Brasileiro dobra investimento em ações em julho para R$ 13,8 bilhões

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Brasileiros investiram o dobro em ações no mês de julho

  • Movimento acompanha alta do Ibovespa e queda da Selic

  • Números, porém, ainda estão muito atrás de 2019

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Brasileiros dobraram os investimentos em ações no mês de julho em relação ao mês anterior. Segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), o volume chegou a R$ 13,8 bilhões.



Em junho, os investimentos haviam chegado a R$ 5,35 bilhões em Ofertas Iniciais (IPOs) e follow-on. Segundo a Anbima, julho foi o mês com a segunda maior emissão do ano, com entrada de R$ 34 bilhões na bolsa.

Os números refletem um maior apetite do brasileiro por risco. Afinal, com a queda da Selic para até 2%, a renda fixa fica menos atrativa.



No semestre, os fundos de renda fixa tiveram as menores participações históricas frente aos R$ 3,37 trilhões investidos no mercado de capitais.

O varejo alta renda, por exemplo, despencou de 36,1% para 27,1%. Além disso, o varejo tradicional caiu de 13,5% para 11,1% da carteira.

Dessa maneira, a mudança nos investimentos acabou refletindo no desempenho do Ibovespa, que vem se mantendo acima dos 100.000 apesar do cenário externo volátil.

Curiosamente, o movimento ocorre concomitantemente a uma captação histórica da poupança. Segundo o Banco Central, os juros de 0,13% não impediram a entrada líquida de R$ 28,1 bilhões, a maior de todos os tempos.

Comparativamente, o Bitcoin, por exemplo, renderia cerca de 170 vezes mais. Um dos motivos pode ser o baixo nível de educação financeira no país.

Especialistas recomendam estudar antes de arriscar o patrimônio. Aprender análise técnica, por exemplo, pode ajudar.

Participe da nossa Comunidade de Trading no Telegram para acessar sinais exclusivos de negociação, conteúdo educacional, discussões e análises de projetos!

Apetite por ações ainda não retoma nível de 2019

Apesar da entrada de brasileiros na bolsa, os números ainda não apresentam recuperação do ambiente negócios de 2019.

Há um ano, o mercado de ações registrava entrada de R$ 25,72 bilhões, deixando o número atual 46% menor.

Já a entrada de empresas na bolsa também está em queda em relação ao ano passado. O acumulado de 2020 soma R$ 185,5 bilhões, 20,7% a menos comparado ao mesmo período de 2019.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá