Chainlink (LINK) rompe e atinge nova máxima histórica; para onde vai agora?

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • LINK atingiu uma nova máxima histórica nesta quarta-feira (5).

  • Há uma resistência do preço em US$ 53,3 e US$ 67,8.

  • Espera-se que a LINK continue subindo em direção a um novo recorde histórico.

  • promo

    Participe da nossa comunidade gratuita no Telegram e obtenha sinais de trade e análises de criptomoedas todos os dias!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A ChainLink (LINK) vem subindo desde o dia 18 de abril e atingiu uma nova máxima histórica nesta quarta-feira (5).

Patrocinados



Patrocinados

A LINK quase atingiu um nível de resistência importante de Fibonacci que pode causar uma rejeição de curto prazo. Apesar disso, a tendência é considerada de alta, desde que o token seja negociado acima da área de suporte de US$ 42,70.

A LINK está subindo desde o dia 18 de abril. No dia 27, ela conseguiu ultrapassar a área de resistência anterior de US$ 35, validando-a como um novo suporte alguns dias depois (seta verde).

Patrocinados



Patrocinados

O movimento de alta acelerou na terça-feira (4), e a LINK atingiu uma nova máxima histórica de US$ 51,20 um dia depois.

Os indicadores técnicos são otimistas, algo que fica especialmente evidente pela potencial linha de alta no Oscilador Estocástico e o RSI acima de 70. Além disso, o MACD está positivo e aponta alta.

As próximas áreas de resistência são encontradas em US$ 53,30 e US$ 67,80, que são respectivamente as retrações 1,61 e 2,61 de Fibonacci da queda mais recente.

Gráfico do TradingView

O trader de criptomoedas @Altcoinsherpa divulgou um gráfico da LINK que mostra um potencial topo duplo perto da área de resistência de US$ 42. Desde o tuíte, no entanto, o preço subiu acima desse nível, atingindo um novo preço recorde.

Fonte: Twitter

Movimento no curto prazo

O gráfico de seis horas mostra um rompimento de uma linha de resistência,  que levou ao preço recorde atual.

Nem o MACD nem o RSI mostram quaisquer sinais de fraqueza, apesar de o último estar sobrecomprado.

Se a LINK recuar no curto prazo, espera-se que a área de US$ 42,70 funcione como suporte. Este é o nível mais alto de todos os tempos anterior. A tendência é considerada de alta enquanto o token estiver sendo negociado acima deste nível.

Gráfico do TradingView

Da mesma forma que o par USD, o LINK/BTC rompeu a partir de uma linha de resistência. No entanto, não está nem perto de atingir um novo recorde histórico na paridade. Na verdade, está se aproximando dos níveis de resistência de 0,5-0,618 de Fibonacci em 102.000-118.000 satoshis.

Apesar dos indicadores técnicos serem de alta, uma rejeição pode ocorrer neste nível, antes da continuação da tendência. Nesse caso, a área de suporte mais próxima é encontrada em 70.000 satoshis.

Gráfico do TradingView

Por fim, espera-se que a LINK continue subindo em direção a uma nova máxima histórica. Embora possa ocorrer uma rejeição no curto prazo, o token provavelmente não irá cair abaixo da área de US$ 42,70.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Valdrin é um entusiasta de criptomoedas e um operador financeiro. Depois de obter um mestrado em Mercados Financeiros na Barcelona Graduate School of Economics, começou a trabalhar no Ministério do Desenvolvimento Econômico em seu país natal, Kosovo. Em 2019, ele decidiu se concentrar em tempo integral em criptomoedas e negociação.

SEGUIR O AUTOR

Previsões de cripto com o Melhor Canal de Sinais com +70% de acertos!

Entre Agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora