“Bitcoin será mais valioso que a Apple em 5 anos”, diz investidor de Wall Street

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O gestor de fundo de criptomoedas Brian Kelly foi convidado de evento promotido por Benzinga e BlockFi

  • Kelly acredita que o preço do BTC está a caminho de ser negociado a US$ 60.000 em maio de 2021

  • Ele também acredita que o Bitcoin será mais valioso do que a Apple em cinco anos

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O gestor de fundo de criptomoedas Brian Kelly tem sido uma voz da comunidade cripto em Wall Street. Ele não tem hesitado em ir à caça por Bitcoin à frente de seus clientes e colegas.



Para Kelly, que comanda a empresa de investimento em moeda digital BKCM , algumas apostas valeram à pena, mas outras nem tanto enquanto o preço do BTC esteve em baixa. Mas, apesar de tudo, ele tem sido a voz da razão entre investidores, muitas vezes apontando para os fundamentos otimistas, mesmo contra a vontade do mercado.



Kelly foi apresentado como convidado em um evento do portal Benzinga e da BlockFi. Nele, ele explicou em que patamar ele espera que o preço do Bitcoin seja negociado nos próximos anos.

Spoiler: Kelly está otimista com o Bitcoin no longo prazo e não tem dúvidas de que a capitalização de mercado irá disparar. Atualmente em torno de US$ 200 bilhões, ele acredita que o valor total ultrapassará a da Apple em cinco anos. Isso significa que, para ele, o Bitcoin um dia valerá US$ 1,9 trilhão.

 

Mundo de Kelly: risco vs. recompensa

O gestor do BKCM recomenda que os investidores aloquem de 1 a 5% de seu portfólio em criptomoedas como uma proteção contra tudo o que está acontecendo no mundo, como a volatilidade da moeda e uma potencial guerra cambial. Ele descreve seu próprio perfil de risco/recompensa, que consiste em pesar o quanto ele pode ganhar versus o risco.

Se Kelly estiver errado sobre o Bitcoin, perder 5% não mudará sua vida. Mas, se ele estiver certo e o preço subir 30 vezes, o ganho protegerá contra qualquer efeito negativo dos mercados de ações ou títulos.

Ele compara ter uma alocação de Bitcoin a um seguro contra incêndio. Ou seja, seria algo que você nunca quer precisar usar, mas é sempre bom ter um.

Ele acredita que o Bitcoin é mais do que apenas seguro contra incêndio. No entanto, considera que proteger uma carteira com 1-5% em criptomoedas e BTC “não é uma má ideia”.

Projeção de preço para o Bitcoin

Prever o preço do Bitcoin seja comprovadamente uma tarefa difícil a cada ano que passa. No entanto, traders estão mais convencidos do que nunca de que a tendência de longo prazo é de alta. Kelly não é exceção e está olhando para o recente halving do Bitcoin como justificativa para sua previsão.

O ciclo de redução pela metade tende a levar o Bitcoin para um período de aceleração um ano antes e um ano após o evento. Ele explica que já se passaram cerca de 134 dias desde o halving do Bitcoin em maio.

Desde então, o preço do BTC vem acompanhando os níveis que traçou após a o halving anterior em 2016. Com base nessa trajetória, o preço do Bitcoin está a caminho de ser negociado a US$ 60.000 em maio de 2021 e US$ 70.000 em setembro de 2021.

Olhando para um horizonte de longo prazo, Kelly está ainda mais otimista. Ele não ficaria surpreso em ver o preço do BTC sendo negociado “muito além dos US$ 100.000” em cinco anos. Mas ele prefere olhar por um ângulo diferente.

Bitcoin será mais valioso que a Apple

Se você perguntar a ele se a Apple será a empresa mais valiosa do mundo em 10 anos, ele dirá que com certeza não. A história mostra que quase nunca uma empresa que é a mais valiosa hoje será também a maior de todas em 10 anos. Kelly usa GE, Kodak e GM como os principais exemplos.

 

Hoje a Apple é a empresa mais valiosa do mundo. Em cinco anos, Kelly aposta que o Bitcoin terá um valor de mercado maior do que a Apple – de longe.

Ao longo da próxima década, ele pode ver o Bitcoin facilmente conquistando metade do mercado do ouro. Consequentemente, se ele estiver certo, o preço da criptomoeda poderia ir à faixa dos US$ 250.000 a US$ 300.000.

Share Article

Gerelyn soube do Bitcoin em meados de 2017 e, depois de se apaixonar pela natureza ponto a ponto da cripto, nunca mais olhou para trás. Ela tem coberto o espaço desde então. Anteriormente, ela escreveu sobre serviços financeiros tradicionais, Wall Street e investimentos institucionais durante grande parte de sua carreira. Gerelyn mora em Verona, N.J., apenas um pulo, pulo e um salto da cidade de Nova York.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá