Bitcoin ‘facilita vida de bandidos’ e ‘não vai a lugar nenhum’, diz ex-presidente do Banco Central

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Armínio Fraga disse que Bitcoin e outras moedas digitais facilitam a vida de bandidos

  • Para o ex-presidente do Banco Central, criptomoedas não têm futuro

  • Ele vê Bancos Centrais com papel forte na economia mesmo após a crise

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin vem se tornando um ativo de reserva de valor cada mais forte. No entanto, um conhecido economista ex-presidente do Banco Central acha que as moedas digitais em geral não têm futuro.



Em uma live da Revista Exame na última quarta-feira (16), Armínio Fraga disse que as moedas digitais, no fundo, servem apenas ao propósito de facilitar a ação de criminosos. Fraga foi presidente do BC de 1999 a 2003, durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

O mundo já é digital hoje, [mas] existem suspeitas de que [a moeda digital] no fundo facilite a vida de bandidos. Bandidos de todos, desde traficantes até os estão sonegando imposto. A “vantagem” é essa.

O hoje sócio da Gávea Investimentos considera que moedas digitais não devem ter espaço dada a força das moedas nacionais. O comentário, portanto, não considerou a adoção de moedas digitais de Bancos Centrais (CBDC).



Essa coisa da moeda digital nasceu […] como um negócio muito interessante, muito charmoso, com elementos técnicos, mas que no fundo, se você tem o país mais ou menos, você tem uma moeda, você vai dominar.

Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

Reprodução/Jornal de Brasília

Preço e volatilidade do Bitcoin são problemas, diz Armínio Fraga

Crítico da condução atual da polícia econômica brasileira, Fraga também comentou especificamente o Bitcoin. Segundo ele, o preço seria uma de suas desvantagens. O economista não chega a citar as subdivisões do BTC em satoshis.

Do mesmo modo, ele pontua a alta volatilidade como um entrave para o uso no dia a dia. Igualmente, o ex-presidente do BC não comenta sobre stablecoins, apesar de criticar moedas digitais em geral.

[O Bitcoin] é caro, não é barato. E são moedas muito instáveis, então como referência de conta não serve para transferir o dinheiro pode ser, para esconder o dinheiro também. Isso não vai a lugar nenhum.

Para ele, o Bitcoin e as criptomoedas em geral não terão impacto nas políticas monetárias pelo mundo. Segundo Fraga, os Bancos Centrais viraram os “resolvedores de todos os problemas”, mas na verdade não são. Apesar disso, ele considera que o estado seguirá exercendo poder sobre a economia.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá