O Bitcoin (BTC) tem aumentado desde 8 de setembro e finalmente atingiu o primeiro nível notável de resistência de Fibo.

É possível que o preço do BTC tenha concluído seu salto de alta ou esteja muito perto de fazê-lo e, provavelmente, em breve retome seu movimento de queda.

Bitcoin mostra fraqueza

O preço do Bitcoin tem subido desde que atingiu a mínima local em 8 de setembro. O aumento foi gradual, mas acelerou no dia 14 de setembro, quando o preço criou um candle de alta que engolfava. Desde a queda no início de setembro, o BTC só conseguiu atingir uma alta local de $ 10.839.

O preço atingiu o nível de 0,382 de Fibo de toda a queda em $ 10.681. O próximo nível relevante de Fibo é em 0,5, que pode ser encontrado em $ 10.945.

Os indicadores técnicos estão indecisos. O MACD está subindo, assim como a inclinação do oscilador estocástico, mesmo que ainda não tenha feito uma linha de alta.

No entanto, o RSI foi rejeitado pela linha de 50 e pode começar a se mover para baixo.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Falso movimento potencial

O gráfico de curto prazo é mais baixista. Embora o preço tenha atingido topos mais altos, há uma divergência de baixa no MACD, Oscilador Estocástico e no RSI, com o desvio sendo muito mais pronunciado nos dois primeiros.

Este é um sinal de que o preço provavelmente cairá.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Além disso, o BTC possivelmente puxou um falso movimento acima do nível de resistência menor em $ 10.700 e está em risco de cair abaixo dele.

Se isso acontecer, poderá cair até o nível de suporte menor mais próximo, de $ 10.250.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Contagem de ondas

Na análise do dia 11 de setembro do BeInCrypto, afirmamos que:

O preço do Bitcoin provavelmente começou uma formação de cinco ondas impulsivas de baixa no dia 2 de setembro e atualmente está na onda 4, que está se formando dentro de uma estrutura corretiva complexa.

A correção complexa tem uma estrutura W-X-Y (em vermelho abaixo). Até o momento desta publicação, a cotação havia atingido a máxima de $ 10.831, o que torna a relação entre as ondas W e Y 1: 1,61, um nível comum para tais correções.

Além disso, o nível de 0,5 de Fibo da onda 3 (laranja) é encontrado em $ 10.951, dando alguma confluência de Fibo para a alta atual.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Uma análise mais detalhada do movimento revela uma correção de sub-onda A-B-C (azul) dentro da onda Y. Dentro deste padrão, as ondas A e C têm uma proporção de 1: 1, confirmando a confluência de Fibo anterior e tornando este um nível provável para um topo.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Com base no comprimento das ondas 1-3, o alvo para o fundo da onda 5 seria de $ 9.983 (resultando em um quinto truncado) ou $ 9.473 no caso de uma onda 5 regular.

Uma queda abaixo de $ 9.450 colocaria em risco a contagem altista de longo prazo.

Gráfico do BTC pelo TradingView

Para concluir, é possível que o BTC tenha completado seu salto para cima e caia para $ 9.700 ou possivelmente $ 9.470.

Para a análise anterior de Bitcoin do BeInCrypto, clique aqui!

Acesse o grupo de sinais gratuito do BIC e concorra