Bitcoin se recupera de US$ 31.000 mas pode voltar a cair no curto prazo

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin voltou a subir após atingir o nível de suporte de US$ 31.000.

  • No entanto, análises indicam que a moeda poderá continuar caindo no curto prazo.

  • Para voltar a subir, o Bitcoin precisa se estabelecer acima de uma importante faixa de preço, segundo analista.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin (BTC) voltou a subir após atingir os US$ 31.000. No entanto, análises indicam que o movimento de baixa da criptomoeda ainda não terminou.

Patrocinados



Patrocinados

O preço do Bitcoin voltou a subir nesta quarta-feira (9). Após novas quedas vistas nos últimos dias, chegou a ser precificado perto dos US$ 31.000, a moeda voltou a subir.

O preço do ativo avançou cerca de 11% nas últimas 24 horas, segundo dados do CoinGecko. No fechamento desta matéria, o BTC era cotado acima dos US$ 35.000. Segundo especialistas, o movimento já levanta a possibilidade de recuperação do nível dos US$ 40.000, preço não visto ainda neste mês de junho.

Patrocinados



Patrocinados

Por outro lado, os indicadores também trazem pistas de que novas quedas de preço ainda podem no curto prazo.

Bitcoin pode ficar abaixo de US$ 30.000?

Segundo o analista de criptomoedas Valdrin Tahiri, o Bitcoin quebrou um importante suporte de um triângulo na última segunda-feira (7), conforme destacado no gráfico abaixo, algo considerado como negativo. Com isso, a moeda atingiu seu menor preço de fechamento desde o início de janeiro deste ano.

Apesar da recente recuperação, o ativo possui boas possibilidades de cair até um preço considerado como a próxima zona de suporte, na região dos US$ 27.000.

Além disso, outra forma de projeção de preço, chamada de contagem de ondas, indica que o BTC poderá realizar mais movimentos de queda, com possíveis alvos até os preços de US$ 24.200 e US$ 22.100.

Outro fator que precisa ser levado em consideração é o nível de dominância que o Bitcoin tem tido em relação a todo o mercado de criptomoedas. O BTCD, como é conhecido, também está em queda, chegando a ficar próximo da sua mínima histórica.

No entanto, conforme observado por Tahiri, alguns indicadores técnicos estão começando a dar indícios de um novo impulso de alta.

Para que isso aconteça, o analista ressalta que o preço do Bitcoin precisaria se manter acima dos US$ 35.450 nos próximos dias. Caso contrário, tudo indica que a tendência de baixa da criptomoeda, verdade, de fato ainda não terminou.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Anderson atua como redator para o BeInCrypto, escrevendo sobre as principais notícias sobre o criptomercado e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, ele participou de projetos relacionados a trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados a criptomoedas. Formando em Administração, está cursando pós graduação em Investimentos e Blockchain pela EA Banking School.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora