Bitcoin se aproxima de US$ 57 mil e investidores estão de olho na ADA – Resumo do dia 10/03

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Resumo do dia do BeInCrypto mostra o que virou destaque no mercado cripto nesta quarta-feira (10).

  • Em mais um dia de alta, bitcoin segue firma rumo a máxima histórica de US$ 58 mil.

  • Novo fundo de bitcoin lançado no Brasil tem planos para maximizar ganhos com algoritmos e inteligência artificial.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Crescendo de forma consistente nos últimos dias, o bitcoin volta se aproximar do preço recorde.



Será que o crescimento que estamos testemunhando será forte o suficiente para levar o bitcoin a uma nova máxima histórica ainda nesta semana?

Veja agora o que virou destaque no mercado das criptomoedas nesta quarta-feira, 10 de março.



Máxima histórica está na mira do bitcoin

Chegamos na metade da semana com mais um dia de alta para o bitcoin. A criptomoeda número 1 do mercado acumula uma valorização de 5% nas últimas 24 horas, chegando às 17h desta quarta-feira cotada a US$ 56.789.

Neste fim de tarde, o bitcoin bateu a máxima do dia em US$ 57.258. No entanto, não conseguiu se manter acima dos US$ 57 mil e retrocedeu.

Mesmo assim, neste ritmo de crescimento, o BTC mira como resistência o seu recorde anterior que está ao seu alcance logo ali nos US$ 58.330.

Assim como o bitcoin, a maioria das criptomoedas conseguiram manter os seus ganhos obtidos ontem. As altas de hoje, no entanto, estão mais tímidas.

Às 22h da noite de ontem, o Ethereum atingiu a máxima do dia em US$ 1.894. Infelizmente, não teve forças para entrar nos US$ 1.900, e no período de apenas duas horas, a moeda despencou para a mínima do dia em US$ 1.767. Entretanto, o ETH já voltou a subir 0.93% e agora está valendo US$ 1.841. 

Depois de valorizar 18% ontem, a Binance Coin (BNB) continua em alta hoje. Apesar da porcentagem ter caído para 5%, a BNB registra a maior valorização do dia entre o Top 10 das criptomoedas, cotada a US$ 286.

Enquanto isso, entre as criptomoedas que estão em queda hoje vemos a XRP (-2,8%), Uniswap (-4,94%), Chainlink (-1,98%) e XEM (-18%).

Investidores estão mais otimistas com Cardano do que Bitcoin?

De acordo com uma nova pesquisa da empresa Voyager Digital, sim. Cerca de 31,8% dos 1385 investidores consultados elegeram a Cardano como a criptomoeda mais promissora do mercado. 

O bitcoin ficou em segundo lugar com 22,2%. Mesmo assim, 80% dos entrevistados disseram que pretendem comprar mais bitcoin no mês de março. Aliás, eles esperam que até o final do mês, o bitcoin alcance US$ 60 mil.

Apesar de estar em queda de 0,40% hoje, a Cardano é considerada por muitos uma das criptomoedas que mais prometem crescer neste ano.

Ao abrir 2021 valendo US$ 0.17, no final do mês de fevereiro a ADA já estava batendo recorde de preço a US$ 1.48. Dessa forma, a Cardano já acumulou neste início de ano uma valorização de 770%.

Novo fundo de bitcoin brasileiro tem planos para maximizar ganhos

A Giant Steps, maior gestora quantitativa da América Latina, vai entrar no mercado de criptomoedas com um novo fundo de bitcoin.

A gestora foca no trade quantitativo e para alavancar os ganhos do seu novo fundo cripto, usará algoritmos e a inteligência artificial. Com a novidade, os fundos da Hashdex, BLP, QR e Vitreo ganham um novo concorrente de peso no mercado.

Ex-presidente Lula ‘revive’ ideia de moeda internacional única

Uma ideia do Lula de 2009 sobre uma nova moeda voltou ao debate público nesta quarta-feira. 

A ideia do ex-presidente seria a criação de uma moeda única que seria usada pelos países emergentes para realizar comércio entre si sem depender do dólar.

Dessa forma, o Brasil ganharia independência da moeda americana que nestes últimos dias, está em constante alta frente ao real, bateu ontem a máxima do ano de R$ 5,79.

Brasileiros ilustram coleção de NFTs de estrela do futebol americano

Os artistas brasileiros estão surfando na onda dos tokens não fundíveis (NFT). Nesta quarta-feira, o BeInCrypto conversou com Andre Maciel, fundador do estúdio de artes visuais Black Madre que fez as ilustrações da nova coleção de NFT de Rob Gronkowski, estrela do futebol americano.

A coleção que começa a ser vendida amanhã é composta por cinco cards colecionáveis, cada um representando uma jogada icônica do atleta no Super Bowl.

Conforme contou Maciel, os NFTs têm um grande potencial de crescimento no mundo das artes visuais. Ele considera esse novo tipo de token “genial” e que assim como as criptomoedas descentralizam o poder dos bancos, os NFTs descentralizam o poder das grandes galerias, devolvendo o controle da arte ao artista.

Leia as principais notícias do dia:

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá