Capcom sofre ataque ransomware e hackers exigem US$ 11 milhões em bitcoin para resgate

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A empresa japonesa que criou jogos famosos sofreu ataque ransomware essa semana

  • Hackers afirmam o roubo de milhares de dados confidenciais

  • Eles exigem agora o pagamento de US$ 11 milhões em bitcoin

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Uma das maiores empresas de videogame do mundo, Capcom foi hackeada em ataque ransomware que pode ter roubado 1TB de dados confidenciais.



A empresa japonesa responsável pela criação de jogos famosos como Resident Evil e Street Fighter, relatou que o ataque aconteceu na madrugada desta segunda-feira (2).

De acordo com um comunicado sem muitos detalhes, a Capcom informa que identificou problemas no acesso a partes do seu sistema, incluindo e-mails e servidores de arquivos.



Essa dificuldade revelou, em seguida, que hackers haviam invadido com sucesso o sistema da empresa. Depois disso, a Capcom interrompeu o funcionamento de partes da sua rede com efeito de impedir que o ataque se propagasse. Em nota, a empresa se desculpou pela situação:

“A Capcom lamenta profundamente qualquer inconveniente que isso possa causar aos nossos diversos stakeholders. No momento, não há indicação de que qualquer informação do cliente foi violada.”

Ataque ransomware rouba 1TB de dados confidenciais

A Capcom não divulgou detalhes sobre o ataque cibernético. Apesar disso, a investigação do portal BleepingComputer, teve acesso à nota de resgate que os hackers colocaram nos computadores da Capcom durante o ataque.

De acordo com a mensagem, os invasores confirmaram o roubo de 1 TB de dados confidenciais dos sistemas da Capcom nos EUA, Japão e Canadá.

Eles listam também todos os dados roubados. Dessa forma, eles ameaçaram a empresa dizendo que se nenhuma negociação for feita, os dados serão publicados ou vendidos.

Planilha de vendas da Capcom roubada por hackers. Fonte: BleepingComputer

A fim de comprovar que de fato tinham posse das informações da empresa, os hackers deixaram links na nota com capturas de tela de arquivos roubados. Os links supostamente continham relatórios de vendas, extratos bancários, acordos de contratantes, relatórios de royalties, entre outros.

 

Página de vazamento de dados temporário da Capcom. Fonte: BleepingComputer

Hackers exigem o pagamento de U$ 11 milhões em bitcoin

Além de roubar dados confidenciais, os hackers supostamente também criptografaram 2 mil dispositivos nas redes da Capcom.

Os cibercriminosos exigem agora que a empresa pague US$ 11 milhões em bitcoins para liberar o acesso novamente. Até o momento, a Capcom não fez nenhum contato ou negociação com os hackers.

Esse não foi o único ataque ransomware que ganhou destaque nesta semana. Na quarta-feira (4), o STJ foi vítima de um ataque de grandes proporções. Na mesma linha, os hackers bloquearam o acesso a arquivos importantes. A equipe técnica da instituição continua tentando resolver o problema, que permanece sem solução.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá