Bitcoin no bolso: as melhores carteiras móveis de criptomoedas de 2021

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Melhor carteira móvel para iniciantes.

  • Melhor carteira móvel para finanças descentralizadas (DeFi).

  • A melhor carteira móvel para identidade descentralizada.

  • Melhor carteira móvel para ganhar juros.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Embora não sejam a melhor maneira de armazenar criptomoedas a longo prazo, as carteiras móveis podem ser a maneira mais conveniente para aqueles que precisam negociar com rapidez.

Patrocinados



Patrocinados

Exodus — a melhor carteira para iniciantes

Exodus é uma carteira multimoedas multiplataforma que suporta computadores Windows e Mac, bem como dispositivos Android e iOS. Esta carteira suporta 126 criptomoedas diferentes, incluindo muitas das quais a maioria dos novatos provavelmente nunca ouviu falar. Os usuários da Exodus também podem fazer trocas entre as criptomoedas suportadas pela carteira.

Um grande ponto forte da carteira Exodus é que ela é extremamente fácil de usar, graças a sua interface de usuário limpa e polida. A carteira é quase totalmente desprovida da complexidade que muitos usuários de criptomoedas são forçados a encarar entre as opções do mercado.

Patrocinados



Patrocinados

A Exodus também permite que seus usuários façam staking de Tezos (XTZ), Cosmos (ATOM) e VeChain (VET). A carteira também suporta aplicativos habilitados para criptomoedas que permitem apostas esportivas, entre outras coisas. Além disso, este software também oferece suporte ao protocolo Compound de empréstimo descentralizado, permitindo que seus usuários lucrem em depósitos de stablecoin.

Argent — a melhor carteira para Finanças Descentralizadas (DeFi)

Argent é uma carteira Ether (ETH) que também suporta tokens ERC20 e oferece acesso fácil ao mundo dos protocolos DeFi por meio do suporte a aplicativos descentralizados (dApp). A experiência do usuário oferecida por esse aplicativo se assemelha em grande parte ao Venmo e é destinado ao público comum.

A Argent também é recomendada para iniciantes que ainda não aprenderam a gerenciar suas chaves privadas de forma responsável, graças a um sistema de recuperação integrada

Esta carteira não exige que seus usuários façam backup de uma frase-semente e, se caso você perder o acesso à sua carteira, é possível pedir a pessoas previamente escolhidas que aprovem o seu acesso à sua carteira por meio de um contrato inteligente on-chain.

Outro recurso interessante oferecido peka carteira é o suporte a meta-transações, que permite aos usuários assinar uma intenção de transação que pode ser executada posteriormente por outra carteira. Isso tem o objetivo de garantir que os usuários não percam o acesso aos seus ativos digitais caso a empresa por trás do software interrompa suas operações.

Por fim, a Argent também permite que seus usuários estabeleçam limites de transação ou bloqueiem suas carteiras em caso de roubo do dispositivo, para evitar a perda de fundos. 

Esses recursos são ativados pela abordagem baseada em contrato inteligente desta carteira: ao contrário de reter diretamente os fundos do usuário no endereço correspondente à sua chave privada, os ativos são mantidos em um contrato inteligente, permitindo dessa forma um controle mais avançado.

SelfKey — a melhor carteira para identidade descentralizada

SelfKey é a carteira mais única incluída nesta análise, tanto que chamá-la apenas de carteira parece incorreto. Esta carteira de tokens Ether e ERC20 inclui um sistema de gerenciamento de identidade auto-soberano e um ecossistema de serviços que permite aos usuários aproveitar esse recurso.

A SelfKey aproveita a solução KYC baseada na blockchain da KYC-Chain para verificar dados —  como documentos, residência, endereço, detalhes de contato —  sobre o usuário na SelfKey ID e permitir que terceiros façam a mesma verificação. 

Além disso, todos esses dados são armazenados localmente no dispositivo do usuário, o que evita que ele se torne um alvo centralizado para hackers que desejam obter grandes quantidades de dados pessoais. Os usuários mais preocupados com a segurança também podem proteger suas chaves da carteira SelfKey nas carteiras de hardware, como a Ledger e Trezor.

O principal ponto de venda da SelfKey é seu marketplace, que permite ao usuário acessar rapidamente serviços com a verificação de ID da SelfKey e fazer pagamentos com o próprio token do ecossistema, KEY.

Este marketplace permite que o usuário abra um novo negócio em 12 jurisdições diferentes, podendo até mesmo abrir contas bancárias em 20 países.

Celsius — a melhor opção para ganhar juros

Embora a Celsius não seja tecnicamente uma carteira — ou pelo menos não apenas uma carteira — ainda é uma opção que vale a pena mencionar para aqueles que não se importam em manter suas criptomoedas em uma carteira de custódia, especialmente se isso lhes render dinheiro.

Por outro lado, alguns podem argumentar que manter seus ativos em um custodiante segurado é a opção mais segura se você não for tão bom em gerenciar seus backups de chave privada.

Dessa forma, as criptomoedas depositadas na Celsius possuem seguros, visto que os fundos são mantidos nas custodiantes de criptomoedas Fireblocks e Prime Trust, que garantem os depósitos. A Celsius explica em seu site:

“Fireblocks e PrimeTrust, nossos custodiantes, fornecem seguro aos ativos. No entanto, geramos recompensas de juros aos usuários que emprestam seus ativos para parceiros integrados. Quando esses ativos são emprestados, eles não são segurados. Todos os nossos empréstimos em moeda têm garantia de até 150%, o que significa que um tomador de empréstimo dá à Celsius um ativo alternativo como garantia para aquele que está sendo emprestado. ”

A principal razão para usar a Celsius é que ela permite que seus usuários ganhem juros — e bastante altos — sobre depósitos. O modelo de negócios da empresa depende do empréstimo dos fundos e, em seguida, da distribuição da maior parte do lucro obtido por meio de taxas para os usuários que depositam os fundos emprestados.

No momento desta publicação, as taxas anuais da Celsius sobre os depósitos chegam a 21,49%. As cobranças são determinadas por um sistema complexo que concede uma taxa diferenciada dependendo do ativo depositado, no token que o usuário decidiu receber e no percentual de ativos detidos em tokens CEL, de propriedade da empresa.

Como forma de obter juros maiores, os usuários devem decidir receber o pagamento em tokens CEL.

Para acessar o sistema, o usuário precisa fazer o download do aplicativo móvel Celsius Wallet e verificar sua identidade. O mesmo aplicativo também permite contrair empréstimos em dinheiro, dando criptomoedas como garantia. As tarifas dos empréstimos começam em 1% dos juros acumulados ao ano, o mínimo é de US$ 500 e todo o processo leva minutos.

Não deixe de conferir a lista do BeInCrypto das 19 melhores carteiras de Bitcoin de 2020.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Adrian é um jornalista que mora em Pisa, Itália. Ele é apaixonado por criptomoedas, direitos digitais, TI, tecnologia e futurologia e gosta de pensar no futuro de uma forma positiva.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora