Bitcoin pode chegar a US$ 100 mil em julho, projeta Pantera Capital

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O CEO da Pantera Capital prevê que o preço do bitcoin chegue a US$ 100 mil em julho.

  • A empresa de investimentos analisa o efeito do pós-halving no preço do BTC nesta projeção.

  • Para a Pantera, o bitcoin estaria valorizando de forma mais rápida do que o esperado.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Uma estimativa da Pantera Capital indica a possibilidade do bitcoin alcançar a marca de US$ 100 mil já no mês de julho.



Dan Morehead, o CEO da empresa de investimentos especializada em criptomoedas Pantera Capital, enviou nesta terça-feira (16) uma carta a seus clientes para falar sobre o futuro do bitcoin.

Ele trouxe à tona um estudo feito pela empresa em abril de 2020 para tentar prever o preço do bitcoin no decorrer dos meses.



A projeção se baseia no modelo stock-to-flow, uma estrutura analítica que avalia o preço de um ativo com base no seu cronograma de emissão anual. Dessa forma, o modelo calcula o efeito do pós-halving no preço do bitcoin.

Naquela época, a estimativa apontava que o BTC alcançaria o valor de US$ 115 mil em dezembro de 2021.

De acordo com Morehead, no entanto, o bitcoin “já está à frente da nossa previsão de abril de 2020 — podendo atingir US$ 115 mil neste verão”.

Projeção do preço do bitcoin nos próximos meses. Fonte: Pantera Capital

Bitcoin a US$ 100 mil em julho

Conforme a projeção completa, a valorização do bitcoin depois do halving está acontecendo de uma forma mais rápida do que o esperado. 

A entrada do ativo no US$ 60 mil, por exemplo, estava prevista para acontecer apenas na metade de abril.

Entretanto, o BTC rompeu a linha neste final de semana ao cravar um novo recorde de US$ 61.683 no dia 13 de março. Ou seja, três semanas antes do esperado.

Dessa maneira, a estimativa do fundo é que o bitcoin ultrapasse a marca histórica de US$ 100 mil em julho, daqui há quatro meses. 

Além dos efeitos do halving refletindo nesta valorização do bitcoin, o atual cenário econômico mundial tende a dar mais força para a criptomoeda.

Segundo o Dan Morehead, a impressão desenfreada de dinheiro pelos governos faz investidores buscarem ativos que atuem como reserva de valor para se proteger da inflação. Dessa forma, muitos acabam recorrendo ao bitcoin, atraídos pela sua escassez.

“Desde a publicação de nossa carta ao investidor em março de 2020, que descreveu nossa tese central de que a impressão ilimitada de dinheiro aumentará o preço das coisas cuja quantidade não pode ser facilitada, os fundos da Pantera aumentaram imensamente. Estamos agora no início de uma transformação de várias décadas.”

Desde março do ano passado, o fundo de bitcoin da Pantera deu um retorno de 754% aos investidores.

No Brasil, os fundos de criptomoedas repetem o bom desempenho, com ganhos em 2020 que chegam a 343%.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá