sombra inferior, um sinal de pressão de compra. A próxima área de suporte é encontrada em $ 29.050, o nível de retração de 0,5 de Fibo do mesmo período.



Os indicadores técnicos claramente caíram. Isso pode ser visto na forma de um MACD descendente e uma cruz negativa no oscilador estocástico. No entanto, o RSI diário gerou uma divergência de alta oculta muito significativa, um forte sinal de continuação que pode ser o catalisador para uma recuperação.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Movimento Futuro

O gráfico de seis horas mostra que o BTC tem seguido uma linha de suporte ascendente desde o dia 17 de dezembro. Ele saltou quatro vezes acima até este ponto – mais recentemente durante a já mencionada baixa de 11 de janeiro.

Se o BTC continuar a subir, é provável que encontre resistência em $ 37.550. Este alvo é uma combinação do nível de retração de Fibo de 0,618, um nível de suporte anterior e uma linha de resistência descendente potencial (tracejada).

Gráfico do BTC pelo TradingView

Os prazos mais baixos dão suporte ao início do movimento ascendente em direção a $ 37.550. Os gráficos mostram a perca de uma linha de resistência descendente de curto prazo e uma divergência de alta no RSI, junto com um aumento do MACD .

Atualmente, o BTC está testando novamente a linha de resistência da qual rompeu e espera-se que suba em sequência.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Contagem de ondas BTC

Começando com a mínima de $ 30.420 no dia 11 de janeiro, o BTC parece ter completado as ondas A e B de um ziguezague ABC corretivo.

Um alvo provável para o topo da onda C é encontrado em $ 38.614, o que daria às ondas A:C uma proporção de 1: 1. O alvo também está perto do nível de retração de 0,618 de Fibo em $ 37.510.

Também coincide com a linha de resistência de um canal paralelo conectando a parte inferior das ondas A e B.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Conclusão

Espera-se que o Bitcoin suba na faixa de $ 37.500 a $ 38.614 para atingir o nível de queda anterior e completar a estrutura A-B-C.

Para participar do grupo de traders do BeInCrypto, clique aqui.

Isenção de responsabilidade: a negociação de criptomoedas carrega um alto nível de risco e pode não ser adequada para todos os investidores. As opiniões expressas neste artigo não refletem as do BeInCrypto.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Valdrin é um entusiasta de criptomoedas e um operador financeiro. Depois de obter um mestrado em Mercados Financeiros na Barcelona Graduate School of Economics, começou a trabalhar no Ministério do Desenvolvimento Econômico em seu país natal, Kosovo. Em 2019, ele decidiu se concentrar em tempo integral em criptomoedas e negociação.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá