Caixa TEM: horas de espera e falhas técnicas para receber o auxílio-emergencial

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O aplicativo CAIXA TEM é a única maneira de acessar o auxílio-emergencial do governo

  • Porém, o funcionamento é instável e falho, na hora de acessar o produto

  • Usuários sem experiência com aplicativos sofrem ainda mais, com tamanho descaso

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O CAIXA TEM é o aplicativo pelo qual os beneficiários podem acessar o auxílio-emergencial. Porém, o uso do app é marcado por horas de espera e falhas técnicas. Assim, é comum esperar por horas na fila virtual, em vão.



O Governo está pagando o auxílio-emergencial de R$ 600,00 através da Caixa Econômica Federal.

Para isso, é obrigatória a utilização do Aplicativo CAIXA TEM, que dá acesso à “Poupança Social Digital” da Caixa. Porém, na prática, o aplicativo não funciona como deveria: os usuários estão esperando horas, numa fila digital, para poder acessar a própria conta.



Mesmo assim, é comum que, após chegar no momento do acesso, o usuário não consiga entrar na conta e tenha que repetir o processo.

Quer ser um trader? No canal do BeInCrypto, você acessa os melhores sinais de trade de criptomoedas, de maneira gratuita!

Aplicativo CAIXA TEM é problemático

Ao implementar o auxílio-emergencial, o governo possibilitou que os depósitos fossem feitos diretamente na conta-corrente dos usuários. Para muitos, essa era a melhor opção para receber o dinheiro.

Contudo, após sofrer diversas críticas em relação à eficácia dos pagamentos, a CEF optou por mudar a estratégia. Dessa maneira, os beneficiários que não são cadastrados no Bolsa-Família são obrigados a utilizar o aplicativo para receber o dinheiro.

Há outro porém: o governo limita a possibilidade de saques. Assim, apenas após algumas semanas, os usuários podem retirar ou transferir o dinheiro para outra conta.

Levando em conta todas essas questões, é necessário questionar: qual é a necessidade de aplicar um processo com tamanha complicação aos usuários? Vale lembrar que grande parte dos beneficiários não tem familiarização com a internet, no geral, devido à situação econômica precária.

Processo para acessar o aplicativo é lento e falho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao entrar no aplicativo, o usuário recebe uma mensagem sobre o auxílio-emergencial. Ao clicar em “OK, VAMOS LÁ”, ele é direcionado à “sala de espera virtual”, na qual há uma fila de espera para acessar a conta.

A fila não possui uma previsão de tempo, a não ser que o usuário esteja próximo do acesso. O progresso é medido pela barra laranja. Porém, de forma interessante, essa barra fica “travada”, em alguns momentos, indicando que o usuário não está avançando na fila.

Ao chegar mais próximo do final, o aplicativo dá uma expectativa para abrir a conta.

Contudo, é muito comum que os usuários esperem por horas e, no momento em que chegam ao final da fila, o aplicativo feche, sem maiores explicações. Ao abri-lo novamente, é necessário voltar ao início da fila.

A maneira como a Caixa lida com os beneficiários do auxílio-emergencial escancara a diferença entre os bancos tradicionais e as criptomoedas. Mesmo assim, não é necessário ir tão além: as próprias fintechs já estão prestando um serviço melhor do que os Bancos, com mais eficiência e valores acessíveis.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Nicolas se formou em Direito pela Universidade Federal do Paraná e é pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais. Atualmente, cursa Jornalismo na FAPCOM. Escreve sobre economia, política e história há alguns anos. Em 2017, após entrar em contato com a tecnologia blockchain, se entusiasmou com o seu potencial e passou a estudar as aplicações da tecnologia aos diversos setores da economia. Seu foco está em discutir as melhores maneiras de alavancar o desenvolvimento nacional através do uso do blockchain e das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá