Bloomberg reforça previsão de alta do Bitcoin e projeta disparada de mais 666% em 2021

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bitcoin pode alcançar 666% ainda este ano, segundo a Bloomberg.

  • Relatório destaca aquisiçao da Tesla como ponto de inflexão do mercado cripto.

  • Bitcoin está superando o ouro em crescimento como reserva de valor.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um novo relatório da Bloomberg aponta que mais uma projeção otimista para o Bitcoin. Na expectativa de analistas de criptomoedas, a criptomoedas ainda deve passar por valorização de 666% em 2021.



A edição de abril do relatório “Crypto Outlook” da Bloomberg, lançado na terça-feira (6), faz projeções positivas para o Bitcoin, abordando acontecimentos como a aquisição de BTC pela Tesla e dizendo que a criptomoeda tem cada vez mais superado o ouro como reserva em ritmo de crescimento. 

Conforme consta no relatório, o Bitcoin tem repetido os padrões de alta vistos em 2013 e 2017, nos quais o ativo realizou grandes saltos. Esse comportamento, extrapolado para 2021, explicaria a possibilidade de um longo rali ainda pela frente este ano. 



“A perspectiva técnica para o Bitcoin em 2021 permanece fortemente ascendente, se os padrões anteriores se repetirem. Nosso gráfico mostra o Bitcoin em terreno semelhante ao ganho de cerca de 55x em 2013 e 15x em 2017. Para atingir preços extremos semelhantes aos daqueles anos em 2021, a criptomoeda se aproximaria de US$400.000, com base na regressão da alta de 2011.” 

Aquisição da Tesla e menor risco da criptomoeda

Segundo a Bloomberg, a aquisição recente de Bitcoin pela companhia liderada por Elon Musk pode “indicar um ponto de inflexão que favorece a criptomoeda.” 

Segundo o relatório, a alocação de capital em Bitcoin por uma das maiores empresas do mundo pode mudar a correlação de risco que muitos indivíduos e instituições enxergam no criptoativo. 

Conforme detalhado na análise, aumentar o patrimônio líquido e diversificá-lo parcialmente em Bitcoin “é algo lógico, em nossa opinião”. 

Bitcoin superando o ouro 

Ainda segundo o relatório, o Bitcoin tem tido crescimento não apenas em relação às principais moedas fiduciárias, mas também em relação ao ouro. 

“A substituição do ouro por bitcoins é mais repentina do que gradual. O ditado de que o dinheiro flui para onde é tratado descreve melhor o que vemos como bases firmes para o preço do Bitcoin. Não é necessariamente uma tendência de baixa para o ouro, que está apoiado em camadas de suporte abaixo de US$ 1.700 por onça, mas a maioria dos indicadores mostra uma mudança na maré global que favorece a nascente moeda digital como ativo de reserva.” 

Esse fato reforça a visão da criptomoeda não apenas como uma nova forma de transação financeira, mas também de reserva de valor. Além de poder realizar transações digitais, outra vantagem que o Bitcoin possui em relação ao ouro é a sua maior valorização atualmente.  

“O ouro está travando uma batalha com o Bitcoin, que pode ganhar de 6 a 8% em contas de poupança criptográficas e está a caminho de se tornar um ativo de reserva global em um mundo digital. O aumento dos rendimentos reais é um obstáculo para os preços do ouro, mas nem tanto para o Bitcoin, ainda em seu estágio de descoberta de preços.”

Digitalização do dólar 

A Bloomberg ainda analisou o crescimento do domínio do dólar no mercado cripto. Para os analistas da empresa, embora o Bitcoin esteja constantemente no noticiário, o crescente domínio do dólar é também significativo. Isso porque adoção da moeda americana pelo ecossistema digital ajudaria a expandir o ativo no mundo, apesar de o PIB dos EUA ter fatia cada vez menor na economia global.

Um dos exemplos seria o Tether, stablecoin lastreada na moeda americana e que possui atualmente o maior volume de transações diárias no mercado cripto. A criptomoeda estável ultrapassou o volume do Bitcoin há quase dois anos. Além disso, a criação de um dólar digital do governo (CBDC) parece ser uma possibilidade cada vez mais real.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Formado em administração e escritor por paixão, Anderson atua como redator para o BeInCrypto, escrevendo sobre as principais notícias sobre o criptomercado, economia e política.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá