Bitcoin cresce 226% em 2020 e deixa mercado de ações, ouro e prata para trás

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Nesta quarta-feira o bitcoin atingiu o maior preço da sua história, ultrapassando US$ 20.000.

  • Dessa forma, a maior criptomoeda do mundo já valorizou 226% em 2020, deixando o mercado de ações, ouro e prata para trás.

  • Em 8 dos últimos 10 anos, o rendimento do bitcoin foi maior do que qualquer outro ativo do mercado tradicional.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Com o preço do bitcoin decolando essa semana, a maior criptomoeda do mundo já valorizou 226% em 2020, deixando o mercado de ações, o ouro e a prata para trás.



Nesta quarta-feira (16) o bitcoin atingiu o maior preço da sua história, ultrapassando a resistência dos US$ 20.000.

Um dia depois, a criptomoeda não estagnou. Ao contrário, valorizou mais 13.9% nas últimas 24 horas e na tarde desta quinta-feira, está valendo US$ 23.476,55, conforme dados do CoinGecko.



A guinada do bitcoin neste final de ano, fez a criptomoeda se distanciar ainda mais dos ativos tradicionais e consolidar de vez a sua posição como melhor investimento de 2020. 

O melhor investimento do ano

De acordo com dados da empresa de análises Messari, a performance do bitcoin esse ano mostra um crescimento de 226%. Enquanto em janeiro de 2020, o bitcoin valia pouco mais de US$ 7 mil dólares, agora 1 BTC equivale a US$ 23 mil.

Enquanto isso, o crescimento tímido dos ativos tradicionais pouco se compara ao bitcoin. O índice acionário S&P 500 apresentou neste ano um crescimento de 15%. Já a performance da Prata melhorou 42%, logo seguida pelo Ouro com 23%.

Fonte: Messari

A alta do bitcoin fez com que todo mundo que tinha BTC na carteira no início da semana, estivesse no lucro. As baleias, como são chamados osinvestidores que detém grandes quantias de bitcoin, aproveitaram a alta para faturar. 

Nesta quinta-feira, enquanto o BTC estava batendo US$ 23.500, baleias do bitcoin protagonizaram uma liquidação em massa e venderam o equivalente a R$ 6,78 bilhões em criptomoedas.

Bitcoin supera por 8 anos o mercado de ações

No início desta semana,  Charlie Bilello, o CEO da Compound Capital Advisors, compartilhou um gráfico que demonstra a vantagem de investir no bitcoin em comparação a outras classes de ativos, como o mercado de ações, ouro e dólar americano.

Em 8 dos últimos 10 anos, o rendimento do bitcoin foi maior do que qualquer outra ação ou ativo do mercado tradicional.

Em 2020, o bitcoin já rendeu um lucro cinco vezes maior do que o índice da bolsa americana Nasdaq 100.

O retorno cumulativo do bitcoin, que representa o lucro total de todos os dez anos, foi de 6.271.233%. Enquanto isso, o Nasdaq 100 aumentou 512,5%.

A porcentagem do bitcoin é tão expressiva porque há 10 anos atrás, o a criptomoeda estava surgindo no mercado, e o seu preço na época não chegava nem perto do que vale hoje em dia.

Apenas em 2014 e 2018 o bitcoin teve um desempenho negativo. Assim como é grande o lucro, também é grande a perda. Nesses dois anos, o prejuízo do bitcoin foi o maior entre os principais investimentos do mercado.

Agora em 2020, o preço do bitcoin segue firme, superando por 8 anos qualquer outro concorrente do mercado.

A entrada de grandes investidores institucionais e o aumento da adoção das criptomoedas, promete tornar o atual bull run do bitcoin muito mais sustentável e eficiente do que o visto em 2017.

Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá