Bitcoin e Dólar despencam por motivos diferentes; entenda o porquê

Compartilhar Artigo

Bitcoin e Dólar despencam durante o dia 02 de junho. Apesar disso, as razões para a queda no preço de ambos os ativos é bem diferente. Assim, é preciso entender quais são os motivos que estão levando o BTC e o USD a tamanha variação.



A cotação do Dólar americano está recuando significativamente, após atingir os R$ 6,00 há algumas semanas.

Diversos fatores, nacionais e internacionais, contribuem para o barateamento da moeda na comparação com o Real.



Além disso, o preço do Bitcoin também despenca, após ter alcançando, brevemente, a barreira dos U$ 10.000,00.

Porém, quais são os fatores que estão afetando os preços de ambos os ativos?

Aliás, lembre-se: para acompanhar movimentos do mercado de cripto de perto, faça parte do canal de sinais do BIC no Telegram.

Dólar despenca, motivado por otimismo e reabertura

O valor do Dólar está caindo de forma agressiva durante o dia 02 de junho:

Dessa forma, até o presente momento, o Dólar americano está cotado a R$ 5,21, numa queda diária de 2,74%.

Na mínima do dia, até às 14:00, o Dólar chegou a cair mais de 3%, cotado a R$ 5,20.

Vale lembrar que, há menos de 24 horas, a moeda norte-americana estava sendo negociada na casa dos R$ 5,40, em determinados momentos do dia anterior.

Contribuem, para a queda no valor do Dólar, os seguintes fatores:

  • Amenização das tensões políticas, já que o Min. do STF, Celso de Mello, decidiu por arquivar o pedido de perícia do celular do Presidente Jair Bolsonaro
  • Otimismo nacional e internacional com a reabertura das economias, após a diminuição dos efeitos da pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19)
  • Venda de 12 mil contratos de swap cambial pelo Banco Central, amenizando a pressão sobre o Real

Assim, o mercado brasileiro está reagindo de maneira positiva, após longas semanas de declínio econômico. Prova do otimismo do mercado é o IBOV, que segue na casa dos 90.384,18 pontos

Bitcoin cai após alcançar o patamar dos U$ 10k

O Bitcoin rompeu, novamente, a barreira dos U$ 10.000,00, entre os dias 01 e 02 de junho.

Porém, a alegria dos investidores em modo bullish durou muito pouco:

O gráfico fala por si só; em poucos instantes, o preço do BTC caiu, da casa dos U$ 10.150,00 para os atuais U$ 9.485,28 (-7,03%).

Quando os valores são expressos em Reais, o volume da queda impressiona: foi da casa dos R$ 53.800,00 para R$ 49.900,00.

Aqui, não há muito mistério. O Bitcoin está enfrentando a resistência habitual que ronda a casa dos U$ 10.000,00 e foi incapaz de romper a barreira para os U$ 10.500,00.

Porém, apesar de significativa, a queda está longe de ser dramática. Dessa forma, a variação se trata de um movimento de mercado que, em breve, deverá ser superado.

Finalmente, é possível entender que o Bitcoin e Dólar Bitcoin e o Dólar despencaram por motivos diferentes, embora ambos os movimentos tenham ocorrido no mesmo dia.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá