Bug na Coinbase pode ter enganado robôs e impedido subida do Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Bug na Coinbase impediu usuários de criar ordens de compra de Bitcoin.

  • Exchange admitiu problema em meio a reclamações de usuários.

  • Preço do Bitcoin na exchange é usado como referência na indústria.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Problema na Coinbase teria impedido usuários de comprarem Bitcoin ao longo de várias horas em meio à correção de preço da criptomoeda.



Um problema técnico na Coinbase, a maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, pode ter contido a recuperação do Bitcoin nesta segunda-feira (11).

Às 13h14, a corretora alertou usuários via Twitter que um bug na plataforma poderia impedir a concretização de transações. Devido à falha, dessa maneira, diversas ordens de compra não estariam sendo executadas – ao menos não no momento correto.



Estamos investigando um problema que afeta as transações na Coinbase.com e aplicativos móveis. O registro de uma transação iniciada recentemente pode demorar para aparecer em sua conta da Coinbase. Também podem haver alguns problemas com algumas compras concluídas na plataforma.

Mais tarde, a corretora chegou a pedir para que os usuários não criarem ordens duplicadas. Isso porque o comportamento, provavelmente, estaria ajudando a sobrecarregar os sistemas.

Não reenvie sua transação – isso resultará em atividades duplicadas. Nossas equipes estão trabalhando para resolver isso o mais rápido possível e vamos atualizar em uma hora onde estamos com uma correção. Para atualizações, siga nossa página de status.

Por causa do problema, o preço do Bitcoin na Coinbase chegou a ficar US$ 350 abaixo de outras exchanges. No entanto, em vez de oferecer oportunidade de arbitragem, a diferença estaria impactando em ferramentas que usam a exchange americana como referência. Foi o que opinou o analista Willy Woo:

As compras no Coinbase não estão concluindo. A Coinbase está US$ 350 mais baixa do que outras exchanges agora, está fazendo despencar índices de derivativos e provavelmente impactando em algoritmos comerciais.

Falha da Coinbase pode ter provocado venda em massa por robôs

Os algoritmos comerciais mencionados por Woo são os bots comumente utilizados por gestoras, fundos e grandes investidores em geral para comprar Bitcoin. Eles são programados para, por exemplo, enxergar uma oportunidade de compra. Além disso, eles podem identificar uma janela de venda em meio a quebra dos mercados.

A tese do analista, dessa maneira, é que o preço distorcido do Bitcoin na Coinbase tenha enganado esses robôs. De um lado, a falha teria impedido a compra de Bitcoin por investidores que queriam aproveitar a queda de preço de mais de 20%.

De outro, os algoritmos identificavam o baixo apetite de compra como um sinal de baixa. A ideia, portanto, é que esses robôs tenham provocado a venda automática de Bitcoin, impactando ainda mais no preço do ativo.

A demanda de compra não está chegando na Coinbase porque as compras não estão sendo registradas. O preço da Coinbase é usado em uma cesta de preços de câmbio para obter um preço de índice com o qual os mercados futuros são negociados. Dá um sinal falso de baixa para algoritmos, o que desencadeará uma venda adicional.

Outras exchanges passam por problemas

Além disso, usuários se queixaram de problemas nas exchanges Kraken e FXCM. Já a Binance, maior exhange do mundo em volume, relatou que alguns traders podem ter notado lentidão nos seus sistemas nesta segunda-feira (11). O motivo teria sido um pico histórico de acessos.

Maior tráfego de sistema de todos os tempos novamente. Os sistemas estão se mantendo até agora, mas não são perfeitos, latência um pouco maior em algumas regiões.

Dessas, apenas Kraken e a FXCM chegaram a interromper negociações. No entanto, a Coinbase, apesar do suposto problema em criar e executar ordens de compra, não chegou a ficar indisponível nesta tarde.

Por volta das 14h30, a Coinbase anunciou uma correção para o bug. Enquanto isso, na faixa horária, o Bitcoin saltou de cerca de US$ 30.800 para a casa dos US$ 33.000, segundo dados do Coingecko.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá