BTC cai em exchanges e pode indicar alta, dizem analistas

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A quantidade de Bitcoin nas exchanges atingiu o menor valor dos últimos três anos nesta semana.

  • Isso significa que há menos Bitcoin que pode ser facilmente vendido em circulação no mercado.

  • As reservas do BTC em exchages como Coinbase e Binance também registraram uma queda não vista desde novembro do ano passado.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A quantidade de Bitcoin (BTC) depositado nas exchanges atingiu o menor valor dos últimos três anos nesta semana. De acordo com a CryptoQuant e outras analistas, isso pode representar um sinal de alta para o preço da criptomoeda no longo prazo.

Patrocinados



Patrocinados

Os dados indicam que há menos quantidade de Bitcoin que pode ser facilmente vendida em circulação no mercado. Isso acontece quando os investidores retiram seus ativos das exchanges e o armazenam em carteiras externas.

Sobre isso, um membro da TI da CryptoQuant destacou:

Patrocinados



Patrocinados

“Os dados da rede mostram que o Bitcoin está sumindo das exchanges. Como você pode ver no fluxograma líquido do BTC: mais 15 dias consecutivos de saídas de BTC nas exchanges. Essa tendência se confirma se você verificar a reserva de BTC em todas as exchanges: é a menor de 3 anos. Vejo uma tendência semelhante à que vemos na ETH. Isso é otimista no longo prazo.”

Fonte: CryptoQuant

Simultaneamente, as reservas de BTC em exchanges como Coinbase e Binance também registraram uma queda não vista desde novembro do ano passado, quando o Bitcoin começou sua alta que o fez registrar uma nova máxima histórica de US$ 64.854 em abril passado.

Por meio de uma nota compartilhada com a Forbes, Marcus Sotiriou, um trader da corretora britânica GlobalBlock, observou:

“Os mercados de criptomoedas mudaram para um ambiente de alcance limitado desde o crash da semana passada, entre US$ 43.000 e US$ 47.000, sem os compradores nem os vendedores no controle.”

Ele também se referiu ao acúmulo de BTC pelos grandes investidores, dado que ele descreve como otimista:

“[As baleias aumentaram suas propriedades] em cerca de 44.000 BTC na semana passada e 103.600 BTC nas últimas três semanas.”

Investimento institucional

A MicroStrategy comprou, na segunda-feira (13), mais 5.050 BTC, acumulando assim um total de 114.042 BTC. Diante desse cenário, Marcus Sotiriou também destacou:

“Isso significa que podemos ver uma enxurrada de anúncios institucionais de compra de Bitcoins nas próximas semanas ou meses.”

Alex Kuptsikevch, analista financeiro sênior da FxPro, também disse à Forbes:

“O mercado de criptomoedas não parece estar sobrevendido para ser inequivocamente atraente para compras de curto e médio prazo, mas mostra sinais de interesse de compradores.”

Atualização de preços do BTC

O preço do Bitcoin tem se recuperado gradualmente desde a forte queda que atingiu o mercado na semana passada.

No dia 7 de setembro, houve uma queda repentina no mercado que o fez perder mais de US$ 300 bilhões em capitalização total, sendo o Bitcoin um dos ativos mais afetados.

No entanto, a criptomoeda se recuperou consideravelmente na terça-feira (14), criando um candle engolfo de alta no processo.

Fonte: CoinMarketCap

Isso desencadeou o rompimento de um canal paralelo de baixa de curto prazo. O BTC está agora se aproximando da área de resistência de US$ 47.850 e US$ 49.050.

No fechamento desta matéria, o Bitcoin era negociado a US$ 47.419,04, uma alta de 3,11% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Luis é um jovem venezuelano que acredita firmemente no criptoespaço como a nova economia libertadora do século XXI. Habitante da cidade de Guarenas, contribui apaixonadamente desde 2019 com a tradução e redação de notícias sobre criptomoedas. Bacharel em Educação em Ciências Naturais (Cuba, 2012) e Mestre em Educação Ambiental (Venezuela, 2018). Gosta de línguas e apoia o conceito de educação continuada e permanente.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

A ICO da Bit2Me ACABA DE COMEÇAR! Compre o token B2M agora.

Comprar agora!

Lançamento de BIT. Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde

Entrar agora