Bitcoin está prestes a atingir US$ 10 trilhões de transferências liquidadas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin se aproxima do marco histórico de US$ 10 trilhões de volume total liquidado desde seu surgimento em 2009.

  • Só em dezembro, a média móvel diária de bitcoin transacionado bateu o recorde de US$ 39,1 bilhões.

  • Atualmente, são mais de 1,22 milhão endereços ativos de BTC.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O bitcoin está prestes a atingir o marco histórico de US$ 10 trilhões de volume total liquidado desde seu surgimento em 2009.



Ao alcançar este marco histórico, o bitcoin demonstra sua dominância no mercado, com mais de US$ 10 trilhões negociados na sua rede, que nesta semana, comemorou o aniversário de 12 anos.

O cumulativo de transferências realizadas disparou de fato depois de 2018. A partir daquele ano, foram 7,5 trilhões de dólares liquidados no blockchain do bitcoin. Ou seja, 75% do volume total do BTC foi negociado apenas nos últimos três anos.



Quem chamou a atenção para esse marco do bitcoin foi o analista Yassine Elmandjra da ARK Invest, com base em dados da Glassnode.

O gráfico deixa claro que o apelo do bitcoin, seja entre os usuários comuns ou investidores institucionais, decolou mesmo depois do bull run de 2017.

Cresce o número de endereços ativos de bitcoin

Em 2013, haviam apenas 50 mil endereços ativos de bitcoin. Porém, o número já cresceu 20 vezes em 2020. Atualmente, são mais de 1,22 milhão de pessoas pelo mundo em posse de BTC.

Conforme o gráfico da CoinMetrics de endereços ativos, o bitcoin está em índices parecidos com os registrados em 2017. No entanto, a quantidade de novos endereços está atualmente numa subida mais consistente do que foi o pico momentâneo do último rally.

Endereços ativos de bitcoin de 2016-2021. Fonte: CoinMetrics

Dessa forma fica mais fácil visualizar que o crescimento do bitcoin em 2021 é diferente, com uma sustentabilidade que não existia há três anos atrás. Consequentemente, a valorização de mais de 300% do preço do BTC em 2020 levou o volume de transações às alturas.  

2021 começa com recordes

Conforme noticiou anteriormente o BeInCrypto, a média móvel diária de Bitcoin transacionado em dezembro bateu o recorde de US$ 39,1 bilhões. O valor é tão grande que supera a média somada de negociações de ações como Apple, Amazon, Microsoft e Facebook.

Neste momento, a força do bitcoin no mercado está fazendo a sua capitalização de mercado caminha cada vez mais depressa rumo aos US$ 600 milhões.

De acordo com Skew, tanto os futuros do bitcoin na quanto o volume na LMAX Digital já bateram recorde de volumes de negociações em 2021. Enquanto a CME registrou a máxima de US$ 2,7 bilhões, a LMAX Digital vem logo em seguida alcançando pela primeira vez US$ 2,6 bilhões em volume de negociações.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá