Bitcoin de 2009 movido não se enquadra no ‘padrão de Patoshi’

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Recentemente, Bitcoin extraído durante o primeiro mês de existência do Bitcoin foi transferido.

  • Provavelmente não é Satoshi com base nos padrões iniciais de equipamentos de mineração.

  • Atualmente, não está claro quem é o responsável pela transferência.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Padrão Patoshi é uma tendência observada durante os primeiros dias do Bitcoin. A ideia por trás disso é que Satoshi estava minerando Bitcoin desde o início com uma única configuração.



Isso é perceptível em um padrão observado pela primeira vez pelo pesquisador e criptógrafo independente Sergio Demián Lerner, publicado em seu artigo ‘ O retorno dos negadores e a vingança de Patoshi.

Recentemente, a mídia noticiou a transferência de 50 BTC extraídos durante o primeiro mês da história do Bitcoin. No entanto, como os comentaristas observaram repetidamente, os 50 BTC não se enquadram no padrão de Patoshi.



Embora seja possível que Satoshi tenha minerado blocos com outra configuração, há poucas razões para suspeitar que essa transferência mais recente seja realmente de Satoshi Nakamoto.

Atualmente, os robôs de negociação estão sendo programados para observar o Bitcoin minerado em movimento. Isso pode explicar a queda no preço do Bitcoin devido transferência. No entanto, como Jameson Lopp (@lopp) disse recentemente no Twitter, essa estratégia faz pouco sentido.

O Padrão Patoshi está em discussão, no entanto, não há como saber se Satoshi minerou ou não apenas com uma configuração. Portanto, é apenas um padrão – que ainda não corresponde aos 50 BTC movidos recentemente. É seguro dizer que parece improvável que as participações do BTC de Satoshi estejam realmente vivas e em movimento.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Criado nos EUA, Lucian se formou em História Econômica. Jornalista freelancer, ele é especialista em escrever sobre o espaço de criptomoedas e a 'quarta revolução industrial' digital em que nos encontramos.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá