Blockchain P2P em Energia Solar Começa a Operar na Índia

Compartilhar Artigo

Uttar Pradesh, o maior estado da Índia em área de terra e população, tornou-se o primeiro no país a lançar uma infraestrutura de comércio de energia solar movida a blockchain.



O projeto piloto verá edifícios do governo estadual gerando eletricidade usando telhados solares – que serão vendidos para residências e escritórios vizinhos usando a plataforma blockchain do Power Ledger.

A medida significa o crescente foco do governo indiano na adoção de blockchain após a agressiva entrada da vizinha China na tecnologia ainda nascente, mas próspera.



De acordo com relatos da mídia local, a nova iniciativa será liderada por dois órgãos estatais – incluindo a Agência de Desenvolvimento de Energia Nova e Renovável de Uttar Pradesh (UPNEDA) e a Corporação de Energia de Uttar Pradesh (UPPCL).

A fase 1 do projeto piloto, que deverá ser concluída no primeiro trimestre de 2020, incluirá apenas edifícios de escritórios do governo na capital do estado, Lucknow. O governo já fez provisões para uma estrutura regulatória adequada para facilitar o comércio entre pares de energia solar. Uma análise detalhada da primeira fase do projeto piloto também será realizada para fazer as alterações necessárias nos regulamentos.

Para a boa implementação do programa, o governo já fechou um acordo com a Power Ledger, uma empresa australiana de blockchain especializada em tecnologia descentralizada de comércio de energia renovável. A plataforma blockchain da empresa se integrará aos medidores inteligentes fornecidos pelo governo para permitir que famílias com telhados solares estabeleçam preços e acompanhem o comércio de energia em tempo real.

O India Smart Grid Forum (ISGF), uma iniciativa de parceria público-privada nomeada pelo governo, estará em coordenação com o Power Ledger para supervisionar os aspectos tecnológicos do novo projeto.

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, que anunciou recentemente a aquisição da principal bolsa de criptomoedas da Índia WazirX , elogiou o movimento como “um passo na direção certa”.

Supondo que tudo corra conforme o planejado, a Índia planeja gerar 40 Gigawatt de energia solar usando telhados solares até 2022.

Você acredita que essa ideia pode se espalhar e chegar ao Brasil em breve? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!


Imagens cortesia do Twitter, Shutterstock.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá