• Levantamento mostra que investidor de Bitcoin se deu bem na crise
  • Criptomoeda rendeu mais lucro que qualquer outro investimento
  • Dólar rendeu a metade dos ganhos

O dólar subiu muito de preço frente ao real ao longo dos primeiros seis meses de 2020. Mas, ainda assim, não se compara com a curva ascendente do investimento em Bitcoin no acumulado do ano.

Mesmo com os altos e baixos da criptomoeda após o halving em maio, os ganhos são superlativos. Quem apostou no BTC na virada do ano ganha, hoje, o dobro de rentabilidade na comparação com quem optou por comprar dólar.

Segundo um levantamento do portal Seu Dinheiro, o dólar à vista apresenta uma valorização de 35,60% em 2010. Já o Bitcoin mais que dobra essa rentabilidade, alcançando 72,99% apenas de janeiro a junho.

Quem investiu, por exemplo, R$ 1.000 em dólar em janeiro tem, hoje, cerca de R$ 356 de lucro. Já quem apostou as fichas no Bitcoin conseguiu obter R$ 729 sobre os mesmos R$ 1.000 investidos.

Vale lembrar que a rentabilidade considera o percentual de lucro obtido sobre o investimento também considerando os custos da operação e a inflação. É possível, portanto, que os baixos custos de operação do BTC também ajudem a levantar o número.

O cenário, além disso, pode estar ajudando a estimular o aumento dos HOLDers.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Bitcoin rende quatro vezes mais que ouro

A vantagem do Bitcoin é ainda maior sobre o ouro, visto como refúgio para momentos de crise assim como a moeda americana. Segundo O metal precioso concedeu rentabilidade de 17,12% nos primeiros meses de 2020, mais de quatro vezes menos que a criptomoeda.

No exemplo com investimento de R$ 1.000, portanto, o ouro concedeu apenas R$ 171 de rentabilidade descontados todos os custos. Não chega a ser absurdo como o golpe bilionário do ouro falso, mas ainda assim não foi o melhor refúgio. Daí, talvez, a reação da internet a cada nova provocação de Peter Schiff.

Ibovespa em último lugar

O Ibovespa foi o pior destino de investimentos em 2020. Apesar do recente movimento de alta, as perdas do mês de março destroem a rentabilidade da bolsa. De acordo com o mesmo levantamento, o índice entregou rentabilidade negativa de -17,8% considerando o acumulado do ano.

As perdas do Ibovespa deixam a bolsa muito atrás até mesmo de investimentos em renda fixa. Apesar dos seguidos cortes na taxa Selic, vários títulos do Tesouro ofereceram rendimentos positivos. O Prefixado 2023, por exemplo, traz rentabilidade de 6,74%.

Paulo Alves Jornalista

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

Seguir o Autor

Quer saber mais?

Entre para o nosso Canal do Telegram e receba sinais de trade, um curso gratuito de trade e comunicação diária com entusiastas de cripto!

Esse site usa cookies.
Clique aqui para aceitar o uso desses cookies. Veja nossa Política de Cookies

Estamos discutindo isso em nosso Canal de Telegramas

Junte-se a

Sinais diários, análises Bitcoin e chat de traders. Junte-se ao nosso Telegram hoje!

Vamos lá

We are discussing it in our Telegram Channel

Join

We are discussing it in our Telegram Channel

Join