Bitcoin volta a bater R$ 56K, mas não se engane

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin voltou a apontar para cima após o halving

  • Curva, porém, tem relação com a economia dos Estados Unidos

  • Dólar chegou a bater R$ 5,94 nesta tarde

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Bitcoin voltou a subir fortemente no final da manhã desta quarta-feira (13). Após iniciar o dia na casa dos R$ 52 mil, a criptomoeda subiu e passou rapidamente de R$ 53 mil de média. O movimento, no entanto, pouco tem a ver com a valorização real do ativo.



No mercado internacional, o Bitcoin valoriza, neste momento, cerca de 3,5%, alcançando novamente a casa dos US$ 9,1 mil da semana pré-halving. No entanto, o movimento no mercado brasileiro é maior, de cerca de R$ 3,8% de alta. Em algumas exchanges, o preço do ativo alcança R$ 56 mil, dobrando a valorização para a casa dos 7,7%, segundo o Cointrader Monitor.

Não coincidentemente, a subida acelera logo após fala do Federal Reserve, o Banco Central americano. O discurso da autoridade monetária dos EUA, divulgado às 10h, desanimou os mercados, que correram para o dólar. Na sequência do anúncio, a moeda americana bateu recorde e chegou a R$ 5,94.



Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Bitcoin x dólar

Como de costume, a alta do dólar empurra a valorização do Bitcoin em reais. O cenário já é visto ao longo do ano. O real, vale lembrar, é a moeda nacional que mais perdeu valor em 2020 entre as principais economias do mundo. A situação, portanto, acaba impactando fortemente no preço da criptomoeda.

A fala de Jerome Powell, chairman do banco central norte-americano, reduziu expectativas para uma retomada da economia. Ele afirmou que os Estados Unidos devem crescer de forma tímida por um “período prolongado”. Além disso, a instituição deixou de lado no momento a aplicação de juros negativos, o que ajudou a aumentar a frustração dos operadores.

Cenário brasileiro

Ao mesmo tempo, o cenário político brasileiro contribui para aumentar a incerteza. O mercado está de olho em Brasília, principalmente sobre os avanços da investigação do caso Moro-Bolsonaro, e a divulgação do resultado do exame de Covid-19 do presidente.

Além disso, a situação pode ser agravada depois que o governo anunciou nova revisão para o PIB em 2020. Agora, a previsão é de queda de 4,7%. Há ainda uma perspectiva de inflação baixa, com IPCA caindo de 3,12% para 1,77%. Atualmente, o Ibovespa perde 0,74% para 77.294 pontos.

Para segurar o derretimento do real, o Banco Central chegou a anunciar leilão de US$ 500 mil. No entanto, apesar de arrefecer os ânimos momentaneamente, o dólar voltou a subir. Se a tendência prosseguir, o Bitcoin pode romper em pouco tempo o recorde de 2017.

Entretanto, isso não significa que o preço do Bitcoin em dólares irá acompanhar.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá