CEO do Twitter Critica Criptomoeda Libra do Facebook e Não Apoiará Projeto

Compartilhar Artigo

Jack Dorsey afirmou que “de jeito nenhum” stablecoin será apoiada pelo site.



A criptomoeda Libra do Facebook perdeu mais um importante apoio. De acordo com o CEO do Twitter, o site jamais apoiará o projeto proposto por Mark Zuckerberg. Com a declaração de Jack Dorsey, o Twitter entra para a lista das empresas que não devem apoiar o lançamento da stablecoin.

Tudo indica que a criptomoeda Libra do Facebook chegará em 2020 ao mercado. Com grande expectativa e muitos rumores sobre o projeto, várias empresas já declararam apoio contrário ao lançamento da Libra. Além disso, até mesmo grandes países como os Estados Unidos demonstram preocupação com o projeto.



Twitter não vai apoiar criptomoeda Libra do Facebook

De acordo com Jack Dorsey, o Twitter não vai apoiar o lançamento da criptomoeda Libra do Facebook. O CEO da plataforma foi questionado sobre uma possível colaboração com o projeto durante um evento nos Estados Unidos.

Segundo declaração do executivo, a criptomoeda Libra do Facebook não precisava de ser lançada pelo conglomerado que representa a rede social. Dorsey apontou que a democratização do sistema financeiro não deveria acontecer através do lançamento de uma criptomoeda.

Para o especialista, o “trabalho” de democratizar o sistema financeiro mundial poderia ser realizado sem a criação do projeto Libra.

“Uma criptomoeda não era necessária para fazer esse trabalho”.

CEO criticou projeto e falou sobre Bitcoin

O CEO do Twitter foi categórico ao criticar o projeto da criptomoeda Libra do Facebook. Para Jack Dorsey, a Libra “não é consistente” com o que o Twitter defende. Sendo assim, o especialista demonstra não aprovar o audacioso projeto de Mark Zuckerberg.

Enquanto era ouvido em Nova York por várias pessoas que acompanhavam o CEO, Dorsey explicou que o projeto Libra não representa uma descentralização do mercado financeiro. Pelo contrário, parece que a criptomoeda deverá aumentar a concentração.

Ao falar sobre criptomoedas descentralizadas, o executivo citou o Bitcoin, segundo o site The Verge. Além de falar sobre o Bitcoin como exemplo de descentralização, Dorsey comentou sobre a grande adesão da população mundial em relação ao mercado de criptomoedas. Para ele, a maioria das pessoas possuem dinheiro em forma de criptomoedas.

Visa e Mastercard também abandonaram Libra

O Twitter não é a primeira empresa a declarar que não apoiará a criptomoeda Libra do Facebook. O projeto perdeu grandes apoiadores desde que foi anunciado no final da primeira quinzena de junho em 2019. Dentre as principais perdas de apoio à Libra encontram-se companhias como Visa, Mastercard e Paypal, por exemplo.

O projeto também enfrenta forte resistência de países que podem considerar a Libra como uma ameaça a soberania. Nos Estados Unidos Mark Zuckerberg já foi convidado pelo congresso para explicar o projeto. Por outro lado, países como a França pode até mesmo proibir a utilização da criptomoeda por seus cidadãos.

Como você acredita que deve ser o comportamento da Libra até o seu lançamento? Deixe nos comentários abaixo a sua opinião! Aproveita e compartilha com a gente no Twitter!

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá